Congregação para a Doutrina da Fé
DECRETO DE EXCOMUNHÃO DE ALGUMAS MULHERES “ORDENADAS” POR UM BISPO CISMÁTICO

PREMISSA DO DECRETO DE EXCOMUNHÃO

Com o fim de dissipar qualquer dúvida acerca do estado canónico do bispo Rómulo António Braschi, que atentou conferir a ordenação sacerdotal a senhoras católicas, a Congregação para a Doutrina da Fé (cf. ed. port. de L’Oss. Rom. de 13 de Julho de 2002, pág. 12) julga oportuno confirmar que ele, como cismático, já tinha incorrido na excomunhão reservada à Sé Apostólica.

DECRETO DE EXCOMUNHÃO

Em referência ao avisado pôr esta Congregação no passado dia 10 de Julho, publicado no dia seguinte, e considerado que até à data fixada do dia 22 de Julho de 2002 as Senhoras Christina Mayr-Lumetzberger, Adelinde Theresia Roitinger, Gisela Forster, Íris Muller, Ida Raming, Pia Brunner e Ângela White não manifestaram nenhum sinal de reconhecimento e de arrependimento pelo gravíssimo delito por elas realizado, este Dicastério, em obediência a tal aviso, declara que as sobreditas senhoras incorreram na excomunhão reservada à Sé Apostólica com todos os efeitos estabelecidos no cân. 1331 CIC.

Ao cumprir esta intervenção obrigatória, a Congregação confia que elas, ajudadas pela graça do Espírito Santo, possam encontrar o caminho da conversão para o retorno à unidade da fé e à comunhão com a Igreja que romperam com o seu gesto.

Roma, sede da Congregação para a Doutrina da Fé, 5 de Agosto de 2002.

Joseph Card. RATZINGER
Prefeito

D. Tarcísio BERTONE, S.D.B.
Secretário

Facebook Comments