Prefácio

Livro encantador e extremamente oportuno. Numa linguagem clara, precisa e segura o autor procura dar uma resposta e uma explicação serena às objeções que os protestantes, sobretudo os adeptos de numerosas seitas que surgiram no Brasil nos últimos anos, levantam contra a Igreja Católica.

O que mais me encanta neste livro é a convicção profunda da fé do autor e a elegância com que sabe defende-la no diálogo com interlocutores; mesmo diante de agressões, por vezes grosseiras, a resposta é sempre serena, visando tão somente a defesa da verdade e a refutação do erro.

A literatura sobre esses temas controversos não é pequena e o autor cita várias obras especializadas, mas creio que seu livro leva vantagem pelo equilíbrio e segurança doutrinal, bem como pela abrangência da temática tratada.

Li com interesse cada capítulo. Daria nota dez a cada item desenvolvido. Embora num ou outro lugar eu teria dito de outra maneira, concordo plenamente com o modo como foi escrito.

No capítulo VII (entendendo a Bíblia) há divergências entre os especialistas sobre o modo de interpretar algumas questões, o autor usa o bom-senso e a sua fé esclarecida coerente com a doutrina cristã.

Este livro escrito com amor à Igreja e fidelidade a Jesus Cristo, nosso Senhor, poderá fazer muito bem aos leitores cristãos, católicos e evangélicos de boa-fé.

Todos nós ficamos muito gratos ao Jaime Francisco por este maravilhoso presente de Natal, que haverá de iluminar nossa caminhada neste novo milênio cristão que estamos iniciando.

Com meus sinceros parabéns, concedo minha bênção apostólica em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo.

Brasília ? DF, 25 de Dezembro de 1999

Dom João Evangelista Martins Terra

Bispo Auxiliar de Brasília 

INTRODUÇÃO

Passaram séculos e séculos, caíram ideologias, Governos, Impérios, Doutrinas, Instituições, mas a Igreja Católica continua una e fiel a Jesus Cristo.

Ela existe praticamente, em todo o mundo. Suas portas estão sempre abertas a todos, sejam santos ou pecadores. Seus membros incluem Cristãos de longa data e novos batizados, pessoas profundamente envolvidas no apostolado e aqueles que estão a procura de um pouco de amizade e apoio, Santos que estão na estrada da oração e pecadores que procuram a estrada da paz. Ela é o Corpo Místico de Cristo, do qual Ele é a cabeça e os cristãos são os membros.

Cada vez mais nos defrontamos com novas denominações de Igrejas que são abertas, muitas vezes, por discordância entre seus membros. A Igreja Católica continua ?una?, através dos séculos, fundamentada, apesar de todos os empecilhos, na palavra de Jesus Cristo e fiel ao seu pedido a Deus Pai:

?Não rogo somente por eles, mas também  por  aqueles que, por sua palavra, hão de crer em Mim. Para que todos sejam um, assim como Tu, Pai, estás em Mim e Eu em Ti, para que sejam um ,como Nós somos Um; Eu neles e Tu em Mim, para que sejam perfeitos na unidade, e o mundo reconheça que me enviaste e os amaste, como amaste a Mim.?  (João 17,20-23)

CAPÍTULO I

Os livros da Bíblia

Interpretação da Bíblia

Bíblia Católica e  Bíblia Protestante

Somente a Bíblia (Evangélicos)

Fundamentalismo: um modo impróprio de ler a Bíblia

Gêneros literários da Bíblia

CAPÍTULO II

Jesus confere poderes aos Apóstolos e a sua Igreja

Imagens: Veneração e não adoração

Ajoelhar-se ou prostrar-se

Jesus, Filho Unigênito de Maria

Maria, Mãe de Jesus e Mãe de Deus

Por que os Católicos rezam pelos mortos

Intercessão dos Anjos e Santos

Purgatório

Alma e Espírito

CAPÍTULO III

Batismo das crianças
Celibato, por que os Padres não casam.

Confissão ao Padre

Água-Benta ou Água-Santa

O incenso que a Igreja Católica utiliza foi ordenado por Deus?

E o Azeite da Unção?

Velas são crendices como afirmam alguns Evangélicos?

As procissões têm fundamentação Bíblica?

Cinzas

CAPÍTULO IV

Jejum e Penitência

Relíquias milagrosas

Valor dos milagres

O que é tradição

A fé e as obras

Trajes, enfeites e adornos

Sortes e sorteios

Danças e festas religiosas

Fumo, bebidas e vícios

Esportes

CAPÍTULO V

Inimigo de Maria

Quando os Milagres são falsos e a Conversão também é falsa

Acusação de algumas igrejas

Outra acusação

Mais acusações

O número 666

Identificação de Cristo com sua Igreja

CAPÍTULO VI

A Inquisição e o Protestantismo

Origens de outras religiões Cristãs e Não-Cristãs

Breve comentário sobre reencarnação

O espiritismo é anticristão

A solução cristã para o ?mistério da dor?

