Todos – seguindo Cristo, modelo de castidade – são chamados a levar uma vida casta, segundo o próprio estado de vida:

– uns na virgindade ou no celibato consagrado, forma eminente de uma mais fácil entrega a Deus com um coração indiviso;

– os outros, se casados, vivendo a castidade conjugal;

– os não casados vivem a castidade na continência.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Selva – Sobre o SacerdócioO Diabo na HistóriaA importância de ser prudente