Testemunhos

Denominações evangélicas

DENOMINAÇÕES EVANGÉLICAS
Carlos

 

Texto 1

 

O que aqui vou relatar é apenas uma parte do que acontece em Igrejas de todas as denominações Evangélicas, todas elas sempre com a mesma forma de retirar dos fiéis o seu tão suado dinheiro…

 

Avivamento Bíblico

 

Eu pertenci a esta denominação, eu me converti lá, e foi a coisa que eu julgava ser a mais bela de minha vida, entrei no ano de 1993 e eu estava radiante , tinha vindo de uma desilusão na Igreja Católica, devido a assédios de homossexuais na Igreja, eu estava completamente irritado e muito revoltado com tal situação, quando eu comecei freqüentar a Igreja Avivamento Bíblico em Feira de Santana, eu era da Igreja sede, comecei como todo recém convertido, queria aprender mais a palavra, poder conquistar minha salvação e poder pregar a palavra de Deus, nos dois primeiros meses, foi tudo muito bonito, meninas, banda de musica, comecei a tocar na Igreja, em minhas idas e vindas entre o púlpito e os bastidores, eu nunca podia imaginar o que estava para acontecer. Como eu era recém convertido, muita coisa me era negada, pois segundo eles não estava preparado, o líder da Sede em Feira de Santana e região chama-se Pastor X, um homem de personalidade forte, e com o gênio peculiar de quem esta por cima da carne seca, eu dizimava e sempre me questionava, e ainda ofertava, e em suas pregações e cursos sempre o dízimo estava sempre em pauta, dizime ! dizime ! dizime !, então comecei a ver ou enxergar o que eu já havia percebido, que o dinheiro é o que vale, uma vez escutei um presbítero falar que ” O membro é o que ele contribui “, eu ouvi ele conversando com uma irmã, e eu fingir não ter escutado, mas eu percebi que o dinheiro mandava ali, aliás em toda Igreja, comecei a procurar ali uma garota, ou uma companheira, como ele conhece algumas meninas da Igreja, que pertence uma das duas famílias que dominam os bastidores da Igreja, estão em mutua conivência com o Pastor X, ele passou a ” abençoar ” uma possível relação com uma menina que pertence a uma destas famílias, então dei o pulo do gato e comecei a namorar outra, pois não achava correto o modo de que ter que namorar quem ele quisesse e sim por minha própria escolha, ali começou o começo do meu inferno. Começaram a surgir fofocas e boatos, muitos deles sérios como de prostituição e diziam que eu estava possuído pelo espírito da lascívia, a garota era virgem, e as meninas das duas famílias com inveja da garota da qual eu namorava, começavam a difamar, a pressão foi enorme, OBS: ( Em uma Igreja o Pastor tem todo o direito e poder de fazer o que ele quiser, pois seus escândalos só não vão a publico, se o caso não envolver a Imprensa, ou rádio, fora isto tudo se abafa, mais se o caso acontecer com um membro, este mesmo é expulso e humilhado, sem que este possa se defender ) Ele chegou a insinuar que minha namorada não era para mim, e que se caso eu me casasse com ela, este casamento não duraria seis meses, que eu seria um infeliz, e me disse esta seguinte frase: ” Depois não vá dizer que o Espírito Santo não está falando através de mim, pois ele está me dizendo que você será um infeliz no casamento ” que a família dela não prestava, e que eu seria amaldiçoado e que sofreria com o tempo, e que Deus me mostraria que eu estava errado, fiquei confuso, afinal eram ” os crentes ” , os certinhos e o pastor era ” um santo,. um homem de Deus ” ao ouvir aquelas palavras torpes e cheias de malícia, ( O lado pessoal e humano prevaleceu, a Igreja é de Deus ou do homem? pois não buscou a veracidade dos fatos, e se valeu da força destas duas famílias mais uma vez ) a tristeza me abateu, pois, jamais imaginaria que elas viriam de um líder, pois se o pastor falar é Deus que fala por ele, é uma forma de Poder absoluto, uma Ditadura, o tempo foi passando a garota saiu da Igreja, e eu continuei a ficar, eu tinha fé que tudo mudaria, mas estava enganado, o Pastor X chegou a sugerir que eu procurasse outra menina, dizendo que lá havia meninas bonitas e eu poderia continuar ali, mas na verdade ele estava de olho no seu dizimo, pois 50 Reais ficaria a menos no caixa da Igreja fora ofertas… e suas pregações já não eram mas as mesmas, suas palavras soavam como notas graves, eram como facas a espetar-me, não eram verdadeiras, palavras de quem pregava e não fazia o que dizia, lembrei-me de Mateus 23:1a5, pois sabia quem era de verdade, sua verdadeira cara começa a aparecer, cai sua máscara e ele se revela um autêntico manipulador sua arrogância e sua prepotência, começaram a ser percebida por alguns membros, e muitos saíram indignados por diversas incoerências eclesiásticas e pessoais. Se houver uma pessoa que tenha carisma, ele logo trata de descartá-lo de alguma forma, pois se sente como um lobo demarcando seu território, os membros são meras ovelhas de um lobo em pele de cordeiro. Das coisas que aconteceram, existem muitas que omitirei para não arrolar outras pessoas nesta história, pois sei que não sou sua única vítima, existem muitos que poderiam aqui relatar tais acontecimentos, muitas histórias que não sei se as pessoas que lerem este texto, iriam rir, chorar ou simplesmente repugnar tais ações deste arrogante e de alguns de seus liderados, existe muito a ser dito e revelado, poucos teriam coragem, sai da Igreja chorando, com as lágrimas nos olhos e se perguntando quem eles pensam que são? Cheio de ânsia de justiça revolta e ódio, ódio desiludido pelas mentiras de púlpito, pela hipocrisia destes que achava serem pessoas de caráter, eu estava triste, mas forte, forte e convicto de que teria uma resposta divina, e com a espinha atravessada na garganta suportei e aprendi que, eu não seria único, ente à estas incoerências, mas que ninguém se engane pois ainda hoje o Pastor X continua a ser o mesmo…

 

