Doutrina Social

Dossiê sobre socialismo, teologia da libertação e doutrina social da igreja

O socialismo foi condenado pela Igreja por seu supremo Magistério. É uma doutrina política incompatível com a fé católica. Ainda quando mitigada, ensinam os Papas, continua a ser absolutamente contrária à verdade, devendo ser repudiada por todo católico fiel ao Santo Padre e ao Magistério da Igreja.

 

Por sua vez, a Teologia da Libertação é uma tentativa de cristianizar o socialismo, infrutífera, e igualmente rejeitada pelos Papas, uma vez que atinge justamente o contrário: tenta esquerdizar o catolicismo. Propõe uma releitura dos dogmas (o que é influência da heresia modernista), utiliza métodos contrários à filosofia perene (como o historicismo e a dialética marxista), possui uma compreensão da doutrina e da própria essência da Igreja totalmente equivocada.

 

Coletamos aqui alguns importante subsídios para o estudo desses temas à luz da Doutrina Social da Igreja.

 

Documentos do Magistério Social e Político, e que tracem linhas de espiritualidade cristã com aplicações no terreno da cultura, da sociedade, da política tendo em vista o Reinado de Cristo na esfera temporal, contrariando, pois, as teses socialistas:

 

Beato Pio IX

Quanta Cura (8 de dezembro de 1864), sobre o comunismo, o socialismo e o protestantismo

 

Leão XIII

Humanum Genus (20 de abril de 1884), sobre a Maçonaria

Immortale Dei (1° de novembro de 1885), sobre a constituição cristã dos Estados

Inscrutabili Dei Consilio (21 de abril de 1878), sobre os males da sociedade moderna, suas causas e seus remédios

Libertas Praestantissimum (20 de junho de 1888), sobre a liberdade e o liberalismo

Quod Apostolici Muneris (28 de dezembro de 1878), sobre o socialismo – em inglês

Rerum Novarum (15 de maio de 1891), sobre a condição dos operários

Sapientiae Christianae (10 de janeiro de 1890), sobre os cristãos como cidadãos – em inglês

Tametsi Futura Prospicientibus (1 de novembro de 1900), sobre Jesus Cristo Redentor – em inglês

 

São Pio X

E Supremi (4 de Outubro de 1903), sobre a restauração de todas as coisas em Cristo Rei – em inglês

Il Fermo Proposito (11 de Junho de 1905), sobre a ação católica na Itália – em inglês

Vehementer Nos (11 de Fevereiro de 1906), sobre a lei francesa de separação entre Igreja e Estado – em inglês

 

Bento XV

Pacem, Dei Munus Pulcherrimum (23 de Maio de 1920), sobre a restauração cristã da paz – em espanhol

 

Pio XI

Acerba Animi (29 de Setembro de 1932), sobre a perseguição da Igreja no México – em inglês

Divini Illius Magistri (31 de Dezembro de 1929), sobre a educação cristã da juventude

Divini Redemptoris (19 de Março de 1937), sobre o comunismo

Mit Brennender Sorge (14 de Março de 1937), sobre a Igreja no Reich alemão – em inglês

Nos Es Muy Conocida (28 de Março de 1937), sobre a situação religiosa no México – em inglês

Quadragesimo Anno (15 de Maio de 1931), sobre a restauração e aperfeiçoamento da ordem social em conformidade com a lei evangélica, no XL aniversário da Encíclica de Leão XIII “Rerum Novarum”

Quas Primas (11 de Dezembro de 1925), sobre a festa de Cristo Rei – em espanhol

Ubi Arcano Dei Consilio (23 de Dezembro de 1922), sobre a paz de Cristo no Reino de Cristo – em inglês

 

Pio XII

Dum maerenti animo (29 de junho de 1956), sobre a perseguição religiosa na Europa Oriental – em italiano

Sacro vergente anno (7 de julho de 1952), sobre a consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria – em italiano

Cupimus imprimis (18 de janeiro de 1952), sobre a Igreja Católica na China – em italiano

Ad Apostolorum Principis (29 de Junho de 1958), sobre a Igreja Católica na China

Ad Caeli Reginam (11 de Outubro de 1954), sobre a realeza de Maria e a instituição de sua festa

Anni Sacri (12 de Março de 1950), sobre a oração cristã e a concórdia entre os povos

Haurietis Aquas (15 de Maio de 1956), sobre o culto do Sagrado Coração de Jesus

Humani Generis (12 de Agosto de 1950), sobre as opiniões falsas que ameaçam a doutrina católica

Meminisse Iuvat (14 de Julho de 1958), sobre a paz no mundo e a liberdade da Igreja

