Nome do leitor: Ely Brum Junior
Cidade/UF: Carangola MG
Religião: Catolica

Mensagem
========

Gostaria de saber se realmente aconteceu o milagre da mutiplicação dos 02 peixes e dos 05 pães, pois na homilia de domingo o Padre falou que não houve a multiplicação dos pães(referindo ao evangelho de Quinta-Feira, Corpus Chist) disse que houve a divisão dos paes não mutilplicação, pois o povo partilhou um com os outros. Será que a biblia é toda simbolica?


Prezado Ely, a Santa Paz!

Como é triste saber que existem sacerdotes como esse seu pároco… Infelizmente eles são muitos e é por isso que nosso povo está perdendo a Fé, pois aqueles que deveriam confirmá-los são os primeiros a apostatarem.

Os Evangelhos são relatos históricos do Ministério de Cristo na terra. Os Evangelistas relataram aquilo que viram e ouviram. Estes homens pobres e sem cultura morreram por causa deste Evangelho. Em vez de ficarem ricos, como os “pastores” de hoje, morreram pobres e perseguidos, quando podiam a qualquer momento desistir de tudo. Ora, quem morreria por uma mentira que por ele mesmo foi inventada? Quem viveria uma vida de sofrimentos por algo que ele próprio inventou? Ninguém, caríssimo Ely, e é exatamente por isso que o Evangelho se espalhou pelo mundo inteiro, por causa do testemunho dos apóstolos e os milagres que faziam onde pregavam. Ora, será que Deus permitiria que homens mentirosos, criadores de falsos milagres de Cristo, fizessem a obra que fizeram?

TODOS os milagres relatados no Evangelho são reais. Quando os Evangelhos circularam, muitas das testemunhas que presenciaram aqueles acontecimentos ainda estavam vivas. Se os Evangelhos relatassem mentiras, elas seriam testemunhas de tal falsidade e logo ninguém iria crer.

Pergunte ao seu pároco como meras divisões de dois peixes e cindo pães poderia encher doze cestos, pois é o que lemos no Evangelho: “Todos comeram e ficaram fartos, e, dos pedaços que sobraram, recolheram doze cestos cheios” (Mt 14,20). Como poderiam todos comer e ficarem fartos se “os convivas foram aproximadamente cinco mil homens, sem contar as mulheres e crianças” (Mt 14,21)?

Este Padre com este tipo de idéia, será que na consagração das espécies tem a intenção de fazer o que a Igreja deseja? Será que crê na presença real de Cristo na Eucaristia? Estas questões são importantes, pois toda sua paróquia pode estar participando de uma falsa comunhão.

Recomendo que você ore muito por este pároco e converse com ele. Se você não perceber qualquer mudança em seu comportamento, procure o seu Bispo diocesano. Leia também um outro artigo que escrevi sobre a confiabilidade dos Evangelhos (1).

Espero pelo ajudado,

Prof. Alessandro Lima.

Notas

(1) LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: A Confiabilidade Histórica dos Evangelhos. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/3847. Desde 2/6/2006.

Facebook Comments

Livros recomendados

A boa vontadeA Minha IgrejaCanções e Elegias