Igreja Quadrangular e Deus É Amor

 

Sai da Avivamento Bíblico e fui para Deus é amor, logo de cara deparei com um pastor que só falava do diabo, afinal Deus não é maior? Por que eu vou ficar preocupado com o diabo? O fanatismo nesta denominação é pior, mulheres com cabelo até nas axilas, algumas com piolhos, que diziam que a higiene e a vaidade eram coisas do diabo, o evangelho de Jesus está totalmente deturpado, percebi que o homem acabou com a Igreja de Deus, demorou apenas uns 6 meses, fui para a Quadrangular, tudo a mesma coisa, freqüentei outras Igrejas e todas com o mesmo sistema, como carnês, dízimos, livros, ofertas, e etc. Os fanáticos são os piores, estes mereciam estar em um sanatório, todos cegos e andam como as mulas de carroça com aqueles tapa olhos, incapazes de olhar a sua volta, certa vez um deles parou em pleno centro da cidade, e tentou exorcizar um bêbado, que vexame, eu comecei a ver a Igreja com outros olhos, as pessoas que estão lá são coniventes com os roubos, pois quando eu abordei um irmão e disse que um certo pastor estava desviando dinheiro com muitas incoerências ele me disse o seguinte: “Ele vai pagar lá em cima, eu faço minha parte dou o dízimo” e este irmão mal tinha o que comer….

 

Conclusão

 

E então pude perceber que os Evangélicos são apenas o ganha pão dos pastores, e as igrejas são o comércio mais lucrativo que existe, e o absolutismo pastoral é que mais me deixa irritado, os pastores podem tudo, se alguém discordar, está com o diabo, se alguém questionar, está com o diabo, se alguém denunciar é o diabo que está querendo derrubar o pastor, é assim que funciona, o diabo é culpado de tudo, e o pastor é um semideus que em hipótese alguma pode ser questionado…

 

AS DUAS FACES DA IGREJA E DOS EVANGÉLICOS
Carlos

 

Texto 2

 

Introdução

 

Quando uma pessoa busca a Igreja, ela está com algum problema, seja ele de saúde, financeiro, drogas, vícios de alcoolismo, e das mais adversas situações, que o ser humano pode enfrentar. Sendo assim se tornam vulneráveis, a todo aquele que se mostra determinado a ajudá-lo, de forma tal que este, seja levado a perder sua auto aceitação, e se direcionar a uma determinada religião ou igreja.

 

As Duas Faces Da Igreja

 

A Igreja aparece em primeiro lugar como um refúgio, um lugar onde pode deixar seus problemas e onde se pode esquecê-los, ou de alguma forma poder fugir deles, de uma maneira fantasiosa ou inocente, pessoas estão frágeis, sem rumo, sem perspectiva de uma vida melhor, vulneráveis, e sem a mínima condição poderem discernir o certo do errado.

Quando então entram em uma Igreja, encontram o que eles procuram. As promessas de que suas vidas vão melhorar, em todos os sentidos, e são bombardeados com pregações no mínimo, bem ensaiadas, a Bíblia é ensinada do modo que convém a cada Igreja, cada pregação difere uma das outras, como se houvessem dois deuses, um para cada Igreja, e essas pessoas já tão frágeis, são logo induzidas a cada ensinamento, de uma determinada instituição para outra, as promessas se intensificam, um tipo de lavagem cerebral, onde o “novo convertido?, passa por um processo doloso, e ao mesmo tempo humilhante em certos casos, principalmente quando se dizem estar possuídos por um demônio ou coisa assim, quando em determinadas Igrejas, fazem ataque a todas religiões, principalmente o candomblé, o espiritismo kardecista, umbanda, catolicismo, budismo, esoterismo, e diversas religiões em que imperam a exaltação do mundo espiritual, de uma forma que não contem na Bíblia. De certo que podemos acompanhar casos de vidas que completamente arrasadas, que tenham sido levantadas, ou seja mudadas, de modo que foram reintegrados a sociedade através de um processo de conversão e de readaptação de suas idéias e de suas convicções, que são transformados agora cheios de um batalhão de ensinamentos, podendo chegar a um fanatismo psicótico, doentio, e em algumas vezes podendo beirar a loucura.

As pessoas entram na Igreja com a esperança em um tipo de vida melhor, e muitas melhoram mesmo, pois não por sua religiosidade, e sim por causa de sua fé, e mudam seu eu interior, a um extremo, a ponto de dar todo o seu salário, vender casas, terrenos, propriedades de família, jóias, pontos comercias, só para doar a Igreja, como forma de sacrifício à Deus. E então se percebe que voltamos ao tempo da Idade média, onde se conseguia o céu através da Indulgência, se pagava para obter o perdão, e para alcançar a graça de Deus, hoje vemos isto repetido na imagem da Igreja Evangélica, que funciona como uma empresa, sem dízimos e ofertas elas fecham, com dízimos e ofertas são prósperas e se mantém vivas e lucrativas.

Não é segredo nenhum que a Igreja Evangélica, é um comércio lucrativo, onde só cresce e se alastra no país, e em todo mundo, e podemos até afirmar uma espécie de escravidão dos membros, suas vidas são direcionadas a Igreja, que à tem de uma forma de referência para com Deus, de uma forma autoritária, e por que não dizer ditadura, ou fascista, onde entra a imagem do pastor, que em muitas Igrejas, são intocáveis, semideuses, tipos que tiveram seus treinamentos teológicos, onde aprenderam a convencer, e podemos classificar como autênticos vendedores, os bons progridem, os maus se estagnam em uma Igreja pequena qualquer, o que vale é o poder de convencer, convence através de uma boa retórica, de uma boa dicção, e em induzir vezes de uma boa aparência, e até racista, pois é raro um pastor negro a frente de uma Igreja.

