Respostas Católicas

Não deveríamos deixar de celebrar a páscoa e entregar ovos, por ter origem pagã?

– Uma revista que eu li afirma que a Páscoa tem as suas raízes em um feriado e rituais pagãos e, como tal, não deve ser observada pelos cristãos; e que ovos coloridos foram usados em rituais associados com um deus pagão. Se tudo isso é verdade, não deveríamos parar de chamar esse dia de “Páscoa da Ressurreição de Cristo” e também deixar de dar ovos de presente? (Anônimo)

Não, porque se esse era o significado para os antigos pagãos, para os cristãos a Páscoa é a celebração da ressurreição de Cristo. O fato de que quando foi celebrada pela primeira vez a festa da Ressurreição esta coincidiu com as celebrações pagãs não significa que é derivada delas. A Páscoa judaica (na qual Cristo foi crucificado) também coincidiu com essas celebrações e, mesmo assim, não significou ser pagã.

O mesmo se pode dizer dos ovos de Páscoa: não há nada de errado em pintá-los ou dá-los de presente na Páscoa, desde que o verdadeiro significado [cristão] desse dia não seja esquecido. Assim como os dias da semana – cujos nomes [em inglês] também tiveram origem pagã -, qualquer significado pagão ligado aos ovos de Páscoa já foi abandonado há séculos.


Livros recomendados

Eu Rezei por TiMatrimônios Santos100 Mensagens para a Alma





Veja também  Por que o papa beija o chão quando chega a um país? é superstição?

About the author

Veritatis Splendor