Espaço do Leitor

Leitor questiona acerca de reportagem da superinteressante sobre Cristo e Maria

Caríssimos membros da Veritatis Splendor, A Paz do Senhor e as intercessões da Virgem Santíssima, sobre vós.Tenho uma suprema admiração pelo grande trabalho que este site promove entre os católicos, colocando na Luz da “verdadeira” Verdade os assuntos que poem na dúvida os filhos da verdadeira Igreja confiada a São Pedro e seus sucessores. Venho através desta pedir uma orientação sobre um fato.A última edição do ano de 2006 da revista “Superinteressante”, trouxe um artigo já publicado por eles (que rendeu muitas vendas, o que é lamentável), sobre “O Outro Jesus”.Essa matéria destacou várias contradições, como o nascimento de Jesus em Nazaré, a famosa “tecla” sobre os irmãos de Jesus, o não acontecimento da morte dos inocentes a mando de Herodes e entre outras.Mas o que me chamou atenção foi algo que eu já sabia, mas não dava certo destaque, o suposto túmulo de São Tiago.Nesse túmulo estaria escrito “Yaákov,bar Yosef akhui di Yeshua”(Tiago, filho de José irmão de Jesus).Gostaria de deixar claro que estou convicto da Virgindade de Maria antes,durante e pós parto, porém nessecito do auxílio de vocês sobre este assunto (a suposta caixa de São Tiago), já que não obtive sucessos em minhas pesquisas e esta curiosidade está presente em meus pensamentos.Agradeço a compreensão e a atenção prestada a esse pedido.Permaneçam na Paz do Senhor e no Amor de Maria Santíssima.

 


Prezado irmão,

Pax Christi!

Antes de mais nada, gostaria de agradecê-lo por suas elogiosas palavras ao nosso Apostolado!

Abordando agora sua questão, repare como é “superinteressante” que os detratores de Deus, de Jesus e de sua única Igreja, vivam repetindo velhos bordões, velhas heresias e velhas inverdades (neste ponto, parece que aprenderam bem algumas das máximas nazistas)… e mesmo quando sabem que algo ali está errado, que não corresponde à verdade, ainda assim têm a coragem de mencioná-la novamente como um “exemplo”, como “uma das melhores matérias”, sem qualquer nota de atualização ou errata…

Veja também  Dúvida sobre termo grego usado na bíblia para "irmãos de jesus"

Ora, se esta é uma das “melhores” matérias, o que se dirá das piores? Lamentável… É o coroamento injustificado da desinformação!!

Por outro lado, também não se poderia esperar coisa muito diferente, levando-se em conta a bibliografia modernista usada pelo articulista, listada à pág. 89

Pois bem. A questão da descoberta do ossuário de Tiago, suposto “irmão” de Jesus, nos idos de 2002, é reconhecidamente uma fraude (inclusive o próprio artigo aponta tal risco, como se vê à pág. 84, 3ª coluna). A fraude, aliás, foi amplamente noticiada pela grande imprensa, nos últimos meses de 2003 (v., p.ex.: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u9399.shtml).

Você pode ter acesso completo a toda essa ESTÓRIA acessando os seguintes links do nosso subsite (PR Online):

Com relação a isso, creio que o assunto está DEFINITIVAMENTE encerrado (e, por se tratar de um ossário, definitivamente enterrado!!!)… para o pesar e desespero de muitos protestantes e outros detratores da sã doutrina da Igreja Católica.

No tocante à existência dos “supostos irmãos” de Jesus, deveria o autor do artigo “Quem foi Jesus?” confiar mais nos testemunhos dos primeiros cristãos (ecoados no ensino bimilenar da Igreja Católica), que nos deram DE GRAÇA o que de graça receberam, do que confiar em pesquisadores ateus e/ou modernistas (ainda que se digam “padres católicos”), que se preocupam muito mais com si próprios e com o lucro oriundo de suas “obras” pseudo-científicas.

