A Igreja é santa porque Deus Santíssimo é o seu autor; Cristo entregou-se por ela, para a santificar e fazer dela santificadora; e o Espírito Santo vivifica-a com a caridade. Nela se encontra a plenitude dos meios de salvação. A santidade é a vocação de cada um dos seus membros e o fim de cada uma das suas atividades. A Igreja inclui no seu interior a Virgem Maria e inumeráveis Santos, como modelos e intercessores. A santidade da Igreja é a fonte da santificação dos seus filhos, que aqui, na terra, se reconhecem todos pecadores, sempre necessitados de conversão e de purificação.

Facebook Comments

Livros recomendados

Os Males da AusênciaLaques – Eutífron – vol. 6Confirmação (Coleção Sacramentos)