Extratos

Permanência e morte de São Pedro em Roma

Algumas vezes os protestantes, por não conseguirem desmentir o Primado de Pedro, dizem que Pedro nunca esteve em Roma e, por conseguinte, a Igreja de Roma não poderia ser a verdadeira Igreja de Cristo.

Porém, não é o que dizem os primitivos cristãos…

* * *

“Lancemos os olhos sobre os excelentes apóstolos: Pedro foi para a glória que lhe era devida; e foi em razão da inveja e da discórdia que Paulo mostrou o preço da paciência: depois de ter ensinado a justiça ao mundo inteiro e ter atingido os confins do Ocidente, deu testemunho perante aqueles que governavam e, desta forma, deixou o mundo e foi para o lugar santo. A esses homens […] juntou-se grande multidão de eleitos que, em consequência da inveja, padeceram muitos ultrajes e torturas, deixando entre nós magnífico exemplo.” (Clemente de Roma, ano 96, Carta aos Coríntios, 5,3-7; 6,1).

“Não é como Pedro e Paulo que eu vos dou ordens[1]; eles foram apóstolos, eu não sou senão um condenado” (Inácio de Antioquia, ano 107, Carta aos Romanos 4,3).

“Tendo vindo ambos a Corinto, os dois apóstolos Pedro e Paulo nos formaram na doutrina evangélica. A seguir, indo para a Itália, eles vos transmitiram os mesmos ensinamentos e, por fim, sofreram o martírio simultaneamente” (Dionísio de Corinto, ano 170, extrato de uma de suas cartas aos Romanos conforme fragmento conservado na “História Eclesiástica” de Eusébio, II,25,8).

“Nós aqui em Roma temos algo melhor do que o túmulo de São Filipe. Possuímos os troféus dos apóstolos fundadores desta Igreja local. Vai à via Óstia e lá encontrareis o troféu de Paulo; vai ao Vaticano e lá vereis o troféu de Pedro” (Gaio, ano 199)

Veja também  Equívoco sobre o Concílio vaticano i e os sucessores de s. pedro

“Pedro, finalmente tendo ido para Roma, lá foi crucificado de cabeça para baixo” (Orígenes, +253, conforme fragmento conservado na “História Eclesiástica” de Eusébio, III,1).

* * *

Grafitos anônimos dos séculos II e III escritos sobre o túmulo de São Pedro localizado durante as escavações arqueológicas promovidas sob a Basílica do Vaticano nas décadas de 50 e 60 (do séc. XX):

“Pedro está aqui.” (=Petros Eni)

“Pedro, pede a Cristo Jesus pelas almas dos santos cristãos sepultados junto do teu corpo.”

“Salve, Apóstolo!”

“Cristo e Pedro”

“Viva em Cristo e em Pedro”

“Vitória a Cristo, a Maria e a Pedro”

_________
NOTA:
[1] Se Pedro não tivesse estado em Roma, a frase de Santo Inácio ficaria completamente sem sentido.