A fé e a razão nos apontam que trata-se do espírito imortal, criado diretamente por Deus para unir-se ao corpo humano, dotado de entendimento, vontade e liberdade. Com efeito, quando se separa deste corpo pela morte, deverá novamente se unir a ele no Dia do Juízo.

Facebook Comments

Livros recomendados

Os Males da AusênciaTibieza e os dons do Espírito SantoNão Trago Ouro Nem Prata