“O Evangelho [de hoje] traz a perícope da Anunciação do Senhor (Lucas 1,26-38), [enquanto que] a leitura veterotestamentária (Gênesis 3,9-15[.20]) contém, juntamente com a sentença pronunciada contra a serpente, também o chamado ‘Protoevangelho’ (ou seja: ‘1º Evangelho’), segundo o qual haveria inimizade entre a serpente e a mulher e entre a descendência desta e a daquela (…) Muitos Padres [primitivos] da Igreja viram aqui a promessa segundo a qual Cristo vencerá o poder do Maligno.

O Salmo Responsorial 97[98] retoma essa interpretação histórico-salvífica, ao convidar-nos: ‘Cantai ao Senhor um cântico novo, pois Ele fez maravilhas’.

A 2ª Leitura exalta o dom da ação salvífica de Deus com as palavras da Carta aos Efésios 1,3-6.11-20 e, nestas palavras, pensa-se implicitamente também na cooperação de Maria na obra da Salvação” (Adolf Adam. “O Ano Litúrgico”. Ed. Paulinas, 1ª ed., 1982, p.206).

Facebook Comments

Livros recomendados

A Hora das HidroviasEsta Poesia e Mais OutraAnunciar o Evangelho – Mensagens aos Catequistas