Com muita tristeza recebemos a notícia de uma crítica injusta ao nosso amigo e fundador do Veritatis Splendor, o Prof. Alessandro Lima, escrita pelo Prof. Dr. Orlando Fedeli e publicada no site da Associação Cultural Montfort.

Em resposta a uma carta que lhe foi enviada, onde se transcrevia partes de um recente artigo do Prof. Alessandro Lima em defesa do Concílio Vaticano II (artigo no qual o Professor mencionava as associações tradicionalistas com as quais o católico não pode colaborar), o Prof. Fedeli criticou duramente o Prof. Alessandro Lima, chamando-o de “pessoa de palavra variável” e dizendo-o “cego pelo ódio”.

Nós, do Veritatis Splendor, repudiamos este ataque do Prof. Orlando Fedeli ao Prof. Alessandro Lima.

O Prof. Alessandro Lima converteu-se do Protestantismo à Única Igreja de Cristo, a Igreja Católica. No início, precisava sem dúvida de uma direção, um rumo a seguir. E daí veio seu interesse em acompanhar o Prof. Fedeli.

No começo nunca estamos realmente preparados. Precisamos da luz da Igreja na condução de nossos estudos sobre a Fé. Eu mesmo, e creio que todos aqueles que se dedicam ao estudo da Doutrina Católica, já passamos por esta fase, onde nosso pensamento ainda é imaturo e precisa ser lapidado. Um diamante nunca sai pronto da terra: sai bruto, e então é lapidado. Isto acontece conosco. Isto aconteceu comigo. Isto aconteceu com o Prof. Alessandro. E então as luzes da Fé Católica, sendo as mãos do próprio Cristo, lapidam os diamantes brutos, e os tornam ardorosos defensores da Fé.

Felizmente, depois o Prof. Alessandro Lima encontrou o rumo certo, o caminho da Igreja, seguindo ao Vigário de Cristo na terra, o Papa. Ele não variou sua palavra, apenas descobriu o caminho certo a seguir, que não é aquele proposto pela Fraternidade Sacerdotal São Pio X e a Associação Montfort.

Nós sempre respeitamos o Prof. Fedeli e a Associação Montfort. Embora não concordemos com suas posições tradicionalistas anti-Vaticano II, sempre reconhecemos o alto valor do material apologético publicado no site da Associação contra o Protestantismo, o Espiritismo, as heresias modernas condenadas por São Pio X, entre outras correntes heréticas. O Prof. Alessandro sempre elogiou o Prof. Fedeli por seu ardor na defesa da fé, embora sempre tenha deixado claro que não concorda com sua posição contrária ao Concílio Vaticano II, que não é o caminho proposto pela Igreja e pelos Pontífices Romanos.

Não entendemos, portanto, o ataque tão duro à pessoa do Prof. Alessandro Lima. Nós nunca criticamos a pessoa do Prof. Fedeli. Sempre respeitamos o debate limpo e justo, longe de críticas pessoais e baseadas em emoções passageiras e preconceitos.

Deixamos aqui nosso repúdio à crítica pessoal do Prof. Fedeli ao Prof. Alessandro Lima, rogando a Deus que não só ele, mas todos os tradicionalistas anti-Vaticano II possam perceber que o Concílio Vaticano II não foi infectado de Modernismo e não representou uma ruptura, como já muito bem salientou o Papa Bento XVI. E que dessa forma, católicos não se voltem mais contra seus irmãos católicos, e possam juntos unir forças contra os hereges modernistas, que não representam as vozes da Igreja e do Concílio, mas as mentiras do Demônio, proferidas para confundir e desviar.

Nota dos editores: O VS nunca faltou com a caridade para com a Montfort. Bem diferente da maneira como a Montfort se comporta com todos. Suas respostas são desequilibradamente ríspidas, debochadas em demasia, e, ao invés de atacar a doutrina, atacam as pessoas. Um exemplo é esta aqui, em que poucas linhas são reservadas à matéria, mas muitas outras a lançar mentiras contra um membro do VS, sobrando inclusive para sua noiva: http://montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=vanitatis&lang=bra É essa a caridade que a Montfort quer dos outros? Uma caridade que deve ser exercitada por todos, menos por ela mesmo? Os fatos comprovam quem tem razão: faltando com a caridade, a Montfort se desmoraliza!

Facebook Comments

Livros recomendados

A morte felizEuA queda