No último dia 13 de Julho, a Fraternidade Sacerdotal S. Pio X, através de seu site no Brasil, publicou um artigo não assinado, onde se afirma o que se segue:

“A frase ‘Bento XVI é pior do que Lutero, bem pior’ citada sucessivamente pelos anônimos “padres de Campos”, e os sites dirigidos por leigos Veritatis Splendor e Montfort, não existe! É uma manipulação orquestrada e repetida que tenta fazer dizer o que nunca foi dito. Uma grave calúnia que deve ser reparada”. E mais adiante: “[…] a primeira coisa que esperamos deles é que corrijam seus textos com falsas citações e falsas acusações conseqüentes a elas !!!” (1).

Com efeito, o artigo esclarece que D. Tissier não disse que “Bento XVI é pior que Lutero”, mas que o erro publicado pelo Pe. Ratzinger em seu livro “Introdução ao Cristianismo” em 1969, referente à satisfação do Sacrifício de Cristo, é pior que o erro de Lutero sobre a mesma matéria:

TM: Ele nega a necessidade da satisfação.

SH: Isso parece Lutero.

TM: Não, isso vai muito além de Lutero. Lutero admite o sacrifício… a satisfação de Cristo. Isso é pior que Lutero, muito pior.

Para que nossos leitores não se escandalizem, é bom lembrar que esta obra não afeta a infalibilidade do Papa, pois a mesma não tem autoridade doutrinária, já que apenas representa o trabalho de Ratziger enquanto teólogo. Além disto é difícil dizer que  ela represente o pensamento atual do autor.

Dito isto, cabe agora a nós esclarecer que nunca tivemos a intenção de sermos parte de “uma manipulação orquestrada e repetida que tenta fazer dizer o que nunca foi dito”, muito menos devido a qualquer aproximação com a Associação Cultural Montfort. Como católicos praticantes que desejamos ser e assim morrer, nosso desejo é servir a Deus na Verdade (cf. 1Sm 12,24) e na justiça (cf. Sl 10,5). E é por esta razão que nós do Veritatis Splendor oferecemos nosso sincero pedido de desculpas à Fraternidade S. Pio X, pelas imprecisões de nossos artigos (que serão revistos e corrigidos) e por qualquer mal-estar que possam ter causado.

Aproveitamos a oportunidade para expressar o nosso sincero desejo de que a Fraternidade possa sem demora voltar à comunhão plena com a Santa Sé, ajudando o Santo Padre Bento XVI a lutar em prol da Tradição Católica, para a salvação das almas e o bem de toda Santa Igreja Católica.

Nota

(1) http://www.fsspx-brasil.com.br/page%2007-d-it-is-worse.htm

Facebook Comments

Livros recomendados

EuAsterix gladiadorA Paz na Família