O homem deve tratar os animais, criaturas de Deus, com benevolência, evitando quer o amor excessivo para com eles, quer o seu uso indiscriminado, sobretudo para experiências científicas efetuadas para lá dos limites razoáveis e com sofrimentos inúteis para os próprios animais.

Facebook Comments

Livros recomendados

Santa Francisca RomanaUma Visita ao Santíssimo Sacramento (Canção Nova)A Educação Superior e o Resgate Intelectual – O Relatório de Yale de 1828