É muito comum abreviarmos os nomes dos livros da Bíblia para facilitar a citação e fazer referência a determinadas passagens. Em geral, os católicos adotam os seguintes elencos de abreviaturas:

I) ANTIGO TESTAMENTO:

  • 1) Livros de Moisés/Pentateuco:
    – Gn./Gên. – Livro do Gênesis
    – Êx. – Livro do Êxodo
    – Lv./Lev. – Livro do Levítico
    – Nm./Núm. – Livro dos Números
    – Dt./Deut. – Livro do Deuteronômio
  • 2) Livros Históricos:
    – Js./Jos. – Livro de Josué
    – Jz. – Livro dos Juízes
    – Rt./Rut. – Livro de Rute
    – 1Sm./1Sam. – 1º Livro de Samuel
    – 2Sm./2Sam. – 2º Livro de Samuel
    – 1Rs. – 1º Livro dos Reis
    – 2Rs. – 2º Livro dos Reis
    – 1Cr./1Crôn. – 1º Livro das Crônicas
    – 2Cr./2Crôn. – 2º Livro das Crônicas
    – Esd. – Livro de Esdras
    – Ne. – Livro de Neemias
    – Tb./Tob. – Livro de Tobias
    – Jt./Jdt. – Livro de Judite
    – Est. – Livro de Ester
    – 1Mc./1Mac. – 1º Livro dos Macabeus
    – 2Mc./2Mac. – 2º Livro dos Macabeus
  • 3) Livros Sapienciais/Poéticos:
    – Jó – Livro de Jó
    – Sl./Sal. – Livro dos Salmos
    – Pr./Prov. – Livro dos Provérbios
    – Ecl. – Livro do Eclesiastes
    – Ct./Cânt. – Cântico dos Cânticos (ou Cantares de Salomão)
    – Sb./Sab. – Livro da Sabedoria
    – Eclo./Sir. – Livro do Eclesiástico ou Sirácida
  • 4) Livros Proféticos:
    a) Profetas Maiores:
    – Is. – Livro de Isaías
    – Jr./Jer. – Livro de Jeremias
    – Lm./Lam. – Livro das Lamentações
    – Br./Bar. – Livro de Baruc
    – Ez. – Livro de Ezequiel
    – Dn./Dan. – Livro de Daniel
    b) Profetas Menores:
    – Os. – Livro de Oseias
    – Jl. – Livro de Joel
    – Am. – Livro de Amós
    – Ab. – Livro de Abdias
    – Jn./Jon. – Livro de Jonas
    – Mq./Miq. – Livro de Miqueias
    – Na. – Livro de Naum
    – Hab. – Livro de Habacuc
    – Sf./Sof. – Livro de Sofonias
    – Ag. – Livro de Ageu
    – Zc./Zac. – Livro de Zacarias
    – Ml./Mal. – Livro de Malaquias

II) NOVO TESTAMENTO:

  • 1) Livros Históricos:
    a) Evangelhos:
    – Mt./Mat. – Evangelho segundo Mateus
    – Mc./Marc. – Evangelho segundo Marcos
    – Lc./Luc. – Evangelho segundo Lucas
    – Jo. – Evangelho segundo João
    b) Atos:
    – At. – Atos dos Apóstolos
  • 2) Epístolas:
    a) Epístolas Paulinas:
    – Rm./Rom. – Epístola aos Romanos
    – 1Cor. – 1ª Epístola aos Coríntios
    – 2Cor. – 2ª Epístola aos Coríntios
    – Gl./Gál. – Epístola aos Gálatas
    – Ef. – Epístola aos Efésios
    – Fl./Fil./Flp. – Epístola aos Filipenses
    – Cl./Col. – Epístola aos Colossenses
    – 1Ts./1Tes. – 1ª Epístola aos Tessalonicenses
    – 2Ts./2Tes. – 2ª Epístola aos Tessalonicenses
    – 1Tm./1Tim. – 1ª Epístola a Timóteo
    – 2Tm./2Tim. – 2ª Epístola a Timóteo
    – Tt./Tit. – Epístola a Tito
    – Fm./Flm. – Epístola a Filemon
    – Hb./Heb. – Epístola aos Hebreus
    b) Epístolas Católicas/Gerais/Universais:
    – Tg./Tiag. – Epístola de Tiago
    – 1Pd./1Ped. – 1ª Epístola de Pedro
    – 2Pd./2Ped. – 2ª Epístola de Pedro
    – 1Jo. – 1ª Epístola de João
    – 2Jo. – 2ª Epístola de João
    – 3Jo. – 3ª Epístola de João
    – Jd./Jud. – Epístola de Judas
  • 3) Livro Profético:
    – Ap./Apoc. – Apocalipse de João

Como não existe duas abreviações iguais, não só sabemos ao certo a qual livro em específico uma abreviação se refere, como também sabemos se tal livro pertence ao cânon do Antigo Testamento ou do Novo Testamento.

