Conversões de protestantes ao Catolicismo na Alemanha

 

O movimento Comunhão e Libertação é um movimento eclesial fundado pelo padre Luigi Giussani. na cidade de Milão, na década de 60. Depois de ter-se difundido rapidamente por toda a Itália, hoje está presente em cerca de setenta países em todos os continentes.Tem contribuído bastante nas conversões de jovens ateus e também protestantes.

Martina, enfermeira, trabalha no hospital de Landshut, na periferia de Munique, o mesmo hospital em que Andreas é médico. De família protestante, há muito tempo percebia que a fé não tinha a ver com a vida, e já abandonara a Igreja evangélica. Andreas lembra assim aquele período: ?Martina começou a vir à Escola de Comunidade, a levar o texto a sério, até mais do que nós. Fazia perguntas sem parar, mesmo com os preconceitos próprios da mentalidade protestante em relação à Igreja, mas tinha sempre o desejo de entender até o fundo: ela se dava conta de que os preconceitos não tinham a ver com os rostos que encontrara, e por isso, continuou a aprofundar o relacionamento conosco com essa pergunta sincera, sem pôr limites, sem decidir primeiro como a história deveria acabar. Depois, veio às férias do Movimento, e então entrou para a Igreja Católica e batizou seus filhos também?.

Gisela, estudante de italiano na Universidade para estrangeiros de Perúgia, conhecera um grupinho de universitários de CL. ?Eu era de família protestante, mas fiquei impressionada, porque aqueles rapazes eram eles mesmos em todos os momentos da vida: na família, na universidade, na sociedade. Encontrei padre Ciccio e lhe contei meu desejo de abandonar os ensinamentos de Lutero e me tornar católica. Vinte e cinco anos depois, ainda me lembro da sua resposta: ?O que você encontrou não é só para os católicos, mas para todas as religiões e todas as culturas?. Gisela estudou Teologia com seu marido Sepp, é mãe de cinco filhos e tem presença marcante na paróquia da cidade em que mora.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Minha IgrejaPoesia Reunida: 1985-1999Carta Aberta Aos Católicos Perplexos