Quem disse que Jesus teve outros irmãos de sangue, oriundos do ventre de Maria Santíssima??? A Bíblia, certamente, não diz isso, como bem sabemos. A propósito, é interessante observar que o articulista de “Quem foi Jesus?” afirma ter pesquisado a Bíblia de Jerusalém (v. “Para Saber Mais”, pág. 89), pena que não leu a nota “r” correspondente à celebre passagem de Mat. 12,46: “Não filhos de Maria, mas parentes próximos, por exemplo, primos, que o hebraico e o aramaico também chamavam ‘irmãos’ (cf. Gn 13,8; 14,16; 29,15; Lv 10,4; 1Cr 23,22s). Veja também Mt 13,55p; Jo 7,3s; At 1,14; 1Cor 9,5; Gl 1,19”.

Ademais, Santo Atanásio, Santo Epifânio, Santo Agostinho e São João Damasceno são categóricos em afirmar que Jesus não teve outros irmãos. Por outro lado, Santo Efrém, Santo Ambrósio, Santo Epifânio, São João Crisóstomo, Santo Agostinho, São Cirilo, São Ildelfonso, São João Damasceno e o Concílio Ecumênico de Constantinopla II afirmam claramente que Maria foi, durante toda a sua vida terrena, SEMPRE VIRGEM (portanto, não teve outros filhos!)…

Veja também  A Virgindade Perpétua de Maria

São Jerônimo, inclusive, notável por seu conhecimento das línguas bíblicas, dedicou toda uma obra (“A Virgindade Perpétua de Maria”) a esse tema, combatendo o herege Helvídio (leia essa obra, gratuitamente e na íntegra, em nosso site:  http://www.veritatis.com.br/article/3688).

Com efeito, a opinião modernista de pe. Meier (que, como vimos acima, estava TOTALMENTE equivocada quanto à autenticidade do ossuário de Tiago) – por mais respeito que sua pessoa mereça – NADA VALE diante da doutrina oficial da Igreja, esta sim totalmente amparada pela Sagrada Escritura e pela Sagrada Tradição. Trata-se, pois, de uma opinião pessoal (herética) que não altera nem pode se confundir com o Ensino da Igreja, mesmo que seu autor, infelizmente, ainda se declare “padre católico”…

Ora, a interpretação da Igreja é guiada pelo Espírito Santo; a interpretação pessoal não… A Bíblia afirma sem qualquer sombra que “a IGREJA é a coluna e o fundamento da verdade” (1Tim. 3,15).

A questão da descoberta do ossuário de Tiago, “irmão” de Jesus – comemorada na época por ateus e muitos protestantes – daria razão aos inimigos da Igreja… Maria teve outros filhos, vez que o ossuário teria “documentado” a existência desse irmão de Jesus… A Igreja Católica, por sua vez, estaria errada, não seria infalível em sua doutrina… seria uma instituição falível como qualquer outra instituição humana… Mas a evidência não se confirmou: a ciência desmentiu a pseudo-ciência.

Com efeito, a doutrina católica sobre a virgindade de Maria continua intacta, com ou sem a ajuda do ossuário de Tiago, ou seja, do outro Tiago, daquele que não é irmão, nem primo, nem parente de Jesus. Um nome comum na época, filho de outro nome comum (José)… Nada mais que isso…

Em nosso site você pode encontrar muitos outros artigos analisando a hipótese “irmãos carnais de Jesus” sob os mais diversos ângulos. Aponto apenas alguns:

Veja também  Leitor pergunta sobre o termo "gerado" aplicado a cristo no credo niceno-constantinolopolitano

Você pode encontrar outros artigos acessando nossa ferramenta de busca(http://www.veritatis.com.br/forms/search), digitando palavras tipo: Maria, filhos, Jesus, irmãos, virgindade etc.

Caso algum argumento sobre este assunto não tenha sido apreciado, pode enviá-lo para nós! No mais, é de se desejar que a revista “Superinteressante” volte a dar valor, na prática, à “Carta de Victor Civita”, publicada em seu 1º número (set/1987), para que volte a divulgar “o conhecimento científico ao público leigo”, sem sensacionalismos ou parcialidades…


Livros recomendados

10 Livros Que Todo Conservador Deve Ler – Mais Quatro Imperdíveis E Um Impostor270 perguntas e respostas sobre sexo e amorCaminhando para a Maturidade





About the author

Veritatis Splendor