• Autor: Pe. Arthur W. Terminiello
  • Fonte: Livro “The 40 Questions Most Frequently Asked about the Catholic Church by Non-Catholics” (1956) / Site “Una Fides, One Faith” (http://net2.netacc.net/~mafg)
  • Tradução: Carlos Martins Nabeto

– Por que os católicos não rezam o Pai Nosso tal como se encontra nas Escrituras, com o final: “Pois Teu é o reino, o poder e a glória para sempre”?

Os católicos rezam a oração do Senhor como é encontrada nas Escrituras; e é a mesma que se encontra na SUA versão da Bíblia.

Não condenamos a Doxologia, “pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre”. É uma linda oração. No entanto, não é bíblica.

A Doxologia encontra-se na Versão do Rei Tiago [KJV], é verdade. A Versão Revisada do Rei Tiago [RKJV], no entanto, a omite e traz uma anotação marginal de que alguns manuscritos a possuem, mas que os melhores manuscritos não. Assim também, a Versão Revisada Padrão [SVR] diz na nota de rodapé de Mateus 6,13:

  • “Outras autoridades, algumas antigas, acrescentam de alguma forma: ‘porque teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém'”.

Portanto, podemos dizer que os NÃO-CATÓLICOS não estão usando o texto da Oração do Senhor encontrado nas últimas versões de sua própria Bíblia.

Por que existe uma diferença? Provavelmente essa Doxologia se deveu a uma nota marginal feita por algum copista da Bíblia na Igreja primitiva. Mais tarde, acabou entrando no texto de alguns dos manuscritos antigos.

Facebook Comments

Livros recomendados

A viagem de BediaiA Águia de Sharpe (Vol. 8)Bernardo de Claraval – Testemunha do seu tempo perante Deus