Mirabile Illud (6 de Dezembro de 1950), sobre a concórdia entre os povos

Optatissima Pax (18 de Dezembro de 1947), sobre as orações públicas para a pacificação dos povos

Quemadmodum (6 de Janeiro de 1946), sobre a assistência às crianças indigentes

Summi Maeroris (19 de Julho de 1950), sobre um novo pedido de orações pela paz e concórdia entre os povos

Summi Pontificatus (20 de Outubro de 1939), sobre o programa de seu pontificado

* existem os discursos desse Papa ao Patriciado e à Nobreza Romana, e que são excelentes lições de Doutrina Social da Igreja; podem ser encontrados, com comentários em:

http://www.pliniocorreadeoliveira.info/livros/1993-Livro-da-Nobreza.zip

 

 

Beato João XXIII

Mater et Magistra (15 de maio de 1961), sobre a evolução da questão social à luz da doutrina cristã

Pacem in Terris (11 de abril de 1963), sobre a paz de todos os povos na base da verdade, justiça, caridade e liberdade

 

Concílio Ecumênico Vaticano II

Gaudium et Spes (7 de dezembro de 1965), sobre a Igreja no mundo de hoje

 

Paulo VI

Evangelii Nuntiandi (8 de dezembro de 1975), sobre a evangelização no tempo presente

Octogesima Adveniens (14 de maio de 1971), sobre o LXXX aniversário da “Rerum Novarum”

Populorum Progressio (26 de março 1967), sobre o desenvolvimento dos povos

 

João Paulo II

Laborem Exercens (14 de Setembro de 1981), sobre o trabalho humano no XC aniversário da “Rerum Novarum”

Sollicitudo Rei Socialis (30 de Dezembro de 1987), sobre o XX aniversário da “Populorum Progressio”

Centesimus Annus (1 de Maio de 1991), sobre o centenário da “Rerum Novarum”

Evangelium Vitae (25 de Março de 1995), sobre o valor e a inviolabilidade da vida humana

Carta à CNBB (9 de Abril de 1986), sobre a missão da Igreja e a Teologia da Libertação

 

Documentos da Cúria

Syllabus

Nota doutrinal sobre algumas questões relativas à participação e comportamento dos católicos na vida política (24 de Novembro de 2002)

Decreto contra o comunismo

Libertatis nuntius (6 de Agosto de 1984), sobre alguns aspectos da “Teologia da Libertação” – em espanhol

Libertatis conscientia (22 de março de 1986), sobre a liberdade cristã e a libertação – em inglês

 

Artigos e estudos sobre o assunto:

 

De nosso site

Motivos pelos quais um católico não pode votar no PT!

A economia de João Paulo II: liberdade e verdade

Católico, pergunte ao seu candidato

Liberalismo e socialismo

Descristianização e Revolução Anticristã

O jogo da comunização do Brasil

O socialismo espanhol e suas opções anticatólicas

Socialismo, o inimigo do povo

Noções sobre liberdade e tolerância no Estado Moderno. O Vaticano II e a liberdade religiosa

Cristo-Rei ou Anticristo?

Paz no campo

Estado laico, Nação católica!

Leitor contesta artigo contra o PT

Leitor contesta o artigo contra o PT – II

Leitor indaga sobre publicações antipetistas

Leitor não entende a crítica ao PT e nos acusa injustamente

Leitor nos acusa de grosseria e insinua defender PT

Leitor pergunta sobre a Igreja e o capitalismo

Leitor questiona sobre reforma agrária

Teologia da Libertação e Frei Boff

Peles vermelhas, idéias vermelhas

Pequenas divergências

Conversão da Rússia

A Teologia da Libertação e a luta armada comunista

Antídotos contra a Teologia da Libertação

A cartilha moral do PT

A nobre missão das elites

Democracia absolutista

Dom Marcelo Barros e a Fé Católica

Filosofia iluminista, Estado e indivíduo

Nós, a maioria

Reforma agrária X agronegócio

Nazismo e comunismo: o mal como distorção do bem

A Ucrânia nos planos de Putin

Ainda sobre o PT

 

De outros sites

Teologia da Libertação: O Comunismo invade a Igreja

O conservadorismo de João Paulo II

Adeus a João Paulo II

Esses incríveis Beto e Boff

Teologia da Libertação – texto do Cardeal Agnelo Rossi

Teologia da Libertação – texto de D. Estêvão Bettencourt, OSB


Livros recomendados

HeregesO Evangelho de São Lucas – Cadernos de Estudo BíblicoO Evangelho de São Mateus – Cadernos de Estudo Bíblico





About the author

Veritatis Splendor