Espaço do Leitor

Leitor pergunta se o domingo é dia pagão

[Leitor NÃO autorizou a publicação de seu nome no site] Nome do leitor:
Cidade/UF: rio de janeiro
Religião: Católica
Email do Leitor:

Mensagem
========

Gostaria de saber responder aos protestantes que me perguntaram porque o domingo é dedicado as nossas atividades e não ao sabado. Eles questionaram ainda sobre os cultos pagãos. Lógico que conversei com eles, mas gostaria de ter melhor argumento.

Oi, prezado irmão. Pax Christi. Bem, como eu tenho muita experiência de adventismo, vou lhe ajudar. Para começar, a questão do sábado é um assunto muito importante aos adventistas, simplesmente porque, segundo eles, consta nos “Dez Mandamentos”. Daí vem este antagonismo ao domingo, por parte do sabatismo.

O domingo não é um novo sábado judaico. Não adianta o adventista pedir para um católico “provar” no NT onde se fala da mudança da guarda de dia sendo que não é esta a intenção do NT. Este não tem por compromisso trazer um novo dia de “guarda” (aos moldes judaicos). O catolicismo “guarda” (prefiro a palavra honra) o domingo como DIA DA RESSURREIÇÃO de Cristo (Mc. 16.9). Paulo já desautoriza a guarda judaica do sábado em Cl.2.16 (os adventistas, durante muito tempo, tentaram várias explicações para fugir do óbvio que este versículo ensina). Mesmo Samuelle Bacchiocchi, o erudito adventista, já admitiu que é o sábado semanal e inventou uma outra desculpa.

Portanto, como o adventismo tem grande dificuldade em aceitar que o sábado era somente aos judeus e não aos gentios, eles ensinam que o sábado continua a ser guardado no NT, apesar de em NENHUMA vez se mencionar o sábado sendo guardado pela Igreja.

Os sabatistas se referem aos Dez Mandamentos de Ex 20.1-17, mas ignoram Mt. 22.34-40, onde Jesus é perguntado sobre qual é o grande mandamento NA LEI. Jesus agrupou todos os Dez Mandamentos como listados na lei, em só dois. Amar a DEUS, que está nos mandamentos 1-3 e amar seu próximo, que está nos 4-10. O amor a DEUS inclui guardar um “dia de descanso”, que é o real significado do sábado. Jesus não disse nada que este dia continuaria sendo um sábado.

Veja também  O catolicismo é religião, mas o protestantismo não?

Bem, quanto ao domingo, ele é o primeiro dia da semana no NT (At.20.7). Você pode ver uma refutação que fiz de um estudo adventista da promessa aqui http://www.centraladventista.110mb.com/ref2731.htm

O primeiro dia da semana é o dia em que Jesus ressuscitou e por isso a Igreja o honra. O sábado é um memorial da antiga aliança. O domingo é o da nova.

João já menciona o domingo como o Dia do Senhor em Ap.1.10. Por exemplo, o tradutor alemão Jörg Zink verte assim esse versículo: “Fiquei cheio de Espírito Santo — era domingo.” A maioria das versões da Bíblia, contudo, traduz a frase em grego: teí kyriakeí hemérai, por “o dia do Senhor”. Uma obra de referência católica, em alemão, Herders Bibelkommentar, explica o raciocínio por detrás desse conceito ao dizer: “Faz-se referência aqui [em Ap.1.10] não ao Dia do Juízo Final, que é também conhecido como o ‘Dia do Senhor’, mas a um dia específico da semana. Os primitivos cristãos começaram a celebrar o primeiro dia da semana como o dia dos principais ofícios da Igreja já em meados do primeiro século. (Atos 20:7; 1 Cor. 16:2)”.

Os adventistas (ou qualquer outro sabatista) é rápido em dizer que o domingo veio do paganismo, apesar de terem parcos argumentos para sustentar isso. Logicamente que este não é o caso, pois a menção do primeiro dia da semana como dia de lembrança da ressurreição de Cristo vem desde os tempos patrísticos, dos primeiros séculos. A tese adventista não se sustenta.

Uma coisa a falar a seus amigos é o seguinte: OS PAGÃOS NUNCA GUARDARAM O DOMINGO. Isso é mentira adventista. Foram os cristãos e não os pagãos que começaram com a guarda do domingo, em honra da ressurreição de Cristo. Faço minhas as palavras de S. Jerônimo (342-420): “O Dia do Senhor, o dia da Ressurreição, o dia dos cristãos, é nosso dia. É chamado o ‘Dia do Senhor’ porque nele o Senhor ressuscitou vitorioso ao Pai. Se os pagãos o chamam de ‘Dia do Sol’, nós concordamos de boa vontade, pois hoje a ‘Luz do Mundo’ é elevada, hoje é revelado o ‘sol da justiça’ com a cura em Seus raios”. (Pasch CCL 78, 550 )

Da mesma forma que um sabatista pode lhe dizer que guardar o domingo “honra o deus Sol” (Helios) por ser em inglês “sunday” da mesma forma pode replicar que um sabatista honra o deus Saturno pois sábado em inglês é “saturday”. Claro que isto é uma besteira e nonsense.

Veja também  AO PARTIR O PÃO - 3º DOMINGO DO TEMPO COMUM (Ciclo A)

Dia memorável, o dia de Domingo. Um dia que deveria mexer com o coração de todo cristão e mover os pecadores ao arrependimento, como de fato fez todas as semanas a partir daquele dia. O “Dia do Senhor”, como este título é apropriado para aquele grande dia no qual nosso Senhor triunfou sobre tudo e lançou a fundação da Igreja cristã. Assim, então, ele se tornou um dia comemorativo do Evangelho, o dia de alegria e regozijo. Devemos nós, então, chamá-lo de um dia pagão? A marca da besta? Um dia odioso a Deus e uma abominação para Cristo? Que Deus proíba. Jesus disse, “que mal fez ele”? Assim nós perguntamos: “que mal tem a observância do Dia do Senhor”? Alguma vez algum homem, igreja, ou nação, ficaram piores por isso? Não. Na verdade, este não é seu caráter nem seu registro.