Espaço do Leitor

Leitor pergunta sobre a Mansão dos Mortos e a intercessão dos Santos

Paz de cristo!
Olá, pessoal do Veritatis! Recentemente, lendo os seus artigos, me deparei com uma dúvida. Corrijam-me se eu estiver errado, mas vocês, em alguns artigos, principalmente quando falam dos santos, usam passagens do Velho Testamento sobre intercessão dos profetas mortos que estavam no céu, mas já vi teólogos católicos dizendo que antes de Jesus todos estavam na mansão dos mortos. Por favor, ajudem-me: antes de Jesus havia gente no céu? Na mansão dos mortos também podia ser feita intercessão? (Anônimo)

Prezado irmão,

A paz de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Agradecemos pela confiança em nos escrever.

Os justos mencionados no Antigo Testamento, que morreram antes da ressurreição de Jesus, só foram para o céu quando Cristo, conforme aprendemos com o Credo Apostólico, “desceu à mansão dos mortos” e lhes resgatou. Dessa forma, podemos dizer que, antes de consumada a obra redentora de Cristo, não havia nenhum ser humano no céu. A esse respeito recomendamos a leitura dos artigos abaixo [no site do Apostolado Veritatis Splendor]:

– LEITOR PERGUNTA SOBRE O LIMBO (http://www.veritatis.com.br/article/3212)

– LEITORA PERGUNTA SOBRE USO DA PALAVRA “INFERNO” NO CREDO (http://www.veritatis.com.br/article/4837)

Note-se que, embora não houvesse ninguém no céu antes de Cristo, não é absurdo crer que os justos que aguardavam o resgate na mansão dos mortos tenham intercedido por outras pessoas aqui na terra. Mas o mais importante, nesse caso, é saber que, de acordo com a Escritura Sagrada, os mortos não mergulham na inconsciência (como que numa espécie de sono do qual só despertariam no fim dos tempos) nem na indiferença (como se não pudessem nem quisessem saber do que se passa com os irmãos aqui na terra). Cristo é Senhor tanto dos vivos quanto dos mortos (Rm 14,9), e todos, vivos e mortos, formamos uma só Igreja (Corpo de Cristo). Trata-se da comunhão dos santos, na qual e pela qual podemos e devemos interceder uns pelos outros, intercessão essa que os santos, por já gozarem da bem-aventurança eterna, podem fazer com maior eficácia. Na esperança de ter esclarecido sua dúvida, despeço-me desejando-lhe a paz do Cristo!

Veja também  A Oração e a Intercessão dos Santos (Parte 3)

Fraternalmente,