Desse modo, quando quisermos citar, p.ex., a Primeira Epístola aos Tessalonicenses, que pertence ao Novo Testamento, basta escrevermos a abreviação “1Ts.” ou “1Tes.”

A seguir, informamos o capítulo. P.ex., “1Tes. 2” significa “Primeira Epístola aos Tessalonicenses, capítulo 2”.

Para fazermos citações ou darmos referências mais detalhadas, envolvendo capítulos e versículos, usamos alguns sinais de pontuação de fácil memorização:

  • A “vírgula” (,) separa os versículos do capítulo. P.ex.: “Mat. 16,18” significa “Evangelho segundo Mateus, capítulo 16, versículo 18”.
  • O “hífen” (-) ou “travessão” (–) apresenta uma sequência de capítulos e/ou versículos. P.ex.: “At. 1-2” significa “Atos dos Apóstolos, capítulos 1 e 2” (por inteiro); “Êx. 15,2-5” significa “Livro do Êxodo, capítulo 15, versículos de 2 à 5”; e “Mat. 2,10-3,5” significa “Evangelho de Mateus, do capítulo 2, versículo 10 até o capítulo 3, versículo 5”. Em algumas Bíblias, livros e folhetos litúrgicos, o travessão (–) é empregado de modo diverso do hífen (-): aquele separa uma sequência de dois ou mais capítulos (p.ex.: At. 1–2; Mat. 2,10–3,5) enquanto este separa apenas uma sequência de versículos de um determinado capítulo (p.ex.: Êx. 15,2-5).
  • O “ponto” (.) apresenta capítulos e/ou versículos citados isoladamente. P.ex.: “1Crôn. 1.3” significa “Primeiro Livro das Crônicas, capítulos 1 e 3” (capítulos 1 e 3 integralmente, excluindo porém o capítulo 2); e “Is. 32,1.4.6” significa “Livro do Profeta Isaías, capítulo 32, versículos 1, 4 e 6” (excluindo os versículos 2, 3 e 5).
  • O “ponto e vírgula” (;) dispõe capítulos e versículos isolados uns dos outros, mas pertencentes a um mesmo livro. P.ex.: “Jo. 3,23-25; 6,1-4” significa “Evangelho segundo João, capítulo 3, versículos de 23 à 25 e capítulo 6, versículos de 1 à 4”.
  • Algumas citações e referências bíblicas usam “s.” e “ss.” após o número do capítulo e/ou versículo; o “s.” significa “seguinte” e o “ss.”, “seguintes”. São usados para simplificar, ainda mais, uma determinada citação/referência, abraçando respectivamente dois ou três capítulos e/ou versículos de uma só vez. P.ex.: “Rom. 2,5s.” significa “Epístola aos Romanos, capítulo 2, versículos 5 e 6 (isto é, abrange dois versículos: o 5 e o seguinte). P.ex.: “Apoc. 6,7ss.” significa “Livro do Apocalipse, capítulo 6, versículos de 7 à 9” (isto é, abrange três versículos: o 7 e os dois seguintes); “Tiag. 1s.” significa “Epístola de Tiago, capítulos 1 e 2” (ou seja, o capítulo 1 e o seguinte, integralmente).

Com base nestes sinais e abreviações podemos montar e citar, de forma bem resumida, numa única linha, qualquer passagem bíblica, por mais complexa que seja. P. ex.: “Lev. 1,12-15.20; 3,2s; Mc. 1,3ss.10; 2Cor. 3-5” significa, respectivamente:

  • “Livro do Levítico, capítulo 1, versículos de 12 à 15 e o versículo 20; ainda no mesmo Livro do Levítico, capítulo 3, versículos 2 e 3.”
  • “Evangelho segundo Marcos, capítulo 1, versículos de 3 à 5 e o versículo 10.”
  • “Segunda Epístola aos Coríntios, capítulos de 3 à 5.”

Uma observação final: é normal encontrarmos referências bíblicas de origem protestante com algumas pontuações diferentes das descritas acima. Por esta razão, é interessante observarmos como eles costumam empregá-las:

  • “Dois pontos” (:) ou “ponto” (.) equivalem à nossa “vírgula” (,) separando os capítulos dos versículos; p.ex.: Mat. 16:16 ou Mat. 16.16 = Mat. 16,16.
  • “Vírgula” (,) equivale ao nosso “ponto” (.) separando versículos ou capítulos isolados; p.ex.: Is. 32:1,4,6 ou Is. 32.1,4,6 = Is. 32,1.4.6.

Agora, não há mais como errar ou deixar de entender! 🙂

Facebook Comments

Livros recomendados

O Homem EternoOs Males da AusênciaAsterix gladiador