MÓRMONS, ADVENTISTAS E TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

Neste artigo, analisarei os aspectos que estas três seitas de perfil cristão têm em comum e que, como sabemos, são as que mais cresceram em número de membros nos últimos anos, tornando-se as “mais famosas” ou conhecidas na América Latina e no Brasil.

SEMELHANÇAS ENTRE AS TRÊS

  • Nasceram ou foram fundadas nos Estados Unidos na primeira ou segunda metade do século XIX: Mórmons em 1830; Adventistas em 1863; e Testemunhas de Jeová em 1870.
  • Todas as três têm sua sede oficial nos Estados Unidos: Mórmons em Salt Lake City-Utah; Adventistas em Silver Spring-Maryland; e Testemunhas de Jeová no Brooklyn-Nova York.
  • Todas as três interpretam a Bíblia de modo fundamentalista e segundo os ensinamentos de seus respectivos fundadores.
  • Todas as três creem que a Igreja Católica é a prostituta do Apocalipse ou da Babilônia.
  • Elas creem na apostasia da Igreja de Cristo e que seus respectivos fundadores tiveram que vir para novamente restaurar as verdades perdidas. Por esse motivo, são conhecidas pelo nome de “Seitas Restauracionistas”.
  • Seus fundadores profetizaram a data do fim do mundo ou da Segunda Vinda do Senhor, mas essas profecias jamais se cumpriram.
  • Todas as três creem no Armagedom e no milenarismo com pequenas variações.
  • Todas as três ensinaram doutrinas de depreciação racial no passado: os Mórmons não permitiram que negros fossem sacerdotes até 1978, acreditando que a raça negra era fruto da maldição de Cam e Caim; os Adventistas, seguindo os ensinamentos da sua profetisa Ellen G. White, acreditavam que os negros provinham da relação entre humanos e animais (“doutrina da amálgama”); e as Testemunhas de Jeová, coincidindo com o Mormonismo, ensinaram, em algumas das suas publicações, que a raça negra era inferior e dada à servidão.
  • Elas emitem proibições radicais e têm atitudes rigoristas nos planos moral e religioso.
  • Elas adotam o mesmo estilo musical (acompanhado por um piano) para cantar hinos em suas reuniões sacramentais ou religiosas.
  • Todas as três promovem um proselitismo agressivo fazendo uso de folhetos, revistas, livros, mídia etc.: Mórmons com seus missionários de tempo integral para conversas em casa ou na rua; Adventistas através de seus membros em cursos, escolas e visitas domiciliares; e as Testemunhas de Jeová com seus pioneiros que distribuem revistas e estudos bíblicos nas casas.
  • As pessoas que deixaram essas organizações denunciam comportamentos sectários, como: doutrinação, controle mental, limitação da informação etc.
  • Todas as três sofreram cisões ou divisões, estabelecendo assim novos grupos derivados a partir delas.
  • Elas têm canais de televisão onde promovem suas crenças: os Mórmons têm a BYU TV International; os Adventistas têm diversos canais (3 ABN Latino, Esperanza TV, Novo Tempo etc.) e as Testemunhas de Jeová a JW Broadcasting.

SEMELHANÇAS ENTRE MÓRMONS E ADVENTISTAS

  • Eles têm outros livros inspirados, além da Bíblia, que são as fontes das suas demais doutrinas: os Mórmons têm o “Livro de Mórmon”, “Doutrinas e Convênios” e “A Pérola de Grande Valor”; os Adventistas têm os escritos de Ellen G. White.
  • Ambos praticam a doutrina do dízimo.
  • Eles têm suas próprias universidades e faculdades.
  • Eles prestam ajuda humanitária, assistência médica e caridade, atraindo assim mais pessoas para as suas seitas.

SEMELHANÇAS ENTRE MÓRMONS E TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

  • Seus fundadores escreveram sua própria tradução da Bíblia: Joseph Smith escreveu a “Versão Inspirada da Bíblia”; e Charles Taze Rusell escreveu a “Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas”.
  • Eles não creem na Santíssima Trindade, de modo que seus batismos são inválidos.
  • Seus fundadores eram do sexo masculino e pertenciam à Maçonaria.
  • Fazem proselitismo em pares nas ruas, fazendo perguntas às pessoas ou batendo nas portas das casas.

SEMELHANÇAS ENTRE ADVENTISTAS E TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

  • Ambos têm sua origem no Adventismo de William Miller. Alguns estudiosos os chamam de “Primos-Irmãos”.
  • Ambos negam a imortalidade da alma.
  • Ambos creem na purificação do Santuário mais ou menos da mesma maneira e no mesmo período: o “Russellismo” ensina que o Santuário foi purificado em 1846, mas para assim concluir segue o mesmo princípio de interpretação adventista, levando em consideração os 2.300 dias do capítulo 8 de Daniel.
  • Ambos creem que os 1.260 dias mencionados no capítulo 7 de Daniel e nos capítulos 12 e 13 dO Apocalipse são “1.260 anos proféticos”.
  • Ambos negam o castigo eterno.

NOTA FINAL

Embora estas três seitas tenham muitas características em comum, devemos enfatizar que os Adventistas creem na Trindade e, portanto, o batismo que conferem é válido, diferentemente dos Mórmons e das Testemunhas de Jeová. No entanto, este aspecto não os exonera – segundo muitos estudiosos – de serem classificados como seita ou novo movimento religioso, porque suas demais doutrinas os separam totalmente de serem classificados como uma congregação cristã, além de não promoverem qualquer ecumenismo com outras igrejas cristãs e, menos ainda, com a Igreja Católica. Apesar disso, ainda há debates se são uma seita ou uma comunidade eclesial não-católica.

Facebook Comments

Livros recomendados

Espiritismo e féAsterix gladiadorSenhor, Tende Piedade