Adventista insiste na mentira de que a igreja católica é a prostituta do apocalipse

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Prezado Profº Alessandro Lima, li o seu afrtigo "A Igreja Catolica é a Prostituta do Apocalipse?. É na parte final o sr. disse: "compreensível que muitas pessoas não concordem com a doutrina católica e então apresentem argumentos que se prestem a refutá-la. O que não é compreensível é pessoas e denominações que se dizem cristãs utilizarem de maledicência e falso testemunho contra o Catolicismo.

Semelhante à grosseira mentira que denunciamos, há também quem afirme que o Papa é o Anti-Cristo. Mas este é um tema para um segundo trabalho".

Ao contrário do que o sr. afirma, transcrevo o comentário contido na Bíblia católica, Edição da Família, edição nº 50, da Editora Vozes, pág., 1455, comentando Apocalipse. 17, assim lá está escrito: "A grande prostituta ou Babilônia, a capital do reino anticristão, não é apenas a Roma histórica. Mas Roma, como Babilônia, são tipos que representam a grandeza, o poder, a opulência, o luxo, e o esplendor mundanos, bem como a mais vergonhosa corrupção e idolatria. A figura da prostituta simboliza a força seduradora da capital sobre os povos. É o contraste com a Mulher revestida do Sol, isto é, a Igreja, a esposa do Cordeiro, munida com a luz e a força de Deus".(grifos nossos).

Na Bíblia do Peregrino (católica), na edição Novo Testamento, 2ª Edição, na pág., 737, ao comentar o Capítulo 17 de Apocalipse, é registrado: ""Prostituta", para o titulo pode-se ver Is. 23,16 e Na 3,4; em ambos os casos se refere à sedução do comercio ou poder. A prostituição consiste aqui em induzir com agrados à idolatria: "de seu vinho bebiam as nações e se pertubavam" (Jr 51,7); ver também hab 2,15; o poder imperial seduz e corrompe vassalos e súditos. Cidade de canais: Jr51,13;Sl 137,1. Essa prostituta se contrapõe à esposa do Cordeiro, 21,9s.".

17,5 O nome é misterioso ou simbólico, porque Babilônia é Roma; a Grande :Dn 4,27. Mãe ou chefe, matriarca; para a expressão, ver Gn 4,21-22. (grifos nossos)

17,6 Embriagar-se de sangue descreve energicamente a perseguição sádica e desapiedada. (grifos nossos)

Na pág., 738, comentando Apocalipse 18, está sentenciado: "Um anjo de esplendor celestial (Ez43,2) dá a noticia a todo o mundo, antecipando o que Is 21 reservava para o final. A capital orgulhosa era guarida de demônios (Is 13,21;34,11-14;Jr 50,39); pode referir-se aos ídolos". (grifos nossos)

Pergunto eu ao sr., há acusações levianas contra a Igeja católica, conforme o sr., disse "O que não é compreensível é pessoas e denominações que se dizem cristãs utilizarem de maledicência e falso testemunho contra o Catolicismo", ou há uma correta e irrefutável interpretação da Bíblia Sagrada, aliada às confissões e auto-reconhecimentos, os quais não foram ditos por nenhuma denominação evangélica ou qualquer evangélico, são confissões, declarações, afirmações de sacerdotes católicos DIZENDO QUE "A IGREJA CATOLICA É A PROSTITUTA DO APOCALIPSE.

Conforme o que está escrito naquelas Bíblias católicas acima citadas, inquestionavelmente, "A Igreja Católica Apostólica Romana é a Prostituta do Apocalipse 17 e 18",  e por haverem confessado, admitido, reconhecido e assumido a condição de Prostituta, A Grande Meretriz, de quem se queixaram doravante, senão de si mesmos.

A verdade é impossível de se esconder, pode-se no máximo, apenas dificultar a nitidez para se enxergá-la.

Tem alguém mentido, para alguém, que é esse alguém, e qual a razão de sua mentira?

Pede ao Senhor Jesus Cristo de Nazaré, O Unigênito Filho do Deus Vivo, o Único Senhor e Salvador Nosso, o Único que é o Nosso Intercessor, o Único que digno de receber honra, glória, louvor, adoração e toda gratidão, para  Ele ungir os teus olhos com colírio de Apocalipse 3:18, e assim poderás enxergar, aquilo que estás vendo, pois o deus deste século cegou o entendimento para que não percebas a cova na qual estás enterrado.

