Espaço do Leitor

Diferenças na numeração dos versículos do eclesiástico

Boa tarde, meus irmãos. A paz de Jesus.
Estava fazendo um estudo e me deparei com uma diferença nos versículos do capítulo 31 de Eclesiástico. As Bíblias CNBB, Ave Maria e Jerusalém se convergem mas a Pastoral não. A diferença está entre a tradução da versão dos LXX e Hebraica? Vocês poderiam me esclarecer esta questão?
Um grande abraço a todos e que Deus sempre os abençoe. Adilson Lopes

Prezado Adilson,

Pax Domini!

De fato, a divergência de versículos no livro do Eclesiástico não ocorre apenas no capítulo 31, mas em diversos outros também.

Tal divergência se explica pelas antigas traduções que foram recepcionadas oficialmente pela Igreja: a grega (LXX) [texto mais breve] e a latina (Vulgata) [texto mais longo].

Acerca disso, a “Introdução ao livro do Eclesiástico (Sirácida)” constante na “Bíblia Sagrada – Tradução da CNBB” traz uma importante observação, que reproduzo abaixo:

“A NV [=Nova Vulgata] integra as leituras do texto ‘longo’ grego e das antigas versões latinas; algumas dessas leituras parecem mais garantidas que o texto clássico (‘breve’) da Septuaginta, enquanto outras parecem glosas moralizantes ou espiritualizantes, rompendo inclusive o equilíbrio da frase. De toda maneira, na ausência de uma reconstituição convincente do texto original, parece valioso apresentar ao leitor todos esses elementos”.

E ainda:

“A Nova Vulgata (NV), como a antiga [Vulgata] (de S. Jerônimo), incorpora versículos encontrados nas antigas versões, mas ausentes do texto comumente aceito da Septuaginta (LXX), de modo que a numeração latina excede a da LXX”.

A Bíblia de Jerusalém, que adota a dupla numeração dos versículos, aponta, porém, que as “adições” de alguns versículos figuram também em um grupo de manuscritos gregos, designado pela sigla “Grego 248” (cf. nota “h” de Eclo. 1,6).

Geralmente, esses “versículos adicionais” são indicados expressamente ao leitor através do emprego de fontes grafadas em itálico ou entre colchetes [].

Esperamos, assim, ter ajudado a esclarecer a sua dúvida.

[]s
Fique com Deus
Carlos Nabeto


Livros recomendados

Sete Mentiras Sobre a Igreja Católica1964 — O ELO PERDIDO – O Brasil nos arquivos do serviço secreto comunistaO Último Exorcista





About the author

Veritatis Splendor