Texto do Franck Lenzi em Negro.

Tradução dos Santos Padres em Verde (por Alexandre Semedo)

Textos dos Santos Padres desmentindo a Sola Scriptura em Vermelho (contribuição de Alexandre Semedo)

Meu texto em azul.

Mensagem Enviada por: Franck Lenzi

Enviada em :05 de Março de 2003 às 19:12

Assunto: Tem Certeza?

Só foi professada depois da reforma ????????

Com toda certeza!!!

ST. IRENAEUS OF LYONS (130-202)

We have known the method of our salvation by no other means than those by whom the gospel came to us; which gospel they truly preached; but afterward, by the will of God, they delivered to us in the Scriptures, to be for the future the foundation and pillar of our faith. (Adv. H. 3:1)

Tradução: Nós conhecemos o método de nossa salvação apenas por aquele meio pelo qual nos chegou o evangelho; eles verdadeiramente pregaram o evangelho; mas, depois, pela vontade de Deus, eles nos entregaram as Escrituras, para no futuro ser a fundação e o pilar de nossa fé.

Meu contendor lê aquilo que não está escrito. Santo Ireneu diz que o que se conhece sobre a Salvação de se pelo meio o qual chegou o Evangelho. Nós católicos sabemos que o Evangelho (A Boa Nova) chegou através da pregação Apostólica meramente oral, isto é através da Tradição dos Apóstolos.

Santo Ireneu continua dizendo que pela vontade de Deus os apóstolos nos entregaram as Escrituras (do NT é claro). Logicamente as Escrituras por serem verdadeiras, isto é, por só conterem a Verdade, servem para serem a fundação e o pilar da nossa fé. Mas não SOMENTE ela. Santo Ireneu não diz que a “pela vontade de Deus, eles [os apóstolos] nos entregaram as Escrituras, para no futuro ser” SOMENTE ” a fundação e o pilar da nossa fé.” O tal SOMENTE só está incluído no entendimento do mal leitor que além de deturpar as Escrituras, quer também deturpar os Santos Padres.

Veja o que também disse Santo Ireneu:

“(…) Mas, quando os hereges acusam as Escrituras, como se as mesmas estivessem erradas, fossem desautorizadas, mutantes e como se nelas não pudessem encontrar qualquer verdade por aqueles que são ignorantes na Tradição…E, quando em desafio, nós lhes apontamos a mesma TRADIÇÃO, que nos veio dos apóstolos, que é resguardada pela SUCESSÃO dos antigos nas igrejas, eles se opõe a esta TRADIÇÃO, julgando-se mais sábios, não somente do que os antigos, mas, igualmente, do que os apóstolos.” (Contra as Heresias)

Os grifos são meus.

Por tanto meu irmão, a toda Verdade da Escritura encontra-se em profundidade na Tradição dos Apóstolos, que é o berço da Sagrada Escritura. Tradição esta “que nos veio dos apóstolos, que é resguardada pela sucessão dos antigos nas igrejas”. Santo Ireneu além de dar testemunho da autoridade da Sagrada Tradição, também dá testemunho de como a Igreja se perpetua pelos séculos (através da LEGÍTIMA sucessão dos Bispos, sucessão esta que não é a semente das seitas protestantes).

Read more diligently that gospel which is given to us by the apostles; and read more diligently the prophets, and you will find every action and the whole doctrine of our Lord preached in them. (Adv. H. 4:66)

Tradução: Leia com maior diligência aquele evangelho que nos foi dado pelos apóstolos; e leia com maior diligência os profetas, e você encontrará cada ação e toda a doutrina de Nosso Senhor neles pregados.

Aqui Santo Ireneu novamente não dá testemunho da Sola Scriptura, e nem poderia já que foi um dois maiores defensores da Sagrada Tradição. Segundo meu contendor Santo Ireneu estaria professando a Sola Scriptura. Ora mas este grande Bispo da Igreja Católica refere-se apenas aos livros dos Evangelhos e os Profetas. Se neles encontramos toda doutrina de Cristo, então não precisamos do restante da Bíblia não é mesmo?

Não precisamos mais das cartas Paulinas, e nem de qualquer outras epístolas dos Apóstolos. E nem do Pentateuco!!!

Veja como é absurda esta afirmação!!!