Quem é Deus

A Criação

Os Anjos e os Demônios

CAPÍTULO VII

Entendendo a Bíblia

A Criação

Existiram Adão e Eva?

A mulher foi tirada da costela de Adão?

A Árvore, a Maçã e a Serpente

Qual foi o pecado de Adão e Eva?

Onde era o paraíso?

O sinal que Deus pôs em Caim

O Dilúvio

O Sacrifício de Isaac

As pragas do Egito

A décima praga

As guerras no Antigo Testamento

Jonas e a Baleia

Conclusão

Bibliografia

Biografia

CURIOSIDADES DO LIVRO "As Diferenças entre Igreja Católica e Igrejas Evangélicas"

VOCÊ SABIA?

Que a interpretação da Bíblia cabe a autoridade da Igreja e não é de interpretação pessoal? (2 Pedro 1,20) (2 Pedro 3, 15-16)

Que o templo de Deus construído ricamente pelo rei Salomão estava cheio de imagens de escultura e Deus se manifestou nesse templo e o encheu de sua Glória? (Ezequiel 41, 17-20; 43, 4-6) E que havia imagens gigantes, leões etc?

Que o próprio Deus mandou fabricar uma série de imagens e prometeu até falar no meio delas? (Êxodo 25,22).

Você Sabia? Que Paulo em (2 Timóteo) 1,18) ora a Deus pelo seu amigo Onesíforo que já era falecido?

Que o Batismo de Saulo foi feito no interior de uma casa em Damasco e não foi feito por Imersão? (Atos 9, 11-18). E que Cristo,quando criança foi circuncidado, e quando adulto foi batizado, mas não precisava  do batismo?

Você Sabia? Que os Sacerdotes Católicos não casam, porque esse ato está em várias passagens Bíblicas? Eis uma: (Mateus 19-12).

Que a confissão ao Sacerdote também é tirada de várias passagens Bíblicas? Eis outra: (Mateus 3,6) e Jesus Cristo perdoa os pecados, também através do Sacerdote? (Tiago 5,15).

Que em (Lucas 16,27) o mal rico já falecido, pede intercessão de Abraão? E que ele também estava, pois a par, dos fatos concernentes aos vivos?

Você Sabia? Que não basta crer, pois é preciso viver a fé, e vivê-la em santidade? Daí a exigência dos mandamentos? Daí a moral que a igreja ensina? E que fé sem obras e obras sem fé não valem nada?

Que o número 666, (Apocalipse 13,18) refere-se a um homem (Nero)? E não é um cargo de chefes da Igreja Católica, como dizem alguns?

Que o templo do Senhor, o sacrário do Espírito Santo, o tabernáculo, e a arca da aliança são figuras da virgem Maria? Que Lutero e Calvino, não negaram o dogma da divina maternidade da Mãe de Jesus?

Você Sabia? Que houve inquisição também no protestantismo? Onde foram perseguidos as Bruxas, Cientistas e Livres Pensadores? Que o adultério era punido com a morte? Que em 1525 os protestantes saquearam e incendiaram os mosteiros católicos e assassinaram a maioria? Você Sabia que o reformador calvinista era intolerante com os pensadores da época, e mandava para a fogueira, como por exemplo: O sábio e médico Michel Servet, que descobrira a circulação do sangue?

Você Sabia? Que as procissões  Religiosas tem fundamentações Bíblicas? (Josué 3,3 ;6,4) (Números 10,33-34) etc.

Que na Bíblia acham-se reunidos textos de vários séculos, de vários autores, sobretudo trechos que pertence a diversos gêneros? Que a história de Jonas não é um fato histórico e sim uma narrativa didática que trata do diálogo travado entre Deus e Jonas, no final da narrativa ?                               

CONTATO E VENDA 
Jaime Francisco de Moura
Fone: (0xx61) 391-5024
E-mail: [email protected] e [email protected]

Para pedir o livro "As Diferenças entre Igreja Católica e Igrejas Evangélicas" (156 páginas) basta ir em uma agência dos correios e enviar por Vale Postal, o valor de R$ 17,00. O cliente deve mandar o endereço, telefone, ou e-mail  junto com o vale postal, para que seja efetuado o envio do pedido.

Dados para o vale postal

Nome: Jaime Francisco de Moura
Endereço: Chácara 01 Sul Setor Tradicional
Cidade: Brazlândia
Estado: DF
CEP: 72701-970

Facebook Comments