O Espírito Santo, Mestre interior da oração cristã, forma a Igreja para a vida de oração e a faz entrar cada vez mais profundamente na contemplação e na união com o insondável mistério de Cristo. As formas de oração, tais como as revelam os Escritos apostólicos e canônicos, permanecerão sempre normativas para a oração cristã.

Facebook Comments

Livros recomendados

A importância de ser prudenteA presa de Sharpe (Vol. 5)Laques – Eutífron – vol. 6