É muito fácil ser cristão no Brasil. As coisas são muito cômodas, tudo muito molenga. Até dá para ganhar um dinheirinho fingindo representar os cristãos para depois apunhalá-los pelas costas, com leis e projetos que vão contra a vontade de quem os elegeu. Em outros lugares, no entanto, a fé custa a vida. Aprendamos com esses irmãos que sofrem pelo Amor de Nosso Senhor Jesus Cristo.

1. Cristãos protestantes são mortos em ataque muçulmano a uma assembleia na Nigéria. Em ataque terrorista, acontecido em julho, cinquenta (50) cristãos protestantes foram queimados vivos em ação de um grupo fundamentalista islâmico, o Boko Haram. O objetivo da ação é tornar o país mais uma nação a ser governada pela sharia, a lei islâmica que une o poder político ao poder religioso. Oremos por nossos irmãos de fé, para que permaneçam fiéis a Nosso Senhor Jesus Cristo, o primeiro entre os Mártires do Amor.

2. Segundo o Cardeal Timoty Dolan, de Nova York, 150.000 cristãos são mortos por ano, por causa da fé que professam. Sim, os cristãos são o grupo mais perseguido no mundo. Morre-se muito mais por ser cristão que por qualquer outra causa.

3. Em 2011, um jornal italiano noticiou que a população cristã do Iraque diminuiu em 400 mil. Desde a Guerra do Golfo, 1991, a quantidade de cristãos no Iraque tem despencado, segundo o jornal. O mesmo acontece em outras nações, onde a “Primavera Árabe” tem acontecido. Aliás, para quem mora nesses países, não se trata de “Primavera”, como noticia a imprensa “engajada”. Quem mora nos países muçulmanos levanta suspeitas acerca da tal “primavera”.

Facebook Comments

Livros recomendados

Paixão por vencerDesconstruindo Paulo FreireÉdipo Mimético