Espaço do Leitor

Maria Santíssima elogiada por um protestante

Olá, a todos irmãos em Cristo, que seguem o exemplo da Doce Maria,
Sou protestante presbiteriano tradicional, calvinista. Fui criado Arminista, batista. Depois que conheci a fé calvinista, passei a ser membro da Igreja Presbiteriana Tradicional. No primeiro culto que assisti, o reverendo pregou sobre AS VIRTUDES DE MARIA. Nós reformados não sofremos de MARIITE, inflamação que provoca sintomas celebrais contra Maria. Nós amamos Maria, consideramô-la SANTA, PURA E O MAIOR EXEMPLO A SER SEGUIDO. ACEITAMOS A IDÉIA DE MÃE DE DEUS, POIS ELA GEROU UM HOMEM/DEUS. Como protestantes, não aceitamos o vossa dogma da Imaculada Conceição, contudo é mais do que certo, que ao ser plasmada pelo PURÍSSIMO ESPÍRITO SANTO, FICOU LIVRE DAS IMPERFEIÇÕES HUMANAS PARA GERAR AQUELE QUE É O SALVADOR NOSSO: YESHUA, JESUS CRISTO.
Respeito vossa fé, vossa Igreja. Gosto de quando posso, ir a missa, os vejo como irmãos. Não gostei do RECADINHO que deu aos protestantes no final da resposta. Eu vejo Maria como todos os reformados: nós A amamos e A consideramos o maior exemplo humano, só abaixo de Jesus. Gosto de chamá-la de DOCE MARIA. Não conferimos a Amada Mãe de Deus, títulos que vossa teologia conferem como: advogada, medianeira e outros. Sei, e conheço vossa teologia. Vcs fazem diferença de: culto de dulia, veneração dos santos. Culto de hiper dulia, veneração a Doce Maria. Latria, adoração exclusiva da Trindade. Mas vcs devem entender que em teologia protestante, prestar culto, seja de veneração ou adoração só a Trindade. Isso não nos impede de lembrar da Doce Maria e homenagear quem Ela é na verdade. Temos hinos belíssimos que citam Maria, a Igreja Anglicana ainda mais:” ô doce virgem que em sua pureza concebeste o Salvador nosso Senhor e Deus…”.
Espero que procuremos sempre nos entender, nos unirmos, respeitando as diferenças e crescendo com elas, pois se for para partir para o sarcarsmo e falta de respeito, quem ganhará com isso?
A todos um sincero abraço e parabéns pela qualidade do site, um show. (Milton)

Veja também  O texto do "ex-padre" aníbal p. reis

Caríssimo irmão em Cristo, Milton!

Todos nós do Veritatis Splendor ficamos honrados pela sua visita em nosso humilde portal. Agradeço em nome do grupo pelas doces e sábias palavras sobre Nossa Mãe Santíssima e também pelo apoio e carinho ao nosso modesto trabalho.

Fiquei muito feliz em saber que ainda existem pessoas de outros credos que tem este grande carinho e amor pela Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Já que estamos em um diálogo sincero e fraterno, gostaria de expor aqui nossa opinião e também do Magistério da Igreja sobre os tópicos relacionados por você, neste e-mail, apesar de entender a sua opinião e respeitar a Teologia Protestante.

Vamos a eles então!

– Imaculada Conceição

– Advogada

– Medianeira

– Culto de Latria

– Culto de Hiperdulia

– Culto de Dulia

Imaculada Conceição – Destinada a ser Mãe verdadeira e virginal de Cristo-Deus, não podia Ela ter contato com o pecado. Ademais, se a alguém fosse dado escolher a própria mãe, não escolheria a mais virtuosa, a mais pura, a mais santa? De fato, Jesus não só pôde escolher a Sua Mãe, mas fazê-la, pois é Deus. Ele fez, pois, imaculada a sua Mãe, isto é, isenta de toda a culpa original.

Mas, essa verdade está contida no próprio texto de (Gênesis 3,15), pois aí se prediz que o futuro Salvador e a sua Santa Mãe terão uma inimizade total com Satã, e que lhe imporão derrota total. O que é incompatível com a condição de quem tivesse estado, por um momento sequer, sob o pecado e, pois, sob o Maligno. Pressupõe-se a concepção imaculada, não só de Cristo enquanto homem, mas também de sua Santa Mãe.

Advogada – O que faz um advogado? Não é justamente defender aquele que não tem conhecimento ou não pode faze-lo? Não foi exatamente isso que Maria fez ao advogar a causa dos noivos junto a Jesus? O fato de em (João 2,1), dizer que Jesus é que é o único advogado, significa apenas que ele é o único advogado dos homens junto a seu Pai. Ninguém consegue um milagre diretamente de Deus Pai, sem passar por Jesus. Maria, nem os noivos conseguiram o milagre diretamente de Deus Pai, sem antes passar por Jesus Cristo.

Veja também  O pedestal do sabatismo

Medianeira – Como é ofício próprio da mãe prover o alimento dos filhos, Maria alcança para os seus filhos espirituais, todas as graças necessárias à salvação; Ela é Medianeira de intercessão e secundária, entre Cristo e nós. A Igreja Católica nunca ensinou que Maria seja ?Mediadora? (não confundir ?Mediadora com ?Medianeira? que quer dizer intercessora). Ocorre que Maria e os Santos são Intercessores humanos junto a Jesus. É o que ocorreu durante as bodas de Caná (João 2,1-11) em que Jesus transformou água em vinho por causa da Intercessão humana de Maria junto a ele. Não foram os noivos que vieram pedir o milagre diretamente a Jesus, mas usaram da intercessão humana da Mãe de Jesus. E Jesus atendeu, mesmo não chegando a sua hora. A Igreja sempre ensinou que há um único Mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo (1 Timóteo 2,5) mas, Jesus também admite pedidos de intercessores humanos junto a Ele. Jesus é o Mediador, mas de Rendenção, o que não exclui a mediação de intercessão dos Anjos, dos Santos e Maria.

Culto de Latria – (grego: “latreuo”) quer dizer adorar – É o culto reservado a Deus. A latria é o culto que se deve somente a Deus e consiste em reconhecer nele a Divindade, prestando uma homenagem absoluta e suprema, como criador e redentor dos homens. Ou seja, reconhecer que ele é o Senhor de todas as coisas e criador de todos nós, etc.

Culto de Hiperdulia – (grego: hyper, acima de; douleuo, honra) ou acima do culto de honra, sem atingir o culto de adoração. O culto de hiperdulia é o culto especial devido a Maria Santíssima, como Mãe de Deus.

Culto de Dulia – (grego: “douleuo”) quer dizer honrar. O culto de dulia é especial aos santos, como sendo amigos de Deus.

Veja também  Cabelos

Caro irmão Milton: Está aí o que pensamos sobre os tópicos mencionados, e esta é também a posição oficial da Santa Igreja Católica. É claro que vamos sempre nos entender sim, pois percebi em suas palavras que você é uma pessoa bem esclarecida e que em seu coração bate a humildade e a sinceridade. Só não entendi quando você diz: ?Não gostei do recadinho que deu aos Protestantes no final das respostas?. Espero que possamos conversar sobre isso em breve.

Que Deus o abençoe, e também a todos os seus.

Fica aqui um grande abraço, deste humilde e pobre pecador.
Jaime F. de Moura