No caso em que o dom do filho não lhes tivesse sido concedido, os esposos, esgotados os recursos médicos legítimos, podem mostrar a sua generosidade, mediante a guarda ou a adoção, ou então realizando serviços significativos em favor do próximo. Deste modo, realizarão uma preciosa fecundidade espiritual.

Facebook Comments

Livros recomendados

Para Vencer o Medo e Derrotar o DragãoEuA importância de ser prudente