• Autor/Fonte: Site “Leaflets of Faith” (http://www.leaflets.on.ca/)
  • Tradução: Carlos Martins Nabeto

Escolha um Horário: Torne-o um horário certo dedicado somente à oração. Tente torná-lo o melhor momento para a oração dentro do tempo que você puder encontrar. A melhor hora para mim é à noite, quando a casa se acalma; para outros, pode ser logo cedo, pela manhã.

* * *

Escolha um Local: Deve ser livre de distrações.

* * *

Inicie a Oração: Examine a sua consciência e arrependa-se dos seus pecados.

  • “Se estás, portanto, para fazer a tua oferta diante do altar e te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar e vai primeiro reconci­liar-te com teu irmão; só então vem fazer a tua oferta” (Mateus 5,23-24).
  • “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste também vos perdoará. Mas, se não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai vos perdoará” (Mateus 6,14-15).
  • “Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniquidade. Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado. Eu reconheço a minha iniquidade, diante de mim está sempre o meu pecado. Só contra vós pequei, o que é mau fiz diante de vós. Vossa sentença assim se manifesta justa, e reto o vosso julgamento. Eis que nasci na culpa, minha mãe concebeu-me no pecado.” (Salmo 50[51],1-7).
  • “Das profundezas clamo a vós, Senhor; Senhor, ouvi minha oração. Que vossos ouvidos estejam atentos à voz de minha súplica. Se tiverdes em conta nossos pecados, Senhor, Senhor, quem poderá subsistir diante de vós? Mas em vós se encontra o perdão dos pecados, para que, reverentes, vos sirvamos. Ponho a minha esperança no Senhor. Minha alma tem confiança em sua palavra. Minha alma espera pelo Senhor, mais ansiosa do que os vigias pela manhã. Mais do que os vigias que aguardam a manhã, espere Israel pelo Senhor, porque junto ao Senhor se acha a misericórdia; encontra-se nele copiosa redenção. E ele mesmo há de remir Israel de todas as suas iniquidades” (Salmo 129[130],1-8).

* * *

Ansiedades, Problemas, Lutas: Não permita que os seus problemas dominem o seu tempo com Deus; Ele é o Senhor de todos.

  • “Desse modo, cercados co­mo estamos de uma tal nuvem de testemunhas, desvencilhe­mo-nos das cadeias do pecado. Corramos com perseverança ao combate proposto, com o olhar fixo no autor e consumador de nossa fé, Jesus. Em vez de gozo que se lhe oferecera, ele suportou a cruz e está sentado à direita do trono de Deus” (Hebreus 12,1-2).

* * *

Abra o seu coração para as verdades do Evangelho:

a) Deus criou você por amor e sempre te ama.

  • “Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher.Deus os abençoou: “Frutificai – disse ele – e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra”. Deus disse: “Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a terra, e todas as árvores frutíferas que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento. E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu, a tudo o que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda a erva verde por alimento”. E assim se fez. Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o sexto dia” (Gênesis 1,27-31).
  • “Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados. Caríssimos, se Deus assim nos amou, também nós nos devemos amar uns aos outros” (1João 4,10-11).

b) Deus enviou Jesus para nos dar vida.

  • “Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3,16).
  • “Mas Deus, que é rico em misericórdia, impulsionado pelo grande amor com que nos amou, quando estávamos mortos em consequên­cia de nossos pecados, deu-nos a vida juntamente com Cristo – é por graça que fostes salvos! –, juntamente com ele nos ressuscitou e nos fez assentar nos céus, com Cristo Jesus” (Efésios 2,4-6).

c) Jesus morreu e ressuscitou, vencendo o pecado e a morte.

  • “Por isso, como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todo o gênero humano, porque todos pecaram… De fato, até à Lei, o mal estava no mundo. Mas o mal não é imputado quando não há Lei. No entanto, desde Adão até Moisés reinou a morte, mesmo sobre aqueles que não pecaram à imitação da transgressão de Adão (o qual é figura do que havia de vir). Mas, com o dom gratuito, não se dá o mesmo que com a falta. Pois se a falta de um só causou a morte de todos os outros, com muito mais razão o dom de Deus e o benefício da graça obtida por um só homem, Jesus Cristo, foram concedidos copiosamente a todos. Nem aconteceu com o dom o mesmo que com as conse­quên­cias do pecado de um só: a falta de um só teve por consequência um veredicto de condenação, ao passo que, depois de muitas ofensas, o dom da graça atrai um juízo de justificação. Se pelo pecado de um só homem reinou a morte (por esse único homem), muito mais aqueles que receberam a abundância da graça e o dom da justiça reinarão na vida por um só, que é Jesus Cristo! Portanto, como pelo pecado de um só a condenação se estendeu a todos os homens, assim por um único ato de justiça recebem todos os homens a justificação que dá a vida” (Romanos 5,12-18).
  • “Assim como em Adão todos morrem, assim em Cristo todos reviverão. Cada qual, porém, em sua ordem: como primícias, Cristo; em seguida, os que forem de Cristo, na ocasião de sua vinda. Depois, virá o fim, quando entregar o Reino a Deus, ao Pai, depois de haver destruído todo principado, toda potestade e toda dominação. Porque é necessário que ele reine, até que ponha todos os inimigos debaixo de seus pés. O último inimigo a derrotar será a morte, porque Deus sujeitou tudo debaixo dos seus pés” (1Coríntios 15,22-26).

d) Jesus prometeu estar conosco e enviar o Espírito Santo.

  • “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Advogado, para que fique eternamente convosco” (João 14,16).
  • “Mas o Advogado, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, irá ensinar-vos todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito” (João 14,26).
  • “Entretanto, digo-vos a verdade: convém a vós que eu vá! Porque, se eu não for, o Advogado não virá a vós; mas se eu for, vo-lo enviarei”
    (João 16,7).
  • “Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reu­nidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo, que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (Atos 2,1-4).

e) Jesus intercede por nós no céu.

  • “Quem os condenará? Cristo Jesus, que morreu, ou melhor, que ressuscitou, que está à mão direita de Deus, é quem intercede por nós!” (Romanos 8,34).
  • “É por isso que lhe é possível levar a termo a salvação daqueles que por ele vão a Deus, porque vive sempre para interceder em seu favor” (Hebreus 7,25).
  • “Filhinhos meus: isto vos escrevo para que não pequeis. Mas, se alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai: Jesus Cristo, o Justo” (1João 2,1).

f) Jesus voltará novamente.

  • “Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai com seus anjos, e então recompensará a cada um segundo suas obras” (Mateus 16,27).
  • “Então, o Rei dirá aos que estão à direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo” (Mateus 25,34).

Conscientemente, diga “sim” a essas verdades todos os dias.

Venha diante da presença do Senhor.

* * *

Louve a Deus: Ele é digno de todo louvor.

  • “Vinde, manifestemos nossa alegria ao Senhor, aclamemos o rochedo de nossa salvação; apresentemo-nos diante dele com louvores, e cantemos-lhe alegres cânticos, porque o Senhor é um Deus imenso, um rei que ultrapassa todos os deuses; nas suas mãos estão as profundezas da terra, e os cumes das montanhas lhe pertencem. Dele é o mar, ele o criou, assim como a terra firme, obra de suas mãos. Vinde, inclinemo-nos em adoração, de joelhos diante do Senhor que nos criou. Ele é nosso Deus; nós somos o povo de que ele é o pastor, as ovelhas que as suas mãos conduzem. Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: “Não vos torneis endurecidos como em Meriba, como no dia de Massa no deserto, onde vossos pais me provocaram e me tentaram, apesar de terem visto as minhas obras. Durante quarenta anos desgostou-me aquela geração, e eu disse: “É um povo de coração desviado, que não conhece os meus desígnios. Por isso, jurei na minha cólera: Não hão de entrar no lugar do meu repouso”” (Salmo 94[95]).
  • “Aleluia. Louvai o Senhor, porque ele é bom, porque sua misericórdia é eterna. Louvai o Deus dos deuses, porque sua misericórdia é eterna. Louvai o Senhor dos senhores, porque sua misericórdia é eterna. Só ele operou maravilhosos prodígios, porque sua misericórdia é eterna. Ele criou os céus com sabedoria, porque sua misericórdia é eterna. Ele estendeu a terra sobre as águas, porque sua misericórdia é eterna. Ele fez os grandes luminares, porque sua misericórdia é eterna. O sol que domina os dias, porque sua misericórdia é eterna. A lua e as estrelas para presidirem a noite, porque sua misericórdia é eterna. Ele feriu os primogênitos dos egípcios, porque sua misericórdia é eterna. Ele tirou Israel do meio deles, porque sua misericórdia é eterna. Graças à força de sua mão e ao vigor de seu braço, porque sua misericórdia é eterna. Ele dividiu em dois o mar Vermelho, porque sua misericórdia é eterna. Ele fez passar Israel pelo meio dele, porque sua misericórdia é eterna. Ele precipitou no mar Vermelho o faraó e seu exército, porque sua misericórdia é eterna. Ele conduziu seu povo através do deserto, porque sua misericórdia é eterna. Ele abateu grandes reis, porque sua misericórdia é eterna. Ele exterminou reis poderosos, porque sua misericórdia é eterna. Seon, rei dos amorreus, porque sua misericórdia é eterna. E Og, rei de Basã, porque sua misericórdia é eterna. E deu a terra deles em herança, porque sua misericórdia é eterna. Como patrimônio de Israel, seu servo, porque sua misericórdia é eterna. Em nosso abatimento ele se lembrou de nós, porque sua misericórdia é eterna. E nos livrou de nossos inimigos, porque sua misericórdia é eterna. Ele dá alimento a todos os seres vivos, porque sua misericórdia é eterna. Louvai o Deus do céu, porque sua misericórdia é eterna” (Salmo 135[136]).
  • “Aleluia. Louvai o Senhor em seu santuário, louvai-o em seu majestoso firmamento. Louvai-o por suas obras maravilhosas, louvai-o por sua majestade infinita. Louvai-o ao som da trombeta, louvai-o com a lira e a cítara. Louvai-o com tímpanos e danças, louvai-o com a harpa e a flauta. Louvai-o com címbalos sonoros, louvai-o com címbalos retumbantes. Tudo o que respira louve o Senhor!” (Salmo 150).
  • “Por ele ofereçamos a Deus sem cessar sacrifícios de louvor, isto é, o fruto dos lábios que celebram o seu nome” (Hebreus 13,15).
  • “Vós, porém, sois uma raça escolhi­da, um sacer­dócio régio, uma nação santa, um povo adquirido para Deus, a fim de que publiqueis as virtudes daquele que das trevas vos chamou à sua luz maravilhosa” (1Pedro 2,9).

Expresse seu amor e gratidão a nosso Pai, a seu filho Jesus e ao Espírito Santo da Verdade.

* * *

Fale com Deus honestamente e de coração: Pergunte.

  • “Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede, recebe. Quem busca, acha. A quem bate, se abrirá. Quem dentre vós dará uma pedra a seu filho, se este lhe pedir pão? E, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, que sois maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celeste dará boas coisas aos que lhe pedirem” (Mateus 7,7-11).

Ouça ativamente a Deus em seu coração e mente, enquanto lê as Escrituras ou se ajoelha diante Dele.

Reflita sobre a Sua Palavra.

Permaneça na presença de Deus.

* * *

Interceda com fé e confiança para:

  • O pão de cada dia: ore pelo mundo, pela Igreja, pelos seus amigos, pela sua família e por si mesmo.
  • Obter perdão: assim como você perdoa os outros.
  • Ter forças para o dia e suas provações.
  • Se proteger de todo mal.

* * *

Antes de terminar a oração, escreva:

  • O que Deus disse a você.
  • O que Ele te mostrou.
  • O que você quer levar para o dia e deve recordar, para que a sua oração dê frutos.
  • Pelo o que você orou.
Facebook Comments

Livros recomendados

A Nova Era: Jesus Cristo, Portador da Água VivaCientistas de BatinaA vida é traição