Espaço do Leitor

Leitora nos pede ajuda para mostrar a verdade ao seu noivo

Nome do leitor: lidiane
Cidade/UF: fortaleza/CE
Religião: Cristã
Confissão: catolica

Mensagem
========

bom a apz do senhor , me chamo lidiane sou catolica e meu noivo ja foi evangelico qremos casar mas ele tem varias duvidas sobre a igreja e diz nao sentir a presença de deus na igreja catolica eu ja pedi ate pra ele ler o livro de protestantes q voltam pra igreja catolica mas ele critica muito e diz sentir deus na igreja protestante mas o prolblema é q ele nao vai porque diz eu vou ficar com raiva e acaba nao indo, a tia e protestante e pede muito pra ele voltar faz oracoes e oracoes mas eu tambem peco á deus que me der forca pra poder mostrar como é maravilhoso ser catolico por falta até de sabedoria nao sei explicar algumas coisas sobre e igreja qria q vcs me respondessem e me ajudassem nessa qro muito casar na igreja mas com ele assim nao dá ele vai a missa comigo eventos  e nao sei axo q é ele q nao dar abrimento pra deus deixar falar no seu coracao ele ta muito focado ainda no protestante me ajudem

Lidiane, em primeiro lugar eu queria, de coração, te pedir perdão pela demora em te responder. Minha vida está cheia de afazeres e todos são “para ontem”.

Bem, o que posso te dizer é que a maioria dos protestantes só são protestantes porque “lá se sente Deus”… Mas a verdade, nem sempre, se encontra por meios tão subjetivos. Oras, é muito bom usar drogas (alguns afirmam que vêem Deus quando se drogam), mas posso afirmar que este é o certo?

Assim, muitos se questionam qual a verdadeira Igreja. A resposta é:

“E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.” (Mateus 16,18.19)

“Considerai legítima a Eucaristia realizada pelo bispo ou por alguém que foi encarregado por ele. Onde aparece o bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que onde está Cristo Jesus, aí está a Igreja Católica”  (Santo Inácio de Antioquia, 107 d.C.,Epístola aos Esmirnenses 8,1b-2).

“Só há uma Igreja antiga e é a Igreja Católica. Das heresias, umas se chamam pelo nome dos homens que as fundaram: Valentino, Marcião,  Basílides etc.; outras, pelo

lugar de onde vieram, como os peráticos; outras, do povo, como a heresia dos frígios;  outras, de alguma operação, como os encratistas; outras, de seus próprios ensinamentos, como os docetas, os hematistas” (São Clemente de Alexandria, 150-215,Stromata 1,7,15).

“Nasci cristão, de pais cristãos. Desde o berço fui nutrido com o leite católico”.

“Devemos seguir aquela religião cristã, a comunhão daquela Igreja que é católica e que é chamada ‘católica’ não apenas pelos seus [fiéis] como também por seus inimigos” (Santo Agostinho, século IV, Da Verdadeira Religião 7,12).

“Ó Igreja Católica, verdadeira mãe dos cristãos: não somente tu nos elevas acima  das criaturas, acima desta vida passageira, unindo-nos ao culto puríssimo e castíssimo do único Deus, fonte de vida  feliz e eterna, mas tu pregas também o amor aos homens e ofereces remédios, maravilhosamente apropriados às diferentes doenças que o pecado semeou nas almas” (Santo Agostinho, século IV, De moribus ecclesiae catholicae 1,30,62-64).

Além disso, a Santíssima Missa é o ato mais sagrado que podemos ter! Veja alguns testemunhos dos primeiros cristãos.

“Esforçai-vos, portanto, por vos reunir mais freqüentemente, para celebrar a Eucaristia de Deus e o seu louvor, pois quando realizais freqüentes reuniões, são aniquiladas as forças de Satanás e se desfaz seu malefício por vossa união na fé. Nada há de melhor do que a paz pela qual cessa a guerra das potências celestes e terrestres”

(Santo Inácio de Antioquia, 107 d.C., Epístola aos Efésios).

“Dado que nós, seus membros, nos alimentamos de coisas criadas (as quais, aliás, Ele mesmo nos oferece (…)), também quis fosse seu Sangue o cálice do vinho extraído da

Criação, para com ele robustecer nosso sangue; quis fosse seu corpo o pão também proveniente da Criação, para com ele robustecer nosso corpo. Se, pois, a mistura do cálice e pão recebem a palavra de Deus, tornando-se a Eucaristia do

Sangue e do Corpo de Cristo, pelos quais cresce e se fortifica a substância de nossa carne, como se haverá de negar à carne, assim nutrida com o Corpo e Sangue de Cristo, e feita membro do seu Corpo, a aptidão de receber o dom de Deus, a vida eterna?” (Santo Irineu de Leão, século II, Contra as Heresias).

Irmã, reze por seu noivo e tenha paciência. Seja como Santa Mônica (mãe de Santo Agostinho) que rezou sem cessar por seu amado filho por mais de 20 anos.

Pax Christi

Facebook Comments

Livros recomendados

A Grande Mentira – Lula e o Patrimonialismo PetistaA Carta de São Paulo aos RomanosA Fé de Ratzinger

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.