Espaço do Leitor

Porque muitos protestantes esqueceram maria

Olá Fernanda tudo bem?

 

Mais uma vez, é com grande prazer e alegria que respondo a sua pergunta.

 

Pode-se dizer que os protestantes no século XVI conservavam muitos pontos da Tradição Mariana, pontos que as gerações seguintes foram pondo de lado, principalmente com o surgimento do Iluminismo e recentemente com o Pentecostalismo Protestante.

 

Lutero, por exemplo, não negava a virgindade perpétua de Maria, ele também admitia a Imaculada Conceição de Maria, devida à prévia aplicação dos méritos de Cristo.

 

No calendário Luterano, por exemplo, ficaram três festas Marianas, que tem base no Novo Testamento e estão muito ligadas a Cristo: ?A anunciação ou festa da Encarnação, a visitação de Maria a Isabel ou festa da vinda de Cristo, e a purificação de Maria aos quarenta dias após o parto, também tida como festa da apresentação de Jesus no templo?.

 

Calvino foi mais radical. Suprimiu as festas Marianas, mas aceitou o título ?Mãe de Deus? definido pelo Concílio de Éfeso em 431. Sustentou a Perpétua Virgindade de Maria afirmando que ?Os irmãos de Jesus? citados em (Mateus 13,55) não são filhos de Maria, mas parentes do Senhor. Professar o contrário, segundo Calvino, significa ?Ignorância?, ?louca sutileza? e ?Abuso da Sagrada Escritura?.

Zuínglio, o Reformador em Zurich, conservou as três festas Marianas e a recitação da Ave Maria durante o culto sagrado.

 

Amann, discípulo e contemporâneo de Zuínglio, declarou: ?Maria foi preservada de toda mancha e culpa: do pecado original, do pecado mortal e do pecado atual?.

 

Heinrich Bullinger, sucessor de Zuínglio, testemunhou: ?Cremos que o corpo puríssimo da Virgem Maria, mãe de Deus e templo do Espírito Santo…Foi levado pelos Anjos ao Céu?.

Até mesmo o Corão de Maomé, que reproduz certas proposições do Cristianismo professa a Virgindade de Maria (cf. Sura 19)

 

Os Reformadores tinham muitas coisas em comum com a Igreja Católica, quando se falava de Maria. Todavia a veneração a Maria foi-se atenuando sempre mais no decorrer dos tempos entre os protestantes. No século XVIII particularmente, século do racionalismo Iluminista, os Reformados deixaram de reconhecer a figura de Maria e de celebrar até as festas Marianas.

 

Como se vê os mestres da Reforma foram muito mais fiéis a Maria do que os seus discípulos, ?Reformadores da Reforma do Século XVI?.

 

Querida irmã e amiga!

 

Aproveitando a sua pergunta, deixo aqui as minhas considerações finais direcionadas aos nossos amigos protestantes.

 

?Porque em um culto protestante, se fala tanto dos Apóstolos e de muitos outros personagens Bíblicos? Como por exemplo: Paulo, Davi, Abraão, Isaac, Jeremias etc. mas nunca se fala de Maria? Será que ela teve mais pecados que estes personagens Bíblicos? Porque muitos ainda lembram daqueles Mártires do Cristianismo, cujo sangue foi semente da qual a Igreja tira vida? Será que Maria não está inserida na?Nuvem de Testemunhos? que nos circunda? (cf. Hebreus 12,1) e cujo testemunho nos deve fortalecer para a luta que temos a sustentar? Como podem excluir Maria, que está ligada a Jesus como a primeira Cristã que andou com Ele o caminho da cruz??.

 

É lamentável aquelas palavras de Jesus. ?Tem olhos, mas não vêem?

 

Caríssima Fernanda!

Fique na paz de Cristo!

Um fraternal abraço,

Jaime Francisco

Veja também  Leitor pergunta quais são os dias de preceito (santos de guarda)