Texto fora de contexto é fogo!!! Santo Ireneu escreve para os hereges gnósticos, que criam que o mundo foi feito por um Deus mal, e que o Deus bom estava oculto a nós. Eles identificavam o Deus do antigo testamento como este Deus mal e ensinvam que Cristo não era Deus mas um enviado do Deus bom e que pregava contra o Deus mal (o Deus no AT Testamento). Em breve publicaremos a obra de Santo Ireneu e os leitores poderão certificar-se disto.

Santo Ireneu quer demonstrar primeiro pelas Escrituras e depois pela Tradição, que a doutrina dos gnósticos não foi ensinada em nenhuma das duas. Santo Ireneu quer frizar aos hereges que a doutrina da Salvação que eles pregam não não consta nos Santos profetas (que anunciaram o advento de Cristo) e nem nos Santos Evangelhos (que narram o cumprimento das promessas do profetas). A “toda doutrina” que Santo Ireneu se refere é a Doutrina da Salvação – que é o tema abordado pelo seu livro “Contra as Heresias” – e não toda doutrina revelada por Nosso Senhor.

Santo Ireneu NA MESMA OBRA ainda escreve:

“Desde então, a mesma TRADIÇÃO dos apóstolos existe na Igreja, e permanece conosco (…). (Contra as Heresias 3,5,1)

“A TRADIÇÃO DOS APÓSTOLOS, manifesta, ao contrário, em todo mundo, está aberta em cada igreja para que todos possam ver a verdade… E, uma vez que seria um assunto muito grande para os limites deste trabalho enumerar estas sucessões, nós os vamos refutar apontando a TRADIÇÃO da MAIOR, MAIS ANTIGA E UNIVERSALMENTE CONHECIDA Igreja, fundada e constituída em ROMA, pelo dois mais gloriosos apóstolos, Pedro e Paulo, uma TRADIÇÃO que a mesma possui e uma fé que a mesma proclama para todos os homens a partir destes apóstolos.” (Contra as Heresias). Grifos meus.

Santo Ireneu não só aponta para a Tradição dos Apóstolos como dá forte testemunho do Primado da Igreja de Roma.

Demonstando que a Tradição dos Apóstolos possui autoridade e que portanto deve ser guardada e observada fielmente, escreve:

“O que aconteceria se os apóstolos não nos tivessem deixado os seus escritos? Não bastaria seguir o curso da TRADIÇÃO que os mesmos transmitiram para os quais entregaram as Igrejas?” (Contra as Heresias).

Grifos meus.

Santo Ireneu fiel seguidor da Ortodoxia dos apóstolos não rejeita de forma alguma a Sagrada Tradição, como bem recomendou o Apóstolo Paulo: “Assim, pois, irmãos, permanecei firmes, e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.” (2 Ts 2,15)

CLEMENT OF ALEXANDRIA (150?-213?)

They that are ready to spend their time in the best things will not give over seeking for truth until they have found the demonstration from the Scriptures themselves. (Stromata 7:16:3)

Tradução: Aqueles que estão prontos para gastar seu tempo nas coisas mais elevadas não deixarão de buscar a verdade até que achem a demonstração da mesma nas próprias Escrituras.

Pelo fato de que tudo que se encontra na Sagrada Escritura é verdade (mas nem toda verdade está na Sagrada Escritura, até John MacArthur Jr sabe disso!!!), logicamente encontraremos a demonstração da Verdade nas próprias Escrituras. Mas isso não é Sola Scriptura!!!! Sola Scriptura é dizer que toda Verdade está na Sagrada Escritura, ou ainda que o conteúdo da Escritura é suficiente e não é necessário o restante (como prega John MacArthur Jr.).

São Clemente de Alexandria não ensina nem uma coisa nem outra. Por motivos óbvios este grande Bispo da Santa Igreja Católica, dá testemunho da Verdade que há na Sagrada Escritura e no testemunho que ela dá da Verdade (cf. Jo 20,30-31).

São Clemente de Alexandria como grande defensor da legítima fé Cristã de sempre, não poderia jamais renegar a Tradição dos Apóstolos:

“Mas ele, salvaguardando a VERDADEIRA TRADIÇÃO dos ensinamentos abençoados, que nos vêm direto dos Apóstolos Pedro, Tiago, João e Paulo e foram transmitidos de pai para filho, chegara até nós, com a ajuda de Deus para que em nós fossem depositadas as sementes destes apóstolos.” (Stromata 1, 11).

Grifos meus.

“Para nós, … que que crescemos com as Escrituras, que preservamos a correta doutrina dos apóstolos e da Igreja, que vivemos de acordo com o Evangelho, é nos permitido descobrir as provas da Lei e dos Profetas que eles tanto buscam.” (Stromata, 7, 104).

Grifos meus.

ST. CYPRIAN OF CARTHAGE (200?-258)

Whence comes this tradition? does it descend from the Lord’s authority, or from the commands and epistles of the apostles? for those things are to be done which are there written. … If it be commanded in the gospels or the epistles and Acts of the Apostles, then let this holy tradition be observed. (Ep. 74 ad Pompeium)

Tradução: De onde vem esta tradição? Ela descende da autoridade de Deus, ou dos mandamentos e epístolas dos apóstolos? Pois o que lá está escrito deve ser cumprido… Se ela está ordenada nos evangelhos, nas epístolas e nos Atos, então esta santa tradição deve ser observada.

Muito certo! E novamente não dá testemunho da Sola Scriptura. A Tradição como berço da Sagrada Escritura não pode se contradizer a esta. O que há na verdade é a contradição das tradições humanas resultantes do livre-exame e magistério falível protestantes em contraste com a Tradição dos Apóstolos e o Magistério Infalível da Igreja Católica.

“Depois de tudo isto, eles ainda, tendo um falso bispo que hereges lhes ordenaram, atreveram-se a selar e carregar cartas de pessoas cismáticas e profanas para a CÁTEDRA DE PEDRO (que é) a Igreja principal, de onde surge a unidade do pastoreio .Eles não refletiram que os romanos são os mesmos cuja fé foi louvada publicamente pelos apóstolos, e aos quais a descrença jamais terá acesso. (Epis 59,14).

Grifos meus.

ST. ATHANASIUS OF ALEXANDRIA* (300?-375)

The Holy Scriptures, given by inspiration of God, are of themselves sufficient toward the discovery of truth. (Orat. adv. Gent., ad cap.)

As Sagradas Escrituras, dadas por inspiração de Deus, são, por si mesmas, suficientes para a descoberta da verdade.

Nosso contendor não parece não saber a diferença entre “descobrir” e “conhecer”. É claro que através das Sagradas Escrituras podemos descobrir a Verdade, afinal de contas ensinando isto os apóstolos escreveram:

“Fez Jesus, na presença dos seus discípulos, ainda muitos outros milagres que não estão escritos neste livro. Mas estes foram escritos, para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.” (Jo 20,30-31)

Portanto o que na Sagrada Escritura foi escrito o foi para que descobríssemos a Verdade e aderíssemos à ela. E a verdade que a Bíblia mostra não é a Sola Scriptura e outras heresias protestantes.

Veja o que Santo Atanásio ensina:

“Mas nossa fé é correta, começando com o ensinamento do Apóstolos e TRADIÇÃO DOS PADRES, sendo confirmada por ambos os Testamentos.” (Epis 60).

Grifos meus.

E agora? Me diz agora que Santo Atanásio defendia a Sola Scriptura?

Portanto não é a Sola Scriptura que Santo Atanásio ensina, muito pelo contrário, ensina que a doutrina evangélica nos foi dada pela Tradição e que esta mesma Tradição é confirmada anto pelo AT quanto o NT.

Este grande Padre da Igreja tem outro recadinho para você e seu ajudante:

“Mas depois do demônio, e com ele, vêm todos os que inventam heresias ilegais, que muito embora se refiram à Escritura, não mantém as mesmas opiniões que os Santos transmitiram, e, não as conhecendo nem ao seu poder, recebem tradiçoes de homens caindo em erro.” (Festal Letter 2)

Xiii… essa foi pesada! Como ficamos Frank? Como fica a sua Sola Scriptura e seu Livre Exame diante deste testemunho antigo?

“… forçando, nos oráculos divinos, uma interpretação errada de acordo com o seus (dos hereges) SENTIR PESSOAL”. ( Orat, 1,37)

“Reconheçamos, GUARDANDO O ESCOPO GERAL DA FÉ, que aquilo que eles interpretam erroneamente tem UMA CORRETA INTERPRETAÇÃO.” (Orat 3, 35)

Não existe “escopo geral da fé” com a Bíblia fora de seu berço que é a Sagrada Tradição.

The Catholic Christians will neither speak nor endure to hear any thing in religion that is a stranger to Scripture; it being an evil heart of immodesty to speak those things which are not written. (Exhort. ad Monachas)

Tradução: Os católicos não falarão nem darão ouvidos a qualquer coisa em matéria de religião que for estranha às Escrituras; seria um coração mau repleto de imodéstia falar coisas que não estão escritas.

Texto fora de contexto é pretexto, não é mesmo Frank? Note que Santo Atanásio ainda no século VI fale de “católicos” e não de “batistas”, “luteranos” e etc. Por que será? Por motivos óbvios, não haviam protestantes. Mesmo os hereges da época (Arianos, Nestorianaos, Cáratos, etc) não teriam a coragem de professar a metade das heresias que se professa nas seitas protestantes.

Santo Atanásio como vimos não só guardava a Sagrada Tradição como Palavra de Deus (por motivos óbvios) como também cria no Magistério da Igreja como legítimo instrumento da Palavra de Deus:

“A confissão chegada a Niceia era, afirmamos, mais SUFICIENTE E BASTANTE A SI MESMA para a subversão de toda heresia contrária à religião, e para a segurança e desenvolvimento da doutrina de Cristo.” (Ad Afros 1)

“Mas a PALAVRA DE DEUS QUE VEIO ATRAVÉS DO Sínodo Ecumênico de Nicéia, permanece para sempre”. (Ad Afros 2)

“Eles não cometem um crime ao pensar que podem contradizer Concílio tão grande e universal?” (De decretis 4)

E sabe o que professava o referido Concílio?

“Creio na Igreja UNA, SANTA, CATÓLICA E APOSTÓLICA“.

Portanto Frank, os primeiros Cristãos sempre souberam que deveriam observar o que o Magistério da Igreja ensinava. Verdade esta que é testemunhada pela Bíblia:

“E, quando [Paulo, Timóteo e Silas] iam passando pelas cidades, lhes entregavam, para serem observados, os decretos que haviam sido estabelecidos pelos apóstolos e anciãos em Jerusalém.” (At 16,4)

O Magistério particular de cada protestante é dogma humano. Com a palavra Santo Atanásio:

“Nós nos satisfazemos com o fato de que este não é o ensinamento da Igreja Católica, e de que os Padres, igualmente, jamais o sustentaram.” Orat, 3, 58

Não use a reputação desde grande Padre para sustentar seus erros doutrinários.

ST. AMBROSE OF MILAN* (340?-396)

How can we use those things which we do not find in the Holy Scriptures? (Ambr. Offic., 1:23)

Tradução: Como podemos usar estas coisas que não se encontram nas Sagradas Escrituras?

I read that he is the first, I read that he is not the second; they who say he is the second, let them show it by reading. (Ambr. Offic., in Virginis Instit. 11)

Tradução: Eu li que ele é o primeiro, e não o segundo; então, quem afirmar ser ele o segundo, mostre-o através da leitura.

Mais um equívoco protestante. Além de deturparem as Escrituras querem também deturpar os Santos Padres. Em vez de ficar copiando citações retiradas dos Santos Padres que alguns sites protestante fazem com toda má fé, sugiro que leia as obras dos Santos Padres.

Os hereges de ontém como os de hoje, diziam que suas heresias estavam fundamentadas nas Sagradas Escrituras. Santo Ambrósio que foi mestre espiritual de Santo Agostinho, que então que os hereges demonstrem o que estão dizendo: isto é que mostrem que aquilo que dizem se encontram nas Sagradas Escrituras. Do mesmo modo como eu lhe peço que demonstre pela Bíblia que lá está a Sola Scriptura e que você e nenhum protestante até hoje conseguiu fazer.

Este grande Padre que deve está apavorado pela maneira como distorcem suas palavras, tem uma palavrinha para você:

“Mas, se eles não acreditam na Doutrina dos Padres, que acreditem nos oráculos de Cristo, nas admoetações dos anjos que dizem ?para Deus nada é impossível?. Que acreditem no CREDO APOSTÓLICO QUE A IGREJA DE ROMA sempre manteve intacto.

Como ficamos agora heim? E realmente é isto mesmo que vemos, você não acreditam nos Santos Padres que foram testemunhas da Verdadeira Fé e ainda dizem que a Igreja de Roma se afastou da Verdade.

Facebook Comments