O coreano Ji Young Emiliano Hong nasceu em Seul em 1973. Mudou-se para Buenos Aires em 1986 com toda sua família. Ali conheceu a fé católica e se converteu ao catolicismo. ?A primeira a se converter foi uma das minhas tias, que vivia na Coréia, e com ela, meus pais e meu irmão descobrimos o caminho da fé católica. E também muitos dos meus tios e meus avós. Eu era calvinista, mas na minha família havia também budistas e, sobretudo, ateus?.

O sacerdote coreano explica que, quando João Paulo II visitou a Coréia do Sul em 1984, havia um milhão de católicos, e que atualmente são mais de quatro milhões. Atribui, em parte, esta explosão de conversões à intercessão dos ?Mártires Coreanos? canonizados pelo Papa naquela viagem: entre eles se encontra Pedro Lee, antepassado de Ji Young por parte materna.

Ji Young acredita na família como cenário de encontro com Deus e de conversão. ?Peço ao Senhor, nestes dias, que haja mais famílias como a minha que encontrem o caminho para Deus. No meu caso, está claro que Deus utilizou-se da conversão de minha tia?.

O coreano Ji Young Emiliano Hong nasceu em Seul em 1973. Mudou-se para Buenos Aires em 1986 com toda sua família. Ali conheceu a fé católica e se converteu ao catolicismo. ?A primeira a se converter foi uma das minhas tias, que vivia na Coréia, e com ela, meus pais e meu irmão descobrimos o caminho da fé católica. E também muitos dos meus tios e meus avós. Eu era calvinista, mas na minha família havia também budistas e, sobretudo, ateus?.

O sacerdote coreano explica que, quando João Paulo II visitou a Coréia do Sul em 1984, havia um milhão de católicos, e que atualmente são mais de quatro milhões. Atribui, em parte, esta explosão de conversões à intercessão dos ?Mártires Coreanos? canonizados pelo Papa naquela viagem: entre eles se encontra Pedro Lee, antepassado de Ji Young por parte materna.

Ji Young acredita na família como cenário de encontro com Deus e de conversão. ?Peço ao Senhor, nestes dias, que haja mais famílias como a minha que encontrem o caminho para Deus. No meu caso, está claro que Deus utilizou-se da conversão de minha tia?.

Facebook Comments

Livros recomendados

Uma Visita ao Santíssimo Sacramento (Canção Nova)A psicologia da féEspiritismo e fé