Meu irmão Marcus Pimenta, que a paz de Cristo esteja com você.

Visitei o site pela primeira vez, tenho cada vez mais lido sites católico, livros, etc., tudo que fale sobre a nossa igreja.

Tenho muita sede de Deus…

Mas meu querido irmão não poderia ler o que foi escrito sobre o PT e ficar calada, o mundo possui governantes, até que toda criatura da terra seja evangelizada, o mundo é governado, é assim, era assim quando nosso senhor nasceu. Sempre governado por pessoas erradas, pessoas que sempre beneficiaram poucos enquanto a grande maioria (os pobres) sofrem com toda a opressão.

Fernando Henrique (PSDB) governou por 8 anos, tantas empresas foram embora, quantas pessoas desempregadas, etc., na minha família várias ficaram sem emprego.

O Lula governa por 2 anos, assista os Jornais e veja a maior taxa de crescimento de emprego nos ultimos 10 anos, menor índice de analfabetos, etc. (Quem é rico pouco importa, tem dinheiro para pagar os estudos, pode viajar, come muito bem. E gracas a Deus existem pessoas que tem a vida com todo conforto, Deus não condena isso, desde que seja dinheiro honesto, o que manda é a humildade do coracao).

Não sei Marcus se na sua vida você teve problemas financeiros, como tanta gente tem, e para essas pessoas ter alguém que governe para o Povo é muito bom.(Eu gracas a Deus nunca me faltou nada, mas tenho muita dó daqueles que não tem).

O mundo está do jeito que está por culpa nossa mesma, Deus é o nosso criador, o nosso pai, ele nos ama, e quando toda criatura amar a Deus sobre todas as coisas não precisaremos mais rezar para termos pessoas justas no poder, porque isso Marcus faz a diferenca para muita gente pobre nos dias de hoje.

Eu sinceramento não entendo quando vejo pessoas cristãs, pessoas esclarecidas, pessoas que com toda certeza ama ao próximo, dizer que como você mesmo disse não temos só a esquerda e eu te digo não temos só a direta.

Eu não condeno a Direita, rezo por eles, porque todos nós nos justificaremos um dia a Deus, e aí dos que governam, e fazem os filhos de Deus passar fome, sentir frio, comer lixo, dormir nas ruas…

Rezo pelo PT não são os tais, são os que eu acho tem mais boa vontade com os pobres, que o Lula (que é católico), Deus o abencõe que ele possa contribuir para o nosso país com a bencão de Deus, para que pelo menos algumas pessoas possam ter uma vida um pouquinho mais digna.

Fora o comentário acima parabéns pelo site, que Deus abencõe todos, existem tantas pessoas que precisam ser evangelizadas, conhecer a igreja, a palavra de Deus…

Fique com Deus Marcus.

Sandra Regina de Lana Neves.

Resposta

Caríssima em Cristo, Sandra: salve Maria.

Apraz-me enormemente receber sua carta. Obrigado pôr incluir-me na fraternidade de uma amizade sincera e verdadeira, anelada no coração de Cristo Jesus. Que Deus retribua em cêntuplo todo o bem que a mim desejas.

Obrigado também pelas palavras elogiosas destinas ao nosso Apostolado: essa é a boa paga que sempre desejamos alcançar. Falo aqui em nome de todos, como S. Paulo: ” O que busco não é fruto para mim, mas dadiva para vos”. Vamos a sua carta.

Digníssima, espero que as minhas palavras não sejam duras para ti: não é fel o que proponho, mas o mel; mesmo que seja um tanto amargo de inicio…

Espero que não me tomes pôr um soberbo que se arroga no direito de “dizer o que acha” ou que “expresse a sua opinião”. Todo e qualquer dialogo deve ser pautado na busca pela verdade. Não podemos nos aferrar a “pontos de vista”.

Objetividade, clareza, concisão e verdade é o que buscamos sempre em nossa vida. Não se trata de relativizar o absoluto: não podemos negar que a subjetividade existe e é necessária, mas a objetividade é igualmente verdadeira, real e tem forca obrigante.

Vejo na sua carta que ela encerra a questão apontando algumas “conquistas” que o PT alega como “triunfos”, e mostra “um passado de lutas em favor dos pobres” como insigneas distintivas e honrosas que o capacitam para tudo conformar.

