Sim, basta apreciar com atenção as profecias messiânicas: o Messias é chamado “Filho de Deus”, ou apenas “Deus”, apontando para a sua natureza divina; por outro lado, é chamado “Filho de Davi”, realçando sua natureza humana; por fim, é chamado de “Emanuel”, que significa “Deus conosco”, demonstrando a união dessas duas natureza em uma só pessoa (cf. 1Crônicas 17,13; Salmo 2,7; 88,27; Isaías 5,50; 8,13-14; 9,6; 11,1; 35,4; 54,5 etc.).

Facebook Comments

Livros recomendados

O Diabo na HistóriaA cólera dos imbecis – Cartas de um terráqueo ao Planeta Brasil – Volume XRecordações sobre Mons. Escrivá