Caríssimo, no que tange a postura da igreja ou a qualquer um que se diz seu representante, deve ter em mente a extirpação do preconceito. Se o PT anda nas manchetes de jornais, antes de a gente se pronunciar, deve-se primeiro pesquisar o conteúdo da notícia. Informação não é notícia e ficar com a última é cultuar a mentira. O senhor pode achar o que quiser e defenderei este direito até o fim; porém, use a lógica e a argumentação para solicitar provas. Não há provas de que o PT, ou José Dirceu ou o nosso estimado Presidente está envolvido com o mensalão ou coisa parecida. Não sei se lembra, mas o ACM confessou em ter alterado o resultado do painel e não me lembro nenhum artigo aqui ou na Veja que dissesse algo a respeito. Será um a conspiração da mídia contra o governo do povo? Não sei, mas lanço a boa dúvida a quem gosta de buscar a verdade, mesmo que seja utópica. À paz!

Wilen
———————

Caríssimo Sr. Wilen, estimado em Cristo,

Não somos representantes da Igreja. Apenas cremos, pregamos e defendemos o que a Igreja pensa, sempre submetendo nosso apostolado ao seu Magistério infalível – seja o extraordinário seja o ordinário -, dando nosso pleno assentimento, com fé divina e católica, ao que ela nos propõe para crer. Daí a nota de completa obediência do Veritatis Splendor ao Papa, à doutrina tradicional da Igreja, à Palavra viva de Deus – escrita e oral.

Ex positis, nosso “ataque” ao PT não é fruto de antipatia para com tal agremiação política. Trata-se de coerência com a doutrina social da Igreja. Nosso artigo, demonstrando os motivos pelos quais o católico não pode votar no PT, afirma e prova que o socialismo é condenado pela Igreja, e que o PT sustenta o socialismo. A conclusão é óbvia…

Em nenhum momento, condenamos o PT por causa de denúncias de corrupção. Nem mesmo defendemos ACM. Nosso site NÃO é um site político. Não nos interessa comentar fatos políticos. Se atacamos o PT, o fizemos para mostrar que esse partido, por ser socialista, não pode receber o apoio dos fiéis católicos.

Nosso intento não é desprestigiar o PT ou sustentar que houve mensalão. Não é nossa intenção simplesmente derrubar o governo, ou “achincalhar” José Dirceu ou quem quer que seja. O escopo é outro: denunciar o socialismo, e explicar que a Igreja é contrária a essa doutrina política. Como o PT é socialista…

Em Cristo,

Facebook Comments

Livros recomendados

A Paz na FamíliaRecordações sobre Mons. EscriváOtimismo