Diz, até, os “recentes sucessos econômicos” como indicadores de “trabalho bem feito e certo”. Mais a frente nos mostra aquela velha polarização entre ricos e pobres e que os primeiros tem uma certa aura de perversidade e os segundos um certo odor de santidade; entre “esquerda/direita” ainda com os primeiros sendo “os bons” e os segundos “os maus”.

Um pouco mais alem, nos mostra sofrimentos que poderiam “forjar” a alma.

Fala-nos dos governos e suas “intrínsecas perversidades”.

Mostra-nos a sua sincera preocupação e rogo para o bem andar das coisas temporais.

Ha um aspecto decisivo de sua missiva que mais me chamou a atenção: a minha “cegueira”, apesar dos meus “conhecimentos”, de que tudo o que falei é errado e o PT é a “encarnação da justiça”.

Um outro ponto decisivo: você afirma que “Lula é católico”.

Minha irmã amada em Cristo me desculpe, mas estás completamente equivocada em todas as suas alegações!!! Seu discurso está completamente viciado com todos os jargões, com todos os lugares comuns, com todos os “pontos de vista”, com toda a ideologia reinante nesse nosso pais.

Peco-vos, minha irmã, que pondere naquilo que vou lhe falar: desconfie da unanimidade. Hoje (e só hoje!) vemos que a sociedade e seus membros são um coro em uníssono que repete, como um disco arranhado, as mesmas palavras-de-ordem do cabedal esquerdista. Por nos sentirmos confortáveis num ambiente de ressonâncias, num ambiente de ecos, onde todos repetem as mesmas coisas – conheces alguém que é contra o PT? – sentimo-nos como que senhores de uma verdade arquiconhecida e compartilhada, como detentores dessa verdade comum, de algo que nos “irmana”. Stálin já nos falava: ninguém acredita numa verdade, mas se a martelarmos incessantemente ela acaba como que “entrando pêlos poros” e se firmando na consciência.

Esse “congraçamento de espelhos” onde cada um é o reflexo do outro, num macabro jogo de duplos é o que se chama de sociedade de massa ou “massa de manobra”, onde todos são repetições mais ou menos uniformes de um mesmo molde: o molde esquerdista, onde no coração e na mente de cada “cidadão” germina uma “rosa socialista” – uma sinistra e perversa caricatura da Rainha das Rosas, a Senhora do Rosário: Maria.

Ha uma sentença basilar de Georges Bernanos: “Nunca desconfiamos o suficiente de nos mesmos”.
Algumas explicações complementares seriam por demais longas e demoradas e este pequeno espaço não seria suficiente e adequado para tal. Deixo-vos duas indicações de leitura. Uma delas é O Século Do Nada, de Gustavo Corçao: aborda com maestria todos os aspectos de que precisas saber sobre o tema. Um outro seria, do mesmo autor, Dois Amores – Duas Cidades: estudo apurado das origens dessa “interpretação sinistra” (no sentido de “esquerda”) dos fatos.

Duas ultimas considerações: Lula não é católico, se o fosse não faria pacto com “instituições” (“entidades”, “partidos”, “organizações”) guerrilheiras, terroristas e traficantes no Foro de São Paulo; não promoveria o crime com “desculpas sociais”; não afrontaria o povo com mentiras sobre “aborto”, “homossexualidade”, “economia”, “direito”, “reforma agraria” etc; não faria “acordos com nações amigas” como Cuba, China, Síria, Sudão, Líbia e demais países com francas ações escusas; não afrontaria todas as doutrinas sociais da Igreja nem elevaria a categoria de “santo” um assassino; não seria adepto de uma ideologia anti-cristã e anti-humana.

Caríssima Sandra, recomendo enfaticamente o texto de nosso irmão Rafael Vitola (https://www.veritatis.com.br/article/3015) que aborda de maneira simples, porem clara, consistente e incisiva as bases da verdadeira, Sã e Santa Doutrina da Igreja sobre o tema.

É com viva, sincera, profunda e verdadeira amizade que lhe escrevo essas linhas. Mais uma vez lhe falo: minha querida irmão em Cristo medite naquilo que lhe expus aqui e volte a falar comigo, se assim desejares. Deixo aqui o meu e-mail ([email protected]) caso quiseres se corresponder comigo para um proveitosa conversa entre irmãos.

Que a paz do Senhor esteja sempre contigo, minha irmã.

Nos corações de Jesus, Maria e José;

Facebook Comments