Mais uma vez, cai fora (é uma fria onde estás, e reservado está o lago de fogo e enxofre), para os que não derem ouvidos a voz do anjo do Senhor Deus o Todo Poderoso, o Criador e sustentar de tudo e todos.

Avisado fostes, avisado estás. Já não sou mais réu do teu sangue.

Que a graça e a Paz do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo de Nazaré, O Unigênito Filho do Deus Vivo, te abençoe, com a benção da salvação em Cristo Jesus Cristo de Nazaré, O Unigênito Filho do Deus Vivo, o único que pode Salvar, e lembre-se: A salvação vem dos judeus e não de Roma, pois ninguém dá aquilo que não tem. (João 4:22). Comentando este versículo a Bíblia do Perigrino, na pág., 300, diz: "A salvação vem dos judeus, como se manifestou imediatamente depois da queda de Samaria. Além do mais, quem traz a salvação é Jesus, que é da tribo de Judá, como Davi". (grifos nossos).

Respeitosamente,

Roberto

 

Prezado Roberto,

Em resposta à sua mensagem anterior eu já lhe havia mostrado que não és um bom leitor, pois você simplesmente consegue extrair de textos claros o que de forma alguma há neles. Se você faz isso com textos simples como as notas de rodapé que me enviaste, imagina o que não sai lendo a Sagrada Escritura?

Pelo menos nesta mensagem vou poder lhe chamar pelo nome, visto que você já não se esconde sobre as iniciais de seu nome próprio. Parabéns! Estamos evoluindo.

Vou lhe dar a oportunidade de ler mais uma vez primeira nota que você me enviou:

"A grande prostituta ou Babilônia, a capital do reino anticristão, não é apenas a Roma histórica. Mas Roma, como Babilônia, são tipos que representam a grandeza, o poder, a opulência, o luxo, e o esplendor mundanos, bem como a mais vergonhosa corrupção e idolatria. A figura da prostituta simboliza a força seduradora da capital sobre os povos. É o contraste com a Mulher revestida do Sol, isto é, a Igreja, a esposa do Cordeiro, munida com a luz e a força de Deus"

Veja que a nota da Bíblia da Editora Vozes diz que entre a “A grande prostituta ou Babilônia” há um grande “contraste com a Mulher revestia do Sol, isto é, a Igreja, a esposa do Cordeiro”. Mas você teve a capacidade de ler que a Igreja é a Prostituta... minha Nossa Senhora de Fátima!

Uma outra observação. Você pretende que estas notas sejam “irrefutável interpretação da Bíblia Sagrada”. Notas de rodapé, nem aqui e nem na China são interpretações da Bíblia Sagrada. Elas podem nos ajudar a compreender e estudar melhor o texto. Quem interpreta a Bíblia Sagrada é a Igreja Católica, pois foi ela que recebeu de Cristo as chaves para isto. É a Igreja a “Coluna e Fundamento da Verdade” (cf. 1Tm 3,15) e não as notas de rodapé que qualquer um pode criar.

Creio que meu comentário à sua nota de rodapé magna seja suficiente já que não é muito diferente das demais.

Não é comum que um protestante possua uma Bíblia Católica. Será que você é mais um ex-católico que naufragou na Fé seduzido pelo proselitismo das seitas (cf. 1Timóteo 1,18-20)?

Roberto você não está sendo honesto nem com você próprio e nem com Deus. Você nega ver a luz do Sol ao meio-dia para se ater às especulações mentirosas que se encontram nas obras da sra. Ellen G. White. Aliás, tais obras foram estudadas por especialistas (inclusive adventistas) que encontraram nelas cerca de 30% de PURO PLÁGIO (1).

A Verdade não se defende com conjecturas e teses, mas com fatos concretos e provas.

As suas conjecturas não valem sobre o fato concreto de que a Igreja Católica tem sua sede no Monte Vaticano e não nas sete montanhas onde se situava o Roma Antiga.

Ora, o Império Pagão era símbolo do Anti-Cristo, da Anti-Igreja. E os apóstolos já utilizavam o codinome Babilônia para a Roma Antiga, com esta conotação e não para acusar a Igreja fundada por Jesus Cristo.

Desculpe-me, mas a Igreja foi fundada por Cristo e não por Guilherme Miller e nem pelo casal Tiago e Ellen White. A Igreja Verdadeira não se isolou no deserto e sumiu do mapa, como pretende a fábula adventista. A história, querido Roberto, dá testemunho de que a Igreja fundada por Cristo se perpetuou através dos séculos na Sucessão dos Apóstolos (3), lutou contra as mais funestas heresias e nos deu a Bíblia Sagrada. Esta mesma história testemunhou a transformação que esta mesma Igreja trouxe ao Ocidente e Oriente durante a Idade Média.

O Império Pagão que a Igreja derrotou, voltou a surgir com a Revolução Francesa e o Iluminismo. Em nosso tempo atual se chama Modernidade, desgraça esta vem promovendo uma demolição da sociedade cristã e que deseja implantar em todo mundo um neo-paganismo, onde se pretende que o Estado acolha com bons olhos o aborto, a eutanásia, o homossexualismo, o divórcio e tantas outras desgraças.

Não vejo a Igreja Adventista empreendo uma luta contra estas malesas que nos afligem. Aliás, em qualquer noticiário que seja, não encontramos nenhum nome de qualquer seita a respeito. Enquanto que a Mídia ataca com unhas e dentes a Igreja Católica por suas posições e convicções cristãs.

Tudo isto acontece nos dias de hoje, então acorde de seu sono! A suposta perseguição dos adventistas por causa do Sábado é uma fábula que serve para distrair os vacilantes. A perseguição que ao Mundo Moderno empreende hoje não é contra o Adventismo, mas contra o Catolicismo.

Veja o que S. Paulo escreveu à Igreja Romana:

a todos os que estão em Roma, queridos de Deus, chamados a serem santos: a vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e da parte do Senhor Jesus Cristo! Primeiramente, dou graças a meu Deus, por meio de Jesus Cristo, por todos vós, porque em todo o mundo é preconizada a vossa fé [...] O Deus da paz em breve não tardará a esmagar Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco!” (Rm 1,7-8; 16,20) (grifos meus).

Enquanto a Sra. Ellen White diz que a Vitória contra o demônio é dos adventistas, S. Paulo diz que é da Igreja Romana. Você vai ficar com o que diz S. Paulo (apóstolo de Cristo) ou Ellen White (copista de obras alheias)?

Em Cristo Jesus,

Prof. Alessandro Lima.

Notas

(1) Prof. Alessandro Lima. Apostolado Veritatis Splendor: Obras de Ellen White: Inspiradas por Deus ou em obras alheias?. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4283. Desde 25/5/2007.

(2) Prof. Alessandro Lima.. Apostolado Veritatis Splendor: A Igreja Católica é a Prostituta do Apocalipse? Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4071. Desde 22/12/2006.

(3) José Miguel Arráiz. Apostolado Veritatis Splendor: Estudando a Sucessão Apostólica. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4274. Desde 21/5/2007.

Prof. Alessandro Lima. Apostolado Veritatis Splendor: O que é Igreja Apostólica?. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/2302. Desde 10/11/2003. 

Artigos relacionados

O Cânon Bíblico

O Cânon Bíblico

Leia "O Cânon Bíblico" e aprenda como a Bíblia teve origem e foi formada.

Adquira o seu

O Dom de Línguas

O dom das linguas

"O Dom de Línguas" é uma obra que apresenta a doutrina tradicional sobre este incrível dom carismático.

Adquira o seu

A Graça e Salvação

A Graça, a Fé, as Obras e a Salvação

"A Graça, a Fé, as Obras e a Salvação" aborda a difícil temática sobre o valor das obras para a salvação. Nela o autor, analiza a doutrina de Lutero (salvação somente pela fé) à luz da própria Bíblia.

Adquira o seu

Em Defesa da Fé Católica

A Graça, a Fé, as Obras e a Salvação

Atendendo ao chamado de S. Pedro que nos exorta a dar de bom grado a razão de nossa fé (cf. 1Pd 3,15-16), o autor apresenta uma completa defesa dos principais pontos controversos da doutrina católica.

Adquira o seu

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossas atualizações em seu email.

Contacte-nos

Se desejar entar em contato, utilize as formas abaixo:

Siga-nos

Nós estamos nas redes sociais.

QRCode

QR Code
Você está aqui: Início Espaço do Leitor Adventista insiste na mentira de que a igreja católica é a prostituta do apocalipse