Os evangélicos falam do mundo, a igreja se diz salvadora, ou o caminho através de Jesus, mas alguns de seus seguimentos, suas bases, são totalmente mundanas, seu modo de ver o mundo, pois de uma forma de outra são globalizados e capitalistas, só visam o lucro, e a pobreza é coisa do diabo, e a riqueza pertence a Deus, bem diferente o que relata Jesus no seu evangelho, nas parábolas do jovem rico, na tentação sofrida no monte, quando o demônio o ofereceu riquezas e glórias, podemos relatar varias passagens onde Jesus não exalta em momento algum a riqueza, pelo contrário, ele mesmo não tinha nenhuma vida de luxo, ou de riqueza. Mas as igrejas, pregam que crente abençoado é o que tem bens, propriedades, e os pobres são aqueles de pouca fé e que o diabo esta o obsidiando.

Os evangélicos criticam tanto o mundo que se tornaram parte dele, pois hoje em dia podemos ver, bandas, livros, festas, shows, e uma infinidade de algo evangélico. Se tornaram uma facção, e nem se quer percebem o que são de verdade, falam dos maçons e são como eles, falam dos umbandistas e são como eles, falam dos espíritas e são como eles, hoje em dia ser evangélico e ser diferente, ou seja moldado a um estilo de vida, em que são tão fanáticos quanto aos muçulmanos xiitas, criticam as roupas do mundo, e seu modo de viver que, nem perceberam que estão sendo juizes e algozes de si mesmos. Pois irmãos são apenas o que pertencem a Igreja, e as pessoas que estão no mundo estão condenados ao fogo eterno, sem nenhum dó nem piedade, só por que não se converteram a sua religião, uma incoerência, já que Deus não habita em templos construídos por mãos humanas, segundo Estevão lá em atos dos apóstolos, ou mesmo Jesus fala dos fariseus hipócritas que andam nas sinagogas orando em voz alta para serem vistos, onde Jesus mesmo ensina que deveriam orar em seu quarto em segredo, e os evangélicos fazem questão de serem vistos, de estarem em evidencia, e de cultivarem a alto exaltação.

É impressionante como as pregações mudaram, a alguns anos atrás poderíamos ouvir que a política era do diabo, e algo parecido, mas o que acontece é que tudo se inverteu até mesmos os seus valores, ao ponto de terem um candidato a presidência evangélico, existem deputados, senadores, elegidos por estes mesmos que condenaram a política, mas uma incoerência já que Jesus foi morto por pura política.

 

Conclusão

 

Os valores estão invertidos na Igreja, e o próprio evangélico está perdido, se conformam com sua situação de escravos e servos, e admitem que um líder na imagem de representante de Deus, domine sua vida e a conduza em seus propósitos, onde são cometidos barbaridades, onde não existe ética , e nenhum bom senso, onde a liberdade de se expressar é contida de uma forma voraz e ditadora, onde não se pode pensar e nem questionar, sobre o que acontece nestes templos. Pois conhecemos pessoas que foram vítimas e poderão falar abertamente, expondo o que é a realidade, para os cegos e para os mais cépticos.

 

O ABSOLUTISMO PASTORAL E SUAS INCOERÊNCIAS
Carlos

 

Texto 3

 

Veja também  Jacobo san miguel

Eu penso nas pessoas que vão ler este texto, independente se ateus, evangélicos, cristãos, espíritas, budistas, muçulmanos, ou seja , indiferente do credo ou religião, pois tenho consciência do que escrevo, a cada palavra, a cada assunto que exponho aqui, me conservo no direito e dever de expor a verdade, mesmo que mal compreendido, mal interpretado por determinadas pessoas, que querem mascarar de uma forma hipócrita, e sem compromisso com a verdade, tente de alguma forma calar pessoas de coragem como eu, que vem aqui expor algumas barbaridades cometidas por estes homens que se dizem e se auto intitulam enviados de Deus.

Alguém deve estar se perguntando o que ganho escrevendo este texto. Mas eu respondo que não é questão de ganho ou perda, e sim de compromisso com a verdade explicita no que escrevo, de uma forma aberta e não hipócrita, sem rodeios ou facetas, da qual estes homens sabem fazer muito bem, para poder alcançar seus propósitos.

Muitos e quantos sofreram, e foram humilhados pelos pastores de diversas Igrejas, muitos de forma pessoal, afetando sua vida eclesiástica e até secular, expondo família, trabalho e grupo social, e as vezes cultural, diversificando a cada tipo de pessoa. Não é nenhum segredo, que a sociedade brasileira, se depara todo o tempo com certas arbitrariedades destes pastores, ou devemos dizer ditadores, dirigentes de uma Igreja que nestes séculos se moldou ao mundo capitalizado e globalizado, se dizem homens de Deus, ungidos do senhor, cujo qual seus erros são cobertos e esquecidos, por que pregam que são deuses, e são intocáveis, inatingíveis, soberanos, e que devem ser bajulados pelos membros e servidos como verdadeiros reis. Parece brincadeira de mal gosto , mas esta é a verdade, se valem de alguns versículos mal interpretados na Bíblia, como lá em Hebreus 13,17 e fazem valer sua soberania, mas Jesus adverte em Mateus 23,10-17, alguns tentam se desculpar de uma boa retórica, conseguem ludibriar seus membros, e conduzi-los a um caminho de submissão.

Pastores ensinam que são os verdadeiros representantes de Deus, que foram revelados, e receberam uma consagração em determinado lugar, mas na verdade é como uma formatura, estes mesmo freqüentaram e cursaram cursos teológicos, tiveram acesso a livros e se dizem sabedores da verdade, imaginem que quando Jesus começou seu ministério, na escolha dos doze apóstolos, não haviam magistrados, nem sábios, e sim pessoas simples, e até sem cultura, como vemos lá em Mateus 11,25-30. É hilariante esta prepotência destes sacripantas, deturpadores, enganadores, caluniadores, facínoras sem o mínimo de bom senso, pois muitos daqueles que lhes oferecem ofertas e dízimos, passam fome, vivem uma vida difícil e em muitas vezes miserável, pois pelo que sofrem procuram refúgio, e estes pastores tratam de pregar que a fé vai livrá-los do martírio, em uma fé que se paga para obter uma graça, pregam um deus capitalista e globalizado, sem o mínimo de bondade, fraternidade e generosidade.

