A misericórdia penetra no nosso coração só se também nós soubermos perdoar até aos nossos inimigos. Ora, mesmo que ao homem pareça impossível satisfazer esta exigência, o coração que se oferece ao Espírito Santo pode, como Cristo, amar até ao extremo do amor, mudar a ferida em compaixão, transformar a ofensa em intercessão. O perdão participa da misericórdia divina e é um vértice da oração cristã.

Facebook Comments

Livros recomendados

Édipo MiméticoPolitização da Bíblia – As raízes do Método Histórico-Crítico e a secularização da Escritura (1300-1700)Retratos do Império