Olá! Aprecio muito este canal de comunicação o qual em muito tem me auxiliado pastoralmente, catequeticamente, etc., com explicações concisas e muito bem fundamentadas. Que o Senhor continue iluminando toda a equipe do Veritatis Splendor. Preciso de auxilio de vocês, trabalho em uma cidade de pouco mais de 8.000habitantes com 22 denominações cristã, onde durante muito tempo os protestantes dominaram em virtude de não haver sacerdote presente na cidade. Ora, entre as questões que sempre os evangélicos criticam os católicos é a divergências sobretudo com relação as imagens, (li os artigos já expostos por vocês) pergunto: Como explicar teologicamente a questão da imagem do Pai Eterno? (tudo bem que há no site brevíssima explicação). Há também o perigo em relação com imagem da Virgem Santíssima colocada junto à Trindade, como já houve pessoas, teólogos(se não me engano, Leonardo Boff) que diziam que Maria seria a quarta pessoa da SS. Trindade que foi uma profunda Heresia!! (tudo bem que eles, Redentoristas responsáveis pelo Santuário, explicam que representam humanidade junto a Trindade, etc..). Não encontrei em vosso site nada referente a este Tema. Será que vocês (Veritatis) poderão desenvolver algum artigo sobre este assunto, uma vez que é uma grande devoção que está crescendo em nosso país? Aguardo contato, obrigado pela atenção. Abraço a todos!! (Nilo)

Caríssimo Nilo,

Agradecemos o seu contato, rogando suas orações por nosso apostolado. Que o Divino Pai Eterno nos abençoe sempre!

A devoção ao Divino Pai Eterno começou por volta de 1840, quando o casal de lavradores, Constantino Xavier Maria e Ana Rosa Xavier encontraram, às margens o córrego do Barro Preto (povoado atualmente correspondente à cidade de Trindade – GO), um medalhão com a representação da Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria nos céus.

(…)

A representação de Nossa Senhora sendo coroada, faz eco à cena descrita pelo Apocalipse de São João, que apresenta uma mulher, com uma coroa ornada com doze estrelas na cabeça.

“Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas.” (Ap 12,1)

De forma alguma, a imagem do Divino Pai Eterno, insinua uma elevação de Maria “à quarta pessoa da Trindade”, ou mesmo a insinua como partícipe da dignidade devida unicamente à Santíssima Trindade, ou seja, o culto de adoração (latria).

Ademais, a doutrina católica acerca das imagens já se encontra bem explicada nos artigos abaixo referendados, os quais podem ser lidos para elucidação de dúvidas subjacentes.

[Leia também:]

– LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: DEUS PROÍBE A CONFECÇÃO DE IMAGENS? . Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/325. Desde 06/11/2001.

– LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: LEITOR PERGUNTA SOBRE IMAGENS E ORAÇÕES AOS SANTOS. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/3066. Desde 08/11/2004.

– MOURA, Jaime Francisco de. Apostolado Veritatis Splendor: LEITOR PEDE ESCLARECIMENTOS SOBRE O CULTO DAS IMAGENS E MARIA SANTÍSSIMA. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/5196. Desde 09/06/2008.

– RIBEIRO, Rondinelly. Apostolado Veritatis Splendor: AS IMAGENS PERMITIDAS. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/1912. Desde 01/09/2003.

– SOUZA, Raymond de. Apostolado Veritatis Splendor: IMAGENS CATÓLICAS OU ÍDOLOS PAGÃOS?. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/675. Desde 13/01/2003.

– WWW.SDPAIETERNO.COM.BR. Apostolado Veritatis Splendor: FESTA DO DIVINO PAI ETERNO. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/1160. Desde 06/09/2003.

Sob a proteção do Divino Pai Eterno,
Leandro e Luis Guilherme

Facebook Comments

Livros recomendados

A importância de ser prudenteA Hora das HidroviasDesconstruindo Paulo Freire