Respostas Católicas

Ao que se refere a expressão “atar e desatar” mencionada em mateus 16,19 e 18,18?

– Ao que se refere a expressão “atar e desatar” mencionada em Mateus 16,19 e Mateus 18,18? (Anônimo)

“Atar e desatar” é uma frase que provém dos Rabis [mestres judeus]. Refere-se à autoridade para se tomar decisões vinculativas sobre o povo de Deus.

Esta autoridade incluía a interpretação e aplicação da Palavra de Deus, e a aceitação ou a excomunhão de pessoas na comunidade de fé. Para os judeus, significava a comunidade de Israel; para os cristãos, a Igreja.

Em Mateus 16,19, Jesus confere esta autoridade sobre sua Igreja a Pedro: “Tudo o que atares na terra será atado nos céus, e tudo o que desatares na terra será desatado nos céus”.

Em Mateus 18,18, ele confere o poder a todos os Apóstolos: “Em verdade vos digo: tudo o que atardes na terra será atado no céu, e tudo o que desatardes na terra será desatado no céu”.

O fato de Pedro ter recebido de Jesus uma autoridade que posteriormente também conferiu aos demais Apóstolos mostra a preeminência de Pedro dentro do Colégio Apostólico. O que os Apóstolos, como líderes da Igreja, possuíam como um todo, Pedro possuía como indivíduo.

Obviamente, ele, como cabeça terrestre da Igreja, também possuía poderes que os demais Apóstolos – ainda que coletivamente – não possuíam: “Eu te darei as chaves do Reino dos Céus” (Mateus 16,19).

Veja também  Sobre o dom da autoridade