Estes absolutistas fizeram das Igrejas, verdadeiros clubes ou associações, lugares onde os dízimos são a mensalidade, onde em algumas Igrejas os nomes de quem dizima fica exposto, para que os outros que não o fazem se sintam na obrigação de também compartilhar com ” os irmãos “, existem casos de pessoas que não dizimaram , e que não contribuíram, foram excluídos do quadro de membros, excluídos da ” casa do senhor “, sumariamente milhares de vítimas são condenados a esta humilhação, conheci uma ex- prostituta que se converteu e ao passar a freqüentar a Igreja por uns quatro meses, foi abordada por um pastor que dizia que ela não poderia mais freqüentar a igreja por que ela não dizimava e nem ofertava, pois não tinha nada a oferecer a Deus, e teria que procurar outra Igreja, a mesma mulher respondeu que eles que deveriam ajudá-la, pois nada tinha e mal tinha o que comer. Existem milhares de casos em todo este país que em muitas vezes são encobertos, e outros as pessoas não ficam sabendo devido a manipulação destes enganadores. Pois quando alguém os denuncia, eles tratam de pregar com o nome do denunciante, o expondo à Igreja de uma forma covarde, sem que este mesmo possa se defender, ou mostrar aos outros o que existe de errado, e são considerados como ovelha negra, um exemplo conhecido é o de Mário Justino da IURD, ele teve a coragem de mostrar e dizer, o que fizeram com ele, mas alguns membros cegos pela fé o acham um desviado e dirigido pelo diabo, fico a imaginar o que passa na cabeça destes membros fanáticos, será que só vão enxergar quando eles também forem vítimas? Pois terão sua chance de experimentar o amargo fel de saber que não passam de um mero ganha pão de pastores, não são ovelhas e sim propriedades, em podem ser manipulados, e coordenados em um seguimento de ensino doentio e submisso aos propósitos da igreja, estes pastores se dizem enviados de Deus, para conduzir as pessoas ao céu, estes facínoras ferem à sociedade esclarecida, aos homens de bom coração.

Estes pastores são na verdade os judas do mundo moderno, pregam o crescimento do capital, pregam a luxuria, a riqueza, discernimento da palavra em que eles próprios distorcem, fazendo com que s pessoas acreditem neles como se fossem um ícone na forma de representante legítimo de Deus.Talvez a resposta está neste próprio povo a que eles manipulam, se lessem mais a bíblia e a interpretassem de uma forma mais realista da condição destes fariseus do mundo moderno, e saberiam que não passam de falsos profetas, da qual Jesus alertara à mais de dois mil anos. Estes enganadores poderiam ser mais humildes e coerentes em sua condição de pastor.

 

P.S. Para aqueles que freqüentam Igrejas e são evangélicos e que visitam este site, para criticar e difamar, tirem a venda dos olhos, e vejam a realidade que vivem, pois vão esperar que aconteça com vocês para poderem ver? Caríssimos amigos observem ao seu redor, notem que as igrejas são círculos de freqüentadores, a cada seis meses mudam os membros, procurem saber o porquê da saída deles aqueles saíram, não perguntem as pessoa da igreja perguntem aos próprios que saíram, pois aí terão a dimensão da gravidade do que este sistema está fazendo com você e com os outros freqüentadores.

 

 

DOUTRINAS DAS IGREJAS , ESCRAVOS OU SERVOS?

Carlos

 

Texto 4

 

Amados, ora, se a lei é para todos, por que existem adversidade no sistema eclesiástico e doutrinário? Seria interpretação diferenciada da Bíblia? Ou um mero orgulho humano, ( Mateus 23-2 ) onde estes moldam e ajustam a seus princípios, querendo suprir suas necessidades puramente carnais? Onde se rompe um elo universal, que é o respeito ao próximo. Em minhas idas e vindas pelos templos, pude ter a certeza e a convicção, do que estar às claras, que é a idolatria de pastores, e a centralização da fé na Igreja, tirando a particularidade do homens para com Deus, onde a Igreja com suas placas diversas se mostram como o único lugar para poder ser ouvido por Deus, onde esta a onisciência de Deus? E a onipresença? Pior ainda é que algumas denominações pregam que somente aquela determinada é a que salva, a que está contrita com Deus e outra é errada, e está com o diabo. Afinal quem está certo? Quem sabe a verdade? As vezes chega a ser hilariante e como também irritante.

É inegável que a Igreja Evangélica é tanto luterana como calvinista, onde mesmo influenciada, já esta distorcida de alguns princípios destes dois reformadores, fazendo assim aparecer diversas doutrinas, pois a própria livre interpretação que Lutero propunha fez com que isto acontecesse, nestes quase cinco séculos de protestantismo, sabemos que nada mudou e os padres e papas foram substituídos por pastores e bispos, e que voltamos ao tempo da indulgência, em que Lutero dizia que era compra do céu.

Onde apenas o dinheiro e o poder conta, mesmo que este poder seja de apenas dirigir um grupo, ou uma pequena igreja, que a Igreja é uma empresa isto é inegável, funciona a base de cargos e promoções, ” os abençoados “, sempre terão seus lugares na Igreja, alguns pastores fazem questão de mostrarem que é ele que manda no lugar, não querem uma mente pensante, não querem alguém com intelecto do seu lado, para não ser questionado, pois alguém com senso crítico pode discordar e incomodar sua soberania para com os membros, não podem ter ninguém do lado que possa ter carisma, ou que tenha uma atenção maior dos membros, para não apagar sua imagem dentro da Igreja.

Chega a irritar que algumas doutrinas pregam que a Igreja é a salvação, porém desde que esta salvação venha através de sua submissão e aceitação do que se prega nos púlpitos, sabendo que a fé em Deus foi traçada pela freqüência e pregação de determinada doutrina se engajando no sistema, mesmo que venha a ferir seus princípios pessoais, seguem cegamente à placas, que se denominam quartéis e os membros são soldados na batalha contra o diabo, e contra o mundo, os tais principados e potestades.

