– É permitida a celebração do Sacramento da Reconciliação na Sexta Feira Santa? Luiz Fernando M. da Silva (São Paulo-SP).

Prezado Leitor,

Esta questão vem à tona todo ano. Respondo com a tradução de um artigo excelente sobre o tema:

“Tenho tentado postar sobre a confusão que tem reinado por anos em alguns lugares sobre ouvir-se confissões na Sexta-Feira Santa.

Espero que o que se segue possa ser útil se ouvirem que padres estão se recusando a ouvir confissões durante o Tríduo Pascal porque eles dizem que isto é algo proibido.

Muitos de vocês pertencem a paróquias onde os padres insistem em não ouvir confissões na Sexta-Feira Santa e Sábado Santo.

Alguns padres, experts litúrgicos, e mesmo comissões diocesanas de pastoral litúrgica erroneamente clamam que as rubricas do Missal ou Sacramentário proíbem o sacramento da Penitência.

No entanto, esta afirmação está absolutamente incorreta.

Eis o que os textos realmente dizem:

The previous 1970 and 1975 editions of the Missale Romanum (the Novus Ordo) said of Good Friday and Holy Saturday (BTW… the language of this rubric goes backto Pope Innocent III):

As edições anteriores de 1970 e 1975 [NT.: o artigo refere-se às edições em latim] do Missale Romanum (o Novus Ordo) dizia sobre a Sexta-Feira Santa e o Sábado Santo (aliás, a linguagem desta rubrica remonta ao papa Inocêncio III):

Hac et sequenti die, Ecclesia, ex antiquissima traditione, sacramenta penitus non celebrat…

Neste e no dia seguinte, a Igreja, a partir de uma antiga tradição, não celebra absolutamente os sacramentos.

No entanto, já que isto está no Missal (o livro para a MISSA), ‘sacramenta’ se refere somente à Santa Missa e não aos outros sacramentos.

A Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos (CCDDS) clarificou isto, dando esta interpretação, em sua publicação oficial Notitiae. (Notitiae no. 137, Dezembro de 1977, p. 602).

In the 2002 edition of the Missale Romanum at paragraph 1 for Good Friday all doubt is removed.
Na edição de 2002 do Missale Romanum, logo no parágrafo 1 da Sexta-Feira Santa, toda a dúvida é removida.

O texto acima citado foi emendado para dizer:

Hac et sequenti die, Ecclesia, ex antiquissima traditione, sacramenta, praeter Paenitentiae et Infirmorum Unctionis, penitus non celebrat…

Neste e no dia seguinte, a Igreja, a partir de uma antiga tradição, não celebra absolutamente os sacramentos, exceto a Penitência e a Unção dos Enfermos.

Padres podem e devem ouvir confissões durante a Sexta-Feira Santa e o Sábado Santo.

Quem pode esquecer da imagem do saudoso Papa [João Paulo II] ouvindo confissão na Basílica de São Pedro na Sexta-Feira Santa?

Aqui está uma dica-bônus, falando de confissões. Alguns liturgistas simplesmente enlouquecem com esta idéia:

É duplamente permitido e recomendado em algumas circunstâncias que confissões sejam ouvidas durante a Santa Missa em outros dias do ano! Quer prova? Tente o documento Redemptionis Sacramentum nº 76 e a resposta da CCDDS a uma Dúvida em Notitiae 37 (2001) pp. 259-260.”

(ZUHLSDORF, John T. “Just to be clear, Confessions on Good Friday are NOT forbidden…. duh!” in “What does the Prayer Really Say?”, entrada de 12:47h em 7 de março de 2008. Online, http://wdtprs.com/blog/2008/03/just-to-be-clear-confessions-on-good-friday-are-not-forbidden-duh/, acessado em 31 de março de 2008.)

Facebook Comments

Livros recomendados

A morte felizO Diabo na HistóriaO trabalho intelectual e a vontade – continuação de “A educação da vontade”