No plano internacional, todas as nações e instituições devem atuar na solidariedade e na subsidiariedade, com vista a eliminar, ou pelo menos reduzir:

– a miséria;

– a desigualdade dos recursos e dos meios econômicos;

– as injustiças econômicas e sociais;

– a exploração das pessoas;

– o acúmulo da dívida dos países pobres; e

– os mecanismos perversos que criam obstáculos ao progresso dos países menos desenvolvidos.

Facebook Comments

Livros recomendados

O capital: Livro 1 – O processo de produção do capital (Vol. 2)Estudos sobre o amorConfirmação (Coleção Sacramentos)