Alguns membros estão ligados a Igreja de tal forma, que sua vida secular esta acabada, ou seja, vive pela igreja, pessoas que muitas vezes nada ganham, ocupam vários cargos, sendo estes distribuídos e atribuídos pelo pastor que se diz em sua arrogância, por ser um ” ungido do senhor “, que Deus fala através dele, que escolheu aquela pessoa, e que ela deve aceitar, pois se não aceitar não estará acatando a ordem de Deus , fazendo com que ele sofra futuramente pela decisão de não ocupar determinado cargo.

Ora, onde está o livre arbítrio? Desde quando as pessoas pertencem a Igreja? Quando aceitam Jesus como salvador da vida? Pois o aceitar é nada mais que submeter a Igreja e não ao evangelho, pois se submete a doutrina de Jesus ou a da determinada Igreja? Quantas vezes vi e presenciei membros lavando a igreja, varrendo, limpando, e o pastor olhando sentado em seu trono, ordenando e comando como deveria ser feito, me revolta saber que criaram um sistema escravizados e submisso, inúmeros casos estão todo tempo aparecendo e reforçando o que eu aqui escrevo, pessoas que tiveram casamento de quinze anos, vinte anos, tiveram seus casamentos acabados depois que elas entraram na Igreja, onde o principal motivo foi a falta de tempo para a família e para o lar, onde mais grave ainda , quando venderam propriedades, jóias , e vários pertences para doar a Igreja , onde o fanatismo rompe os elos de família, amor próprio, auto estima, nada mais valem e o que importa apenas é servir a ” obra de Deus “, pois terão sua benção ou recompensa, pessoas jovens que foram reprimidas e tiveram sua juventude extirpada, por estar intronizada de tal forma, que não estudaram, não buscaram melhoras profissionais, e se valeram da submissão dita por um pastor.

Pregam e colocam sempre em pauta o que João fala em ( João 8-32 ) esta verdade era para libertar o homem do pecado, no entanto se escraviza as pessoas e são guiadas a apenas saber o que lhe é ensinado, ( Marcos 12-24 ) , que verdade é esta que condena o homem a escravidão da servidão , cujo o crescimento espiritual se dá de acordo com a obediência à Igreja, pois se ora e se clama a Deus por tudo, se deus não dar é que não mereceu e que tem que fazer mais pela obra, e que tem que ajoelhar mais e perseverar na obra, sem cessar sem vacilar, sempre se submetendo, nunca, mas nunca questionando, obediência plena uma disciplina escrava servil.

Foi criado a divisão de células, para não só poder atingir o maior números de pessoas , como também deixar ligados à igreja cada vez mais estes grupos de pessoas , tendo responsabilidades onde seriam determinadas ao pastor fazer, considero estes pastores como os marajás da fé, o que os membros são finalmente? Quando vão acordar e verem o que realmente são? O quanto sofreram nas mãos de seus líderes? Que em sua maioria, com raras exceções, nas muitas vezes são arrogantes, brutos e insensíveis? Eu estou farto de ver estes pastores dirigirem a Igreja de forma submissa, autoritária e absolutista, onde seus desejos e paixões são direcionados aos membros, quando um pastor quer comprar um galpão maior, aumentar a construção, quem paga por isto? A Igreja? O pastor? Não quem paga são os membros, o dinheiro vem dos membros, através de campanhas, e eventos e ” pedidos de quem dar mais ” e por ai se vão diversos tipos de pedidos. E como se não bastasse o próximo deles são o membro da Igreja, pois que valia teria isto, pois Jesus já alertara em ( Mateus 25-31a46 ) ( Mateus 22-37a40) .

Mas também sei que existe o joio do trigo ( Mateus 13 – 01a58) mais que deste trigo sei que existem pessoas sérias, onde como eu estão vendo e combatendo este câncer que se instalou na Igreja, cujo Jesus já alertara em ( Mateus 23 ), alguns lugares e pessoas que executam trabalhos sociais, trabalhos com viciados, fazendo com que alcancem a sua liberdade de seus vícios, trazendo-os de volta a sociedade, mas estes lugares e estas pessoas são apenas um pingo no mar…..

 

P. S. Caríssimos amigos, posso eu ser considerado um Judas por vós? Posso eu ser considerado um profanador? Posso eu ser considerado um agitador? Posso eu ser considerado um desviado? Que consideração tenho de vós? Mas eu nada sou e nada tenho, não sou mestre ou guia, não sou desviado ou agitador, e tão pouco profanador, não me julguem, pois como o mesmo julgo serão julgados, estou sendo claro no que escrevo procurando um senso comum, e coerente a respeito de distorções a que a Igreja foi lançada, fui uma das milhares de vitimas deste sistema, e tenho o dever de expressar e vim à publico, falar com minha liberdade de expressão do câncer que está instalado na Igreja, quero eu apenas deixar claro, que a rocha esta firmada no que escrevo, não menti em nada, nem mascarei, nem usei de palavra torpe para atingir a nenhuma denominação , pelo contrario, falei o que é verdade, e o que acontece, sem medição de palavras, sendo claro e objetivo.

 

CRENTE DE IGREJA = ESCRAVOS

Carlos

 

Texto 5 

 

As vezes me deparo em várias situações que cada vez mais me encorajam a aqui relatar o que é a face de alguns evangélicos, de certo que não generalizado, em que ocorrem raras exceções.

Alguns podem até rir o que aqui vou relatar, mas infelizmente é a mais pura verdade, não sei se por ignorância destes liderados, ou dos seus lideres, ou por maldade destes mesmos ditos “ungidos do senhor”, por sua gana de ter a hegemonia de sua própria imagem dentro de uma igreja.

Posso afirmar categoricamente que a maneira que as pessoas são conduzidas é no mínimo, infante, anormal e puramente charlatão, de uma forma que cada vez mais me deixa irritado e ao mesmo tempo pasmo, com algumas arbitrariedades, muitas delas já relatei aqui de uma forma mais ampla, englobando vários assuntos.

