Ao anunciar a Maria que ela conceberia do Espírito Santo, o Arcanjo Gabriel (cf. Lucas 1,30-33) afirma expressamente que Jesus receberá “o trono de Davi, seu pai” e que reinaria para sempre sobre Jacó e o seu Reino não terá fim.

É de se notar que o Arcanjo não diz simplesmente que Jesus “será Rei”, mas que “receberá o trono de Davi”; com efeito, ocorrido o Seu nascimento, de fato recebeu este trono, de modo que certamente manteve a mesma disposição e estrutura originais de Davi, seu predecessor.

Facebook Comments

Livros recomendados

José, o silenciosoA morte felizCarta Aberta Aos Católicos Perplexos