Sim, e não foram poucos, mas um sem-número deles. Por isso mesmo são justamente reconhecidos como “Anjos bons”, “Santos Anjos” ou, até mesmo, mais simplesmente, “Anjos” apenas (cf. Daniel 12,1; Apocalise 12,7).

Facebook Comments