Imagens Sagradas

A Oração e a Intercessão dos Santos – Parte IV

Por John Salza

Traduzido do original em inglês, SAINTS AND INTERCESSORY PRAYER, para o Veritatis Splendor por Alessandro Lima, do site Scripture Catholic.
 
A Oração e a Intercessão aos Santos – Parte I
A Oração e a Intercessão dos Santos – Parte II
A Oração e a Intercessão dos Santos – Parte III

IV . Veneração e Honra aos Santos

Mt. 18.10 – os anjos nos céus sempre vêem a face de Deus. Nós os veneramos pela sua grande dignidade e união com Deus.

Mt. 15.04, Lucas 18.20; Ef. 6.2-3 Êxodo 20.12, Levítico. 19.3, Deut. 5.16 – nós somos instruídos a honrar nossos pai e mãe.

Lucas 1.28 – o anjo Gabriel venera Maria, declarando “Ave, cheia de graça”. O anjo celestial honra a mulher Maria, porque sua perfeição na graça supera a dos anjos.

Romanos 13.7 – estamos dando honra onde ela é devida. Quando honramos os filhos de Deus, nós honramos o próprio Deus, pois Ele é a fonte de toda a honra.

1 Coríntios. 4.16 – a mais importante forma de veneração dos santos é “imitar” os santos, como Paulo nos manda fazer.

1 Coríntios. 11.01 – novamente, Paulo diz. “Sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo.” O objetivo final de veneração é imitação.

Fil. 2.25-29 – Paulo nos ensina a honrar Epafrodito que quase morrereu pela fé. Mais ainda é a  honra devida aos santos que morreram pela fé!

Fil. 3.17 – Paulo diz a imitá-lo e a outros, que é o objetivo de veneração. Veneração não é adoração.

1 Tes. 01.06 – Paulo diz aos Tessalonicenses. “Você se tornou nossos imitadores e do Senhor.” Este é o objetivo da veneração.

2 Tessalonicenses. 03.07 – Paulo diz que os tessalonicenses devem imitá-lo e aos outros bispos.

Hebreus 3.03 – Jesus é digno de “mais” honra e glória do que Moisés. Isso não significa que os santos são dignos de nenhuma glória e honra. Em vez disso, ele prova que as pessoas santas são dignas de glória e honra além por casa da bondade de Deus.

Heb. 6.12 – o autor nos ensina a sermos imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas divinas.

Heb. 13.07 – devemos imitar a fé de nossos líderes fiéis. Nós pedimos por sua intercessão e avenerá-los por sua santidade.

Tiago 5.10-11 – Tiago nos ensina a colocar nosso coração nos exemplos dos profetas e Jó, que suportou o sofrimento.

1 Pedro 2.17 – Pedro nos ensina a honrar todos os homens, amai os irmãos, temei a Deus, honrar o imperador. E aqueles que vivem com Cristo no céu não merecem honra? Os católicos acreditam que podem honrá-los com dias de festa especiais, assim como nós honramos aqueles que vivem celebrando seus aniversários.

Gênesis 19.1 – Ló venera os dois anjos em Sodoma, curvando-se com o rosto por terra.

Gênesis 42.6 – os irmãos de José o honram com o rosto por terra. Isto é veneração, não adoração.

Êxodo 28.2 – venerar é especialmente importante para homenagear os líderes religiosos. Vestes sagradas para Arão, dão-lhe dignidade e honra.

Lev. 19.32 – também devemos honrar “a pessoa do velho.” Quando os idosos morrem em Cristo, devemos continuar a honrá-los, porque a morte não os separam de nós ou do amor de Cristo.

1 Sam. 28.14 – Saul prostrou-se com o rosto por terra em veneração ao profeta Samuel.

2 Crônicas. 32.33 – Ezequias foi homenageado em sua morte. Honramos nossos irmãos e irmãs no Senhor.

Facebook Comments

Livros recomendados

Chesterton – AutobiografiaSete Mentiras Sobre a Igreja CatólicaUm Esboço da Sanidade – Pequeno Manual do Distributismo

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.