Na liturgia, sobretudo na dos sacramentos, existem elementos imutáveis, porque de instituição divina, e dos quais a Igreja é guardiã. Existem depois elementos suscetíveis de mudança, que a Igreja tem o poder, e, muitas vezes o dever, de adaptar às culturas dos diferentes povos.

Facebook Comments

Livros recomendados

A vida é traiçãoA Mentalidade Anticapitalista – 2ª EdiçãoTeoria do Protecionismo e da Permuta Internacional