LEITOR PERGUNTA SOBRE A ORAÇÃO DE INTERCESSÃO DOS SANTOS
[Leitor NÃO autorizou a publicação de seu nome no site] Nome do leitor:
Cidade/UF: ilhéus-ba
Religião: Católica

Mensagem
========

paz de cristo
recemntemente fui supreedido com um ataque protestante contra os santos, eles afirmaram que após a morte as almas se desligam da terra, como se no céu não soubessem de nada que acontece na terra, falaram tambem que os santos não podem escutar nossos pedidos, e que todo os nossos pedidos e orações são em vão. por favor pesso ajuda de voces. aguardo anciosamente sua resposta.
paz de cristo e amor de maria!

Prezado LeitorAgradecemos a sua confiança em nosso apostolado. Que a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com você e sua família.

Sugerimos que você não dê muita importância às afirmações protestantes. Procure conhecer bem a sua religião católica lendo bons livros de doutrina católica, como por exemplo o “Catecismo da Igreja Católica – edição típica vaticana”, Edições Loyola, São Paulo, 2000, que pode ser adquirido em qualquer livraria católica. Uma outra opção seria a leitura dos artigos no próprio site Veritatis Splendor, como por exemplo as partes referentes ao “Catecismo” e à “Doutrina”.

Para que você entenda o que é a intercessão dos santos leia abaixo o que nos diz o Catecismo da Igreja Católica a respeito nos parágrafos 956 e 2692:

“956. A intercessão dos santos. «Os bem-aventurados, estando mais intimamente unidos com Cristo, consolidam mais firmemente a Igreja na santidade […]. Eles não cessam de interceder a nosso favor, diante do Pai, apresentando os méritos que na terra alcançaram, graças ao Mediador único entre Deus e os homens, Jesus Cristo […]. A nossa fraqueza é assim grandemente ajudada pela sua solicitude fraterna» [II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Lumen Gentium, 49: AAS 57 (1965) 55]

«Não choreis, que eu vos serei mais útil depois da morte e vos ajudarei mais eficazmente que durante a vida» [São Domingos, moribundo, aos seus irmãos: Relatio iuridica 4 (Frater Radulphus de Faventia), 42: Acta sanctorum, Augustus I, p. 551].

«Quero passar o meu céu a fazer o bem sobre a terra» [Santa Teresa do Menino Jesus, Verba (17 de Julho de 1897): Derniers Entretiens (Paris 1971) p. 270. [Santa Teresa do Menino Jesus e da Santa Face, Obras Completas (Paço de Arcos, Edições do Carmelo 1996) p. 1167]

2692. Na sua oração, a Igreja peregrina associa-se à dos santos, cuja intercessão solicita.”

Deve ficar bem claro que entre os santos e nós, que ainda vivemos neste mundo, não há comunicação direta, isto é, os santos não ouvem diretamente as nossas orações. Embora os santos não ouçam diretamente as nossas orações, estas não são em vão porque Deus as comunica a eles que então intercedem por nós.

Para que você possa se aprofundar mais no tema da intercessão dos santos sugerimos a leitura  dos seguintes artigos publicados no site Veritaris Splendor:

1) LEITOR PROTESTANTE PERGUNTA SOBRE A INTERCESSÃO DOS SANTOS [https://www.veritatis.com.br/article/5132/3934]

2) RESP. AOS PROTESTANTES SOBRE INTERCESSÃO DOS ANJOS E SANTOS [https://www.veritatis.com.br/article/2849]

3) MAIS REFLEXÕES SOBRE A INTERCESSÃO DOS SANTOS [https://www.veritatis.com.br/article/1909]

4) A INTERCESSÃO DOS SANTOS [https://www.veritatis.com.br/article/3934]

Caro leitor continue tendo devoção ao seu santo, em especial à Santíssima Virgem Maria, a mãe de Jesus, confiando que ele(a) indiretamente ouvirá as suas orações por intermédio de Deus e intercederá por você. Não se esqueça de que o santo é apenas um instrumento que necessariamente deve nos levar a Deus, a Jesus Cristo.

Espero que a resposta tenha sido útil.

Que Deus lhe abençoe.

Atenciosamente,

Renato Colonna Rosman

https://www.veritatis.com.br/

Facebook Comments

Livros recomendados

Bernardo de Claraval – Testemunha do seu tempo perante DeusAs crônicas de NárniaO que mais importa aprender