[Leitor autorizou a publicação de seu nome no site] Nome do leitor: Flavia Fernandes de Lima
Cidade/UF: Natal – Rio Grande do Norte
Religião: Católica

Mensagem
========

PRIMEIRA PERGUNTA:
Assistindo um programa numa determinada emissora, ouvi dizer que a cantora irlandesa Sinnead O´Connor tinha sido ordenada “sacerdote” na França e que depois este fato foi denunciado ao Vaticano (eu sei que a Igreja Católica nunca ordena mulheres).
Mas essa história de que ela foi ordena ilicitamente é verdade?
Se foi verdade, quem foram os responsáveis por isso?
SEGUNDA PERGUNTA:
Posso orar pela conversão radical dela à Igreja Católica?

Prezada Flávia,

A Paz !

A cantora e compositora irlandesa Sinead O´Connor sempre teve sua vida e carreira marcada por controvérsias, como quando em 1992, ao rasgar uma foto do Papa João Paulo II no programa Saturday Night Live (programa humorístico campeão de audiência nos EUA), tornou-se alvo de críticas e protestos em todo o planeta. Teve desentendimentos com Frank Sinatra, se recusou a receber prêmios Grammy que havia ganhado, dentre outros fatos no mínimo polêmicos.Em 1999, Sinead foi ordenada “Madre Bernadette Mary” pelo Bispo Michael Cox, do grupo cismático (quer dizer que não está em comunhão com Roma, ou seja, nada tem a ver com a Santa Igreja Católica) “Igreja Católica Independente”, que desobedece a proibição quanto à ordenação de mulheres (1). Sua ordenação, portanto, não é reconhecida pela Igreja de Roma. Após a ordenação, Sinead fez uma doação de IR£150,000 (150 mil libras irlandesas) ao bispo.Em 2005, após gravar um CD de músicas influenciadas pelo ritmo reggae, Sinead declarou em entrevistas ter “se encontrado” na religião rastafári, que teria “salvado sua vida”.Em 2007, no show de Oprah Winfrey, nos EUA, Sinead confessou publicamente sofrer de transtorno bipolar, que teria sido diagnosticado em 2003. Confessou também ter tentado o suicídio no dia de seu 33º aniversário.

Frisando: A ordenação de Sinead não é reconhecida pela Igreja Católica Apostólica Romana.

Quanto a orarmos por ela, você não só pode como deve orar sempre pela conversão dos pecadores, pois uma das obras de misericórdia espirituais é rogar a Deus pelos vivos e pelos mortos.Abraço e fique com Deus,

Maite Tosta

Ad Majorem Dei Gloriam
†Pro Veritas et Pro Ecclesia

(1) – Em 22/05/1994 com a carta Ordinatio Sacerdotalis o Papa João Paulo II definiu Ex Cátedra a questão da proibição da ordenação de mulheres: “Portanto, para que seja excluída qualquer dúvida em assunto da máxima importância, que pertence à própria constituição divina da Igreja, em virtude do meu ministério de confirmar os irmãos (cfr Lc 22,32), declaro que a Igreja não tem absolutamente a faculdade de conferir a ordenação sacerdotal às mulheres, e que esta sentença deve ser considerada como definitiva por todos os fiéis da Igreja.” (AQUINO, Felipe. O Magistério da Igreja (Escola da Fé III).2ª ed. Lorena-SP: Cléofas, 2001,p.120; PR nº 381/1994, p.67-72).

Facebook Comments

Livros recomendados

Bernardo de Claraval – Testemunha do seu tempo perante DeusJosé, o silenciosoA presa de Sharpe (Vol. 5)