Este mesmo profeta escreveu que Deus lhe manifestara figuradamente a série de Impérios que se sucederiam uns aos outros a partir de Nabucodonosor até a época do Messias: Babilônia, Pérsia, Grécia e Roma. O Império Romano foi indicado pela visão do ferro, que tudo destrói e domina; com efeito, os romanos submeteram todo o mundo conhecido até então. Daniel diz também que nesse tempo Deus levantaria um outro Império, “uma pequena pedra baixada do céu”, que haveria de sujeitar todos os demais, convertendo-se depois esta pequena pedra em uma imensa montanha que abraçaria toda a terra, permanecendo até o fim (cf. Daniel 2,37-45). O sentido disto é bem claro: o Messias estabeleceria o seu Império espiritual, através da Igreja, sobre as ruínas do Império Romano.

Facebook Comments

Livros recomendados

O capital: Livro 3 – O processo global de produção capitalista (Vol. 5)A vida é traiçãoAngústia