Hoje posso dizer que tenho vergonha de ter sido evangélico um dia, não por minha fé, e sim pelo sistema, que cada dia que passa se molda ao capitalismo selvagem e a globalização submissa, que implica em iludir alguns membros e tentar conduzidos à uma verdade que é uma grande mentira , que é focalizar a fé na Igreja dos homens, se impondo como o elo entre Deus e a humanidade. A compreensão das palavras de Jesus não se resume em um púlpito ou em um culto, é muito mais além disto, pois o que Jesus disse é bem mais complexo por haver várias interpretações e simples por que era direto e com palavras sabias, e o homens coube a distorcer em favor de suas vontades.

É impressionante o que esta máquina de fazer dinheiro pode fazer e determinar, por um sentimento de auto submissão, represente uma posição sobre a sociedade, de modo que estes mesmos e seus subordinados não entendem o mal que fazem para si mesmos, tudo leva a crer que não existe limites ou não existe um patamar em um nível elevado, e sim, a cada um ultrapassado buscam outro a ultrapassar, muitas vezes de forma ilícita e as vezes de forma vulgar e sem étnica, sem bom senso sem um nível de responsabilidade, devido sua posição de imagem de referencia as pessoas que buscam seus alívios, seus paliativos de muitos males que lhes assolam.

São levados a esquecer a ciência do homem, negam a existência dos dinossauros, já que é obvio que existiram, pois através de todos os anos à prova destes gigantes através da paleontologia, crêem que os Incas e Maias eram demônios, os quais Deus os baniu da face da terra, muitos são racistas, e nem imaginam que estão em um sistema de nazismo, em comunidade fechada, quem sai não tem valor, quem está dentro é um ” abençoado. ” Já existem hoje evangélicos, que se um pastor falar é o que vale, mesmo que na bíblia fale o contrário, como também aqueles que estão fazendo o sinal dos dedos loucos, o símbolo do diabo, nos shows de banda de rock evangélico com Catedral ( versão Legião Urbana ), Novo Som versão ( Roupa Nova ) Nazarenos ( versão Mamonas Assassinas ), engraçado! , moldaram o modo do mundo dentro deles mesmos, seus cultos de louvor mais parecem shows de banda baile, e não é difícil imaginar que haverá ( Chiclete com Jesus, Timbajesus, Arajesus , Harmonia de jesus, Cidade de jesus ) ou os Raimundos versão evangélico, pois o ex-vocalista se converteu, o que aqui relato é sério, muitos deles já estão com medo desta transformação diabólica que está intronizada em algumas denominações, ou então, se eles continuarem se moldando como estão, poderão se deparar situações nada agradáveis, como ver em bancas de revistas ou em livrarias evangélicas, locadoras de vídeo, exemplares de revistas e filmes pornográfica versão evangélica do tipo que seria revista PlayBoy ( Play Evangel) ou revista Sexy ( Sexy Angel ), filmes de produtoras Buttman ( buttjesus ), ou Sex ( sexjesus ) , que ninguém se engane pois alerto novamente; ( Se continuarem a se deixar levar pela influência do ” tudo pode “, estarão dando margem à pior condenação que existe, à auto condenação, que é pecar contra o Espírito Santo, esta segundo a Bíblia não há perdão ). Eles já têm seu Roberto Carlos ( Mattos Nascimento ), Fernanda Brum ( versão Rosanna ), Já tem a revista Veja ( Eclésia ). Mas o que importa é que minha fé esta firmada na rocha e não em templos e doutrinas escravocratas.

Mas existem aqueles que escrevem e pregam sobre estas mazelas intrincadas na Igreja, dentre eles venho a destacar, Silas Malafaia, e o escritor Paulo Romeiro, dos quais os considero como os maiores críticos deste meio, homens que como eu combatem estas infames distorces que levam milhares de pessoas ao descabido da escuridão da ignorância e da submissão cega, colmada de interesses profanos e puramente humanos.

 

P.S. Eu não agüento mais toda esta distorção, eu não suporto esta cegueira, pois eu sou livre para dizer basta, para clamar a Deus de uma forma particular, sem nenhum homem ouvindo minhas preces, quero ter a liberdade de poder ir e vir para onde eu quiser, sou um cidadão de bem, pago impostos, não preciso de homens a me conduzir a uma direção, meus erros pagarei por eles, meus acertos vou usufruir deles, a vida esta ai para ser vivida, vamos fazer o bem ao próximo, não de uma forma hipócrita por ser religioso e sim por ser humano, vamos ajudar a quem precisa de nós, é simples saber onde tem, basta ir a um hospital e doar sangue, basta ir a uma ponte e vão esta famílias precisando de um cobertor, de comida, de um palavra de conforto, ajudar ao próximo é fazer sem ver a quem, mesmo que isto lhe custe a vida, pois sem o amor o que somos? Não somente o amor hétero carnal, e sim o amor ao próximo, ao ser humano, independente de raça credo ou religião, respeitando uns aos outros e não induzindo e forçando uma vida submissa, em geral, a vida humana vale mais que dízimos e ofertas, do que textos e campanhas de ” quem dar mais “, a vida humana vale mais do que Templos belos lindos e luxuosos, acordem !!! vamos tentar viver sem culpa, viver sem os males destes mundo, viver em paz, sem guerras, sem fome, sem miséria, nós somos culpados de todos os males do mundo, pois somente nós podemos reverter isto, pois a resposta está dentro de nós mesmos. Obrigado!

 

AS CONTRAVERSÕES DO CRENTE MODERNINHO, PODEMOS ESTAR NO FIM? ALGUMAS COISAS QUE DEVEM SER ANALISADAS.

Veja também  De ateu para batista, depois católico

Carlos

 

Texto 6 

 

Caros amigos, me vejo mais uma vez, numa única condição, a de estar cansado de toda esta distorção, e toda avacalhação que se tornou algumas denominações evangélicas, e no compromisso de nada mais nada menos, de depurar alguns conceitos à sociedade racional. A Bíblia fala dos escândalos Romanos 16 – v 17 ao 18 não estou me escandalizando e sim aqueles dos quais aqui reatei durante todos estes textos. Amados só falei a verdade, e aqui parabenizo novamente Silas Malafaia, e o escritor Paulo Romeiro, que mesmo não podendo concordar com algo que aqui escrevi, de certo que pude generalizar, mas eles no fundo sabem dos quais eu me refiro, ou de que tipo eu me refiro. Portanto estou firmado na rocha e na palavra, na qual me apego e me confio, cairão mil a esquerda e dez mil a direita, e eu não serei atingido, não escrevo por arrogância e sim por inspiração divina, creio que outras farão o mesmo, pois se falava dos covardes no Apocalipse 21-8.

Amigos, nos deparamos com contradições que no mínimo, deixarei qualquer recém-convertido ou velho na fé, a pensar na condução em que algumas Igrejas estão se deixando levar, onde existe até exclusão de membros, por falta de alguma coisa, mais parecem galerias e shopping center de evangélicos, muitas belas ricas e encantadoras, mas pobres na sabedoria e na palavra. Como fala em Mateus 21 – 12 ao 13, o que já acontecia naquela época..

Mas estamos no mundo moderno, um exemplo é a Internet. Onde para alguns crentes a chamam de coisa do diabo. Mas muitas Igrejas já têm seu site funcionando. E então eu pergunto não era do diabo? Por que agora é de Deus? Meros maníacos sem expressão. Mas Podemos estar diante do fim dos tempos? Onde o próprio povo da qual se julga salvo e servo de Deus, profana e escandaliza com suas diretrizes humanas, sem medir as conseqüências. Muitos cínicos e hipócritas escondidos na imagem “santa ” de ser crente, lobos enganadores em pele de cordeiros, devorando o rebanho e distorcendo a um evangelho que se estudarmos melhor, é totalmente contrário ao que acontece hoje. Fazem guerras entre nações e povos, dizimam culturas, seguem sem ética moral e de uma forma irresponsável, dizendo alguns serem salvadores. Não param para pensar se podem o se devem fazer isto, apenas estão fincados na cegueira submissa na qual alguns são induzidos a uma frase que é ” Crente que é crente tem que incomodar “, se valendo de I Corintios 4-10a16, se deixando levar por fanáticos religiosos.

Caros amigos, estar diante de certas personalidades se dizendo evangélicas, indo a televisão com roupas curtas e insinuantes se dizendo cristãs, e por pior que seja sendo evidenciadas por revistas e tablóides evangélicos. A estupidez de certos pastores a até ” abençoar ” em plena tv o casamento de umas delas, sendo que a mesma se casara por mais de cinco vezes, e até pousando nua em estado de gravidez, profanando a criança inocente que traz em seu ventre, me pasmei ao poder ver ouvir uma oração, que no mínimo descabida, e de irritar até o mais indiferente, e fazer sorrir o mais céptico, só pela “cara de pau ” de pessoas como estas, eu poderia dizer nomes , mas aqui me reservo e deixo à vós chegar a uma conclusão. Hoje os crentes estão em boites, shows, televisão, passando uma imagem de modernos e ligados a globalização moderna, se dizendo converter as pessoas através de seus feitos. Ora que espécie de conversão é esta? A de que podemos tudo, e que seu Deus se agracia de nossas vergonhas? Que Deus é este? Ou seria de um modo arrogante no ponto de dizer que este Deus os enviou, para proclamar seu evangelho cada um a seu modo? Então seria pregar o evangelho em revistas masculinas? Em danças sensuais e lascivas? Creio que se estes crentes acham que estão acima de todos, e se levantaram a mão dentro de uma Igreja, se dizendo ” salvo ” estes mesmos se enganam. Criticam os muçulmanos. Como podem se temem a morte como temem ao diabo? Cada incoerência gera outro absurdo. Uma revista do meio evangélico, mostrou na capa um certo cantor acusado de trafico de drogas, e sua namorada, uma mera meretriz da qual classifico como moderna, pois posa nua , se vende para capa de revistas masculinas expondo seu corpo, em que o meio da mídia classificou como trabalho, a prostituição legal, que é posar para revistas masculinas. Esta mesma se mostra em aparições em boites, esboçando até lágrimas e apelos cínicos diante da imagem da TV, para uma absorção a este namorado, que já é provado que é culpado. Estão brincando com as palavras de deste Deus como se faz com jornais velhos. Existe o perdão……? Mas não para aqueles que brincam com o Espirito Santo, pois não há salvação para estes. Mateus 12-31a32. Engraçado! Estão sempre falando as mesmas coisas, mas estão mais ligados do que imaginam.

Além das igrejas serem empresas, e pastores seus vendedores. Classifico as igrejas evangélicas como um teatro a parte, e os pastores como atores buscando a fama, onde esta mesma fama, é refletida nas igrejas belas e prosperas, para os bons atores, as pobres e sem expressão, aos atores medíocres, satisfeitos com sua mediocridade, cujo na vida regozijados com seu Deus, conformados com sua situação onde quando muito é uma miséria. O interessante é que as pessoas pagam pelas mordomias destes homens, que ao contrário de todos os assalariados, estes ganham dinheiro com o suor dos outros, pois se pagam contas, colégio de filhos, combustível, água , luz, e suas mordomias, que por incrível que pareça é paga pelos membros das igrejas, no qual estes mesmos trabalham e têm uma função, a contribuição. É hilariante, pois se juntarem dízimos e ofertas das igrejas no mínimo de cinco anos, o programa Fome Zero de LULA já seria um sucesso absoluto, e eu pergunto. Para onde vai este dinheiro todo? Dão desculpas que é para pagar os custos da igreja, pois ao fazer algumas pesquisas percebi que, os custos somente consomem no máximo, 35% mensais do lucro bruto o que se arrecada em cada igreja, e o resto deste dinheiro para onde vai ? Será que ninguém se importa com isto? É difícil de acreditar que pessoas passam fome para doar a igreja, em forma de fé, pais de família, movidos pela fé doentia e cega, anteriormente induzidos por pastores com suas pregações de abnegações e sacrifícios, são levados a deixar seus filhos com fome, para doarem suas ” primícias ” em busca de uma benção, que vem através de uma doação, com a frase tradicional que é ” Deus se agrada nos sacrifícios, devemos mostrar que ” nós ” o amamos ” se valendo do que Deus provou à Abraão lá em Gênesis 22. Falam a nós como se eles fizessem algum sacrifício, volta a ressaltar Mateus 23, é um exemplo clássico da realidade atual.

Comentam muito sobre desenhos e filmes, séries de desenho como Pokemon, e filmes como O exorcista, Arquivo X, e o filme Matrix, que é um dos alvos principais, pois dizem que o filme é baseado em ensinamentos budistas, alusão a Bíblia, onde segundo eles, Neo ( Keanu Reaver) seria Jesus, e a Matrix, à terra, Neo seria o salvador, dizendo que estariam distorcendo a imagem de Jesus e criando um herói, que substituísse. O que subtende é que a mania de encontrar diabo em tudo, não tem dimensão, ou eu usaria a velha frase ” Estão procurando chifre em cabeça de cavalo ” , tem certas coisas que, não precisa ser um catedrático no assunto, para perceber certos exageros, quem tem um mínimo de senso crítico, pode ter capacidade de perceber o que pensa estes fanáticos. Mas o que mais incomoda, não somente a mim, mas a maioria das pessoas esclarecidas, é a aceitação da condição de obediência dos membros, onde são serviçais de pastores, e não ” irmãos “, pastores são tidos como intocáveis, e os membros meros contribuintes de uma empresa. Como já falei aqui antes, são meros ganha pão de pastores, onde sua única condição de vida, e espelho a viver, é a Igreja. Alguns hipócritas vão dizer que segue a Jesus, e não à pastores e a igreja. Isto é mentira! Seguem e pensam cada um do modo que ensina sua igreja, ou seu pastor. Dar para notar quando se conversa com um Adventista, Mórmom, Batista, Anglicano, Presbiteriano e etc. Tratasse de uma mistura infinda, de idéias e interpretações da Bíblia. Cada um com seu Deus e Jesus diferente, interpretando ao próprio modo, e ao que convém, no tocante à salvação e ao inferno. A disputa para quem sabe mais é tão horrenda, que julgam uns aos outros cada um com um inferno diferente, sentenciando uns aos outros, expondo seus pontos de vista como a ” verdadeira palavra e discernimento bíblico “.

Ora ! caros amigos, cada vez mais tenho a certeza do que escrevo, e desafio a qualquer um a provar o contrário de cada palavra que escrevi, contra fatos não ha argumentos. Aqui só escrevi fatos, através de pesquisas, e ouvindo comentários de bastidores, muitas histórias que presenciei e ouvi, me fizeram chorar e me perguntar: ” como podem fazer isto ? Quem pensam que são, existem muito a ser dito, se eu tiver que escrever um livro, daria umas mil páginas, e eu teria que editar a cada mês, sobre novos casos de desmande, autoritarismo, falta de ética, e desumanidade, onde incluem humilhações e maltratos, com um total desrespeito ao ser humano, valorizando o dinheiro que é induzido constantemente. Repito constantemente induzido, através de campanhas e pregações, onde é a compra de um imóvel, ou qualquer bem para a igreja, é colocado que o membro que tem que a obrigação de “colaborar com uma oferta de sacrifício, para o crescimento da obra”, onde esta mesma obra, só serve para tirar, e quando dar são apenas migalhas do que arrecada. Não só por isto, pois são os membros que bancam a igreja, que pagam as comodidades da igreja, alguns dizem que a igreja comprou. Isto é mentira, na verdade são os membros que compram com dízimos e ofertas, imaginem para onde para quem vai o crédito? Lógico a igreja, que cresce em bens e imóveis, e o pastor com prestígios e promoções de cargos e salários. Desafio quem se ousaria provar o contrário.

Não podemos nos conformar com as infâmias do mundo, Romanos 12-2, sabemos que a maldade impera de um modo assustador, onde o homem não respeita mais seu próximo, já falava Mateus 22- 37a40. Estamos diante de uma das maiores revoluções da fé, uma época em que atravessamos o milênio, e a informática e a tecnologia avançada, começa a nos levar a um mundo de imaginação versus realidade, e uma infinidade de uma parafernália cibernética, usamos e ousamos da máquina, que em muitas vazes nos separam. Alguns evangélicos, ou seja, alguns pastores andam pregando por ai que, tudo isto é parte do plano de Deus, que o homem se modernize , para poder melhor entendê-lo, se fosse assim, Deus não enviaria Jesus, pois já se passaram 2.000 anos e para muitos, este mesmo é tido como revolucionário e idealizador de uma doutrina, que é o seu evangelho, apenas o considerando um profeta e nada mais. Sem falar aqueles que caracterizam a fé em uma forma de viver em contrição, onde o mundo está cheio de tentações, e eles somente eles por estarem em contrição são tentados por este tal de satanás, mas na verdade eles mesmos são seus próprios algozes.

Estamos diante de distorções graves, onde este Jesus já havia predito em Mateus 24-4a51, mostrando que o fim poderia não vir mesmo nestes momentos, na qual estamos vivenciando Tragédias morais, físicas e cataclismos, podemos estar diante de um fim próximo? Ou apenas é o começo das dores da qual Jesus falava? Sabemos que não precisa estar numa igreja, ou ouvir estes fanáticos em esquinas de bares, e ponto de drogas, para perceber que a humanidade está diante de uma crise grave de identidade moral, e de falta de caráter, onde o nu prevaleceu, e os bons costumes ficaram no passado, e que os jovens são a raiz de tudo e todos, sendo influenciados por propagandas em que muitas delas, usam mensagens subliminares, para propagar seu produto. Podemos lutar contra isto, podemos fazer a diferença, se nos colocarmos que somos parte de um corpo na imensidão do universo, que estamos matando não somente a nós mesmos, e sim a gerações futuras, a historia no futuro poderá nos classificar como primatas arrogantes, buscando a evolução, mas na verdade estão na involução, regredindo aos mesmos erros do passado.

 

 

Veja também  Pe. Hubert Shiffer: um milagre na 2ª Guerra Mundial