Respostas Católicas

Anjos existem?

– Eu não acredito em anjos na forma como são retratados nos antigos folhetos da Igreja. Isso é apenas uma antiga superstição, não? (Anônimo)

Basear sua teologia na arte é uma péssima idéia, principalmente quando a arte também é ruim. É espantoso como pessoas que pensam em anjos como bebês alados e gordinhos não conseguem conceber uma idéia séria quanto aos anjos.

As pessoas que enxergam os anjos dessa forma não sabem interpretar as representações angélicas da forma com que foram intencionalmente criadas. Os artistas barrocos que cobriam os tetos com essas figuras e mensageiros cantando “Hosana” na verdade não sabiam como os anjos se pareciam (mas poderia algum grande artista ser mudo [em sua arte]?).

Lembre-se disto: se você quer representar anjos artisticamente, deverá mostrá-los como algo. Você não pode deixar um espaço em branco com a advertência: “Quero fazer representar um anjo aqui”. É por isso, também, que quando os anjos aparecem para os homens na Bíblia, geralmente estão na forma humana. Mas, por natureza, eles são puro espírito e, assim, não podem ser vistos.

Na arte, os anjos tradicionalmente aparecem como jovens (alados ou não) ou como crianças com vestes curtas.

Apesar da arte inadequada, o fato é que anjos existem. São infelizes as pessoas “iluminadas” que refutam hoje a existência dos anjos. Aliás, não há nada de iluminado nessa atitude; ao contrário: é uma espécie de mente-fechada.

Veja também  Os livros deuterocanônicos condenam as imagens católicas?