Respostas Católicas

A tradição pode ser alterada? por que a missa em latim agora é em português?

– Expliquem-me o conceito que vocês fazem de "tradição". Um livro que li sobre a matéria diz que a tradição não pode ser alterada, embora me pareça que pode sim. A Missa em língua vernácula é um bom exemplo. Antes do Vaticano II, acreditávamos que a Missa em latim fazia parte da nossa tradição; desde então, parece que não mais (Anônimo).

Devemos diferenciar entre Tradição divina e tradição meramente eclesiástica ou costume. A "Tradição divina" provém de Deus, seja através da palavra escrita da Bíblia ou através do ensinamento oral do próprio Cristo ou dos seus Apóstolos. Por ser revelada por Deus, a divina Tradição não pode ser alterada pelos homens.

A "tradição eclesiástica" ou "costume", por outro lado, tem por origem a pastoral da Igreja e a autoridade disciplinar; logo, pode ser modificada.

O exemplo que você mencionou – a Missa em língua vernácula – está na categoria da tradição eclesiástica. A primeira Missa (a Última Ceia) provavelmente se deu em aramaico, ou talvez em hebraico. Conforme o Cristianismo foi se expandindo pelo mundo pagão, a liturgia foi sendo traduzida para o grego e o latim (as línguas vernáculas daqueles dias). Apenas com o passar do tempo e o abandono destes idiomas como línguas universais é que passaram para a qualidade de línguas sacras.

Na Igreja ocidental, o latim continuou como língua da liturgia até recentemente. Nas igrejas orientais em comunhão com a Igreja Católica, o grego e outras línguas, inclusive o aramaico, são empregadas. A Missa em português não é uma alteração da divina Tradição, mas do costume eclesiástico.

Veja também  A tradição é velha?