A interpretação autêntica do depósito da fé compete exclusivamente ao Magistério vivo da Igreja, isto é, ao Sucessor de Pedro – o Bispo de Roma – e aos Bispos em comunhão com ele. Ao Magistério que, no serviço da Palavra de Deus, goza do carisma certo da verdade, compete ainda definir os dogmas, que são formulações das verdades contidas na Revelação divina; tal autoridade estende-se também às verdades necessariamente conexas com a Revelação.

Facebook Comments

Livros recomendados

Meditações para a Páscoa e PentecostesReligião: Ópio do